The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.
Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by hmilheiro, 2018-07-31 13:42:50

Casas Portugal_168

Casas Portugal_168

casaswww.casasdeportugalproperties.com Nº 168 | AGO / SET 2018 | 3,95€ (Cont.)
de

PORTUGAL

CASAS DE CAMPO E DE PRAIA. ESCOLHER, COMPRAR, VIVER...

RUMO AO SUL BEACH,
COUNTRY
HOUSES,
& FARMS

FOR
SALE!

ESPECIAL ALGARVE
AS NOSSAS MORADAS
PREFERIDAS ESTÃO AQUI!

IN & OUT
ACESSÓRIOS AO
RITMO DAS FÉRIAS

NOVOS CONTEÚDOS
DECORAÇÃO ● JARDINS ● RECEITAS





SUMÁRIO Fotografia de capa

Vasco Célio /Stills

Diretora

Amparo Santa-Clara
[email protected]
Telefone: +351 910 512 800
+351 919 982 289

Fotografia

José Manuel Ferrão
Vasco Célio /Stills
Shaun Fisher
João Bessone

PAmropdaruoçSãanota-Clara
Tradução

Margaret Santos

Revisão editorial

Carla Ferreira

Colaboradores editoriais

Anja Tschoepe; Isabel Figueiredo;
Marta Almeida de Carvalho;
Mafalda Galamas

DSaendsriagNnagscrimáfeinctoo
Paginação e Arte Final

Herberto Santos

“Casas & Terrenos à Venda”

Margarida Pereira
[email protected]
Tel.: +351 918 829 082
Amparo Santa-Clara
[email protected]
Tel.: +351 919 982 289

+351 910 512 800

Publicidade e assinaturas

Diretora
Paula Vasconcelos
Rua Manuel Inácio, nº 8B
2770-223, Paço de Arcos
[email protected]
Tel.: +351 910 512 802

8 - 15 Acessórios e mobiliário em modo Verão Proprietário e editor do título
16 - 28 Casa na Comporta recuperada e ampliada
“Casas de Portugal”
para momentos de convívio MoonMedia - Comunicação, Lda.
30 - 38 Projeto de interiores de Marta Mantero na serra Rua Manuel Inácio, nº 8B
2770-223 Paço de Arcos
de Grândola Telefone: +351 910 512 800/802
40 - 55 O refúgio elegante de uma familia alemã na serra algarvia NIPC: 508980186
56 - 62 Reabilitação de uma pequena casa de pescadores
Administração
respeita a tradição
66 As nossas flores Amparo Santa-Clara
68 - 69 Receitas com figo
72 - 82 Guia de lojas a Sul Impressão
83 - 146 Guia de imobiliário
Jorge Fernandes, Lda
Rua Quinta do Conde de Mascarenhas, 9
Vale Fetal
2820-652 Charneca da Caparica

Tiragem

16.000 exemplares

Depósito Legal

86460/09

1N21.º88d1e registo no ICS
Membro de

PRÓXIMA EDIÇÃO
OUTUBRO/ NOVEMBRO

4 | CASAS DE PORTUGAL

LIFE

INTERRUPTOR INTUIÇÃO -
POUPANÇA DE ENERGIA
Um interruptor que desliga
automaticamente as luzes -
para aquelas situações em
que nos esquecemos.

Desenhada com base num «know-how» de décadas, a oferta Valena™ Life
é simultaneamente intemporal e transformadora. Transforme a sua casa
com um design que vai do clássico ao ousado.
Desafie a sua imaginação, descubra toda a oferta Valena Life em: www.legrand.pt

EDITORIAL

VERÃO AZUL

Esta edição ruma a Sul, onde o sol brilha intensamente
e o mar nos saúda com temperaturas mornas.

Da Comporta ao Algarve, percorremos um caminho rico
em paisagem, locais de interesse, lojas e restaurantes,

sabores, como o do figo, e aromas do campo e da serra,
de Grândola a Loulé. Estão por isso aqui refletidas as

nossas escolhas numa revista que brinda os seus leitores
com quatro casas de praia e de campo, pensadas para
momentos de convívio e recolhimento, além de um
guia que nos conduziu através de alguns dos espaços e
projetos de destaque, a Sul. Mais páginas houvesse, e
mais mostraríamos. Por ora, ficamos no Sul. Mas o país

é grande, e rico. Aguardemos por outras edições. Agora
é tempo de viver o verão.

FOTOGRAFIA: JOSÉ MANUEL FERRÃO

ESTATUTO EDITORIAL
1. A Casas de Portugal é uma revista bimestral, de informação geral que aborda temas de decoração, arquitetura e reabilitação, imobiliário, conselhos e sugestões na área
de decoração e reabilitação e outros de interesse geral, através de um tratamento privilegiado da imagem, do texto da entrevista e da reportagem. 2. A Casas de Portugal,
para além da responsabilidade de informar, pretende ser uma referência de bom gosto e inspiração para os seus leitores. 3. A Casas de Portugal rege-se pelo escrupuloso
cumprimento das normas éticas e deontológicas que regulamentam o jornalismo. 4. A Casas de Portugal é independente de qualquer tipo de poder, económico ou politico,
ou de qualquer grupo de pressão.
6 | CASAS DE PORTUGAL

É INSTANTÂNEO:
NA COMPRA

DO FRIGORÍFICO,
OFERTA DA

INSTAX MINI®.

INSTATEKA

PROMOÇÃO VÁLIDA DE 15 DE JULHO ATÉ 31 DE OUTUBRO, NAS LOJAS ADERENTES.
MAIS INFORMAÇÕES EM FACEBOOK.COM/TEKAPORTUGAL

MODELOS INCLUÍDOS NA PROMOÇÃO:
NFE 900 X, NFE3 650 X, NFE3 620 X, TNF 450, TGF 390 NF, TS3 370, TGF3 270, NFE2 420, NFL 435, NFL 350.

DECOR

Da Castelbel, coleção Olá Portugal, sabonete Costa do Algarve, Pano para a mesa,
com aroma a sais marinhos e laranja, 150g, 6€, castelbel.com da Simrane, vários
padrões e cores,
SALADA 13€, simrane.com

Guardanapos Oleta, DE FRUTAS
Anthropologie,
sob consulta,

anthropologie.com
Bicicleta, design de Sebastian
Herkner, para o editor colombiano
Ames, cesto feito à mão de
plástico recilado, em quatro cores,
assento e pegas em pele pode
ser costumizada com
o seu nome, logo,
2159€, procure
na QuartoSala,
quartosala.com

Pufe Otto, cor taupe, exterior /
interior, da Vincent Sheppard,
50cm x 42cm, procure na LX
Design, lxdesign-lis.blogspot.com

Coleção
Bureaurama,
design de
Jerszy Seymour
para a Magis,
mesas e bancos
de diferentes
dimensões
(baixos, médios
e altos), feitos
em alumínio, a
partir de 340€
(bancos) e 750€
(mesas), em
Banema Studio,
banemastudio.pt

C’è vita nel deserto’, Prato de Ambiente com
tema deste papel de almoço em papel de parede
parede da Wallpepper, Eijffinger, sob consulta,
tropical e de confeção cerâmica, eijffinger.com
ecológica, wallpepper.it decoração
tropical, da
8 | CASAS DE PORTUGAL Rice, 13,5€
(PVP recom.),
ricebyrice.com

Desenhado para
ser decorado.

Bosch apresenta Vario Style: o primeiro
frigorífico do mundo com portas amovíveis,
disponíveis em 19 cores.
Descubra mais em www.bosch-home.pt.

CLIQUE & MUDE!

3

2

1

DECOR Coleção Cleo
Teak, por
Pratos de jantar, Marco Acerbis
Anthropologie, para a Talenti,
sob consulta, fabricada
anthropologie.com para uso
no exterior,
resistente às
intempéries,
sob consulta,
talentisrl.com

Papel de parede Birkin, Pratos da Peças decorativas da
coleção Monmartre, Cerâmicas House Doctor, sob
da Coordonné, consulta, procure
bloompapers.com da Linha, na Glamour’Arte,
contacte pelo glamourarte.pt
Da Ethimo, coleção Costes, cadeiras 214.575.920
e mesa de refeições agora com
novo design, em Teka, sob consulta,
procure na Luxury Pergolas,
luxurypergolas.com

Lipgloss, Nude Taça Aruba, 5,95€,
Serenity, da Meraki, Bloomingville, na
para a House Ma-Maison Algarve,
Doctor, procure ma-maison-algarve.com
na Glamour’Arte,
glamourarte.pt Mesa de jantar
Caribe por
Sebastian
Herkner para a
Ames,
1953€, na
QuartoSala,
quartosala.com

10 | CASAS DE PORTUGAL

PT1
PT2
PT3
PT4
PT5

PRESTIGE

100x300 100x250 100x100 50x100 60x120 90x90 45x90 60x60 30x60
NR_P NR_P NR_P NR_P NR_P NR_P NR_P NR_P NR_P

DECOR Ambiente Ikea, para
a praia, ikea.com

Papel de parede Carlotta
com estampado floral da
nova coleção Manarola
Wallpapers, da Osborne&Little,
10mx68,5cm, disponível em
3 cores, 93€ + iva/rolo, para
Pedroso&Osório

Cadeira Caribe,
design de Sebastian
Herkner para
a Ames, 722€,
na QuartoSala,
quartosala.com

La Cartuja de Sevilla,
que cumpriu 177
anos, reedita as suas
decorações ‘Peces’, cujo
desenho foi redistribuído,
e redesenhado
digitalmente, trocando
as cores originais pelo
vermelho alaranjado,
lacartujadesevilla.com

Leques de folha de palmeira, Cómoda Sebastina, sob consulta,
tecidos à mão, no México, por da CasasShop, casashops.com
uma comunidade de mulheres da
região de Campeche com design
do coletivo Jit Pook Cooh; 34cm x
23cm, 40€ cada, pi-project.com

Cadeiras,
mesa, cestos
de crochet
e jarra, La
Redoute,
preços
disponíveis
em
laredoute.pt

Ambiente da Bertha Enxoval, toalha de mesa e
conjunto de guardanapos personalizados com
o bordado mãe, pai, 1, 2, 3 e 4, 100% algodão,
bainha em ajour, bordado disponível em 24
cores diferentes; conjunto de 6 guardanapos,
84€; toalha de mesa (sob consulta, conforme
medidas e acabamento da bainha), bertha.pt

Potes Ridged,
em terracota, da
Anthropologie,
sob consulta,
anthropologie.com

12 | CASAS DE PORTUGAL

TOPS ON TOP

Cindy Crawford sobre bancada Silestone Eternal Calacatta Gold

A product designed by Cosentino®

Sinta a nova On Top
textura Descubra mais em silestone.com | Siga: F T

DECOR

Carrè, design de Niccolò Grassi para Tecido da Linum, sob
a Ethimo, candeeiro de chão, mesa ou consulta, linumdesign.com
parede, moldura em metal e difusor em Conjunto de 4 pratos para canapés em melamina,
PVC opaco, procure na Luxury Pergolas, da Rice, 2,90€ (PVP recom.), ricebyrice.com
luxurypergolas.com

Ray Outdoor Fabric, B&B Italia, por Antonio Citterio,
duas novas versões para exterior, “Natural” e “Fabric”,
na QuartoSala, quartosala.com

Da Pomax, Saladeira Pura Ambiente com papel de
almofada de Bamboo, Ø30cm, parede Eijffinger, sob
chão, Zigzag 12,99€, da CasasShop, consulta, eijffinger.com
Índigo, 45x45 casashops.com
cm (15,15€),
Circle Star, 45x45
cm (28,15€),
Zigzag, 30x50
cm (14,15€), 3
prints, 30x50 cm
(13,15€), Plaid
Índigo Riscas,
25,15€, procure
na Alaire,
alaire.pt

Rede Farnient, design de
Paola Lenti para a Paola
Lenti, desde 1377€ (só
a rede), na QuartoSala,
quartosala.com

14 | CASAS DE PORTUGAL

Ambiente da nova Lanterna Balu, para uma
coleção Jane Churchill, atmosfera cozy, da House
Spring Collection 2018, Doctor, em bambu com base
cadeirão com algodão em vidro; para usar a solo
estampado étnico ou num grupo de várias,
Taro Strip, (81,75€ + sob consulta, procure na
iva/m), cadeirão p/ Glamour’Arte, glamourarte.pt
exterior com algodão
bordado e estampado Da Hermès, Tie-
Avani, (89,10€ + iva/m), Set, 20 desenhos,
almofada com algodão 20 cores, para
estampado étnico Chari ambientes que
Strip (70€ + iva/m), gostam do jogo
cortinas com linho entre cores e
bordado étnico Malay padrões, sob
(105,45€ + Iva/m), para consulta,
a Pedroso&Osório, www.hermes.com
disponível na
Carmim D’Ourique

Tigela Indigo,
2,99€, CasasShop,
casashops.com

Máscaras de Philippe Tabet, em alumínio, cerâmica e
madeira, fizeram parte da exposição “Order” na ‘The Box
em Milão, em colaboração com a Arper, philippetabet.fr

Grosfillex Espanõla, S.A.U.

Fabricante de Mobiliário de Contract e de Revestimentos decorativos para parede e tecto
Grosfillex - Distribuidor / Parceiro: Móveis Três Jotas A Lda
CASAS DE PORTUGAL | 15

REFÚGIO
FAMILIAR

Adquirida no início dos anos 2000, e com uma
área total de 3750 hectares, a propriedade,
localizada na região da Comporta, é um reduto de
paz, onde o ritmo suave da vegetação que se agita
com a brisa morna nos embala ao longo do dia.

FOTOGRAFIA: JOSÉ MANUEL FERRÃO
TEXTO: IF

16 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 17

À entrada da casa,
nesta página,
elementos
decorativos
denunciam a

heterogeneidade;
Ao lado, área de
refeições colada
à cozinha em
plano aberto

18 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 19

20 | CASAS DE PORTUGAL

No início, quando os proprie-
tários adquiriram o terreno,
existiam duas habitações: uma
feita em adobe, que foi a pri-
meira construção erguida na
propriedade, em 1956, e outra, construída
mais tarde, já em tijolo e que é hoje a casa
principal, a casa azul. Na propriedade há
ainda um celeiro, entretanto recuperado e
umas pocilgas que foram mantidas no seu
estado original, em ruínas. Como em todos
os projetos de recuperação de grandes
quintas, tudo demora o seu tempo, e como tal
a casa inicial em adobe está ainda por recupe-
rar. Mas o conjunto contribui para o charme do
lugar. “Na reabilitação das construções tive-
mos sempre a preocupação em manter a traça
típica da região”, revela a proprietária, e a auto-
ra de todo o projeto de interiores juntamente
com o marido. A remodelação do interior da
casa e do celeiro foi total, tendo apenas sido
mantidos as chaminés/fumeiros existentes:
uma está hoje em pleno funcionamento e uma
outra foi aproveitada para cabeceira de cama,
num dos quartos, logo à entrada da casa. “Ti-
vemos uma grande preocupação em assegu-
rar a ligação harmoniosa em todo o projeto
de remodelação entre o interior e o exterior,
rústico, e de ambiente rural, promovendo a to-
tal integração das casas na envolvente natural,
com a qual me identifico a 100%”, prossegue.
Na casa principal, de fachada azul e branca,
destaca-se hoje o piso em cimento branco,
em todas as salas, quartos e casas de banho, a
cozinha americana, aberta para a sala, facilitan-
do o convívio familiar, e as aberturas de vidro,
na zona de estar e cozinha, que contribuem
para o prolongamento do espaço e se fundem
com a natureza. Mas nem sempre foi assim.
Há dois anos, por altura do casamento da fi-
lha mais velha do casal, que fez questão de
celebrar a festa na Comporta, a casa princi-
pal sofreu novas alterações significativas que
fizeram dela uma construção mais aberta ao
exterior. As paredes foram substituídas por
amplas janelas que no verão recolhem por
completo, fazendo da sala um amplo espa-
ço coberto mas totalmente aberto. A antiga
cozinha, antes compartimentada, foi substi-

CASAS DE PORTUGAL | 21

Mix elegante e ponderado
de várias peças rústicas e artesanais,
grande parte comprada durante
as muitas viagens feitas pelos donos
da propriedade, um pouco por
todo o mundo; pinturas e esculturas
convivem nesta casa descontraída

22 | CASAS DE PORTUGAL

ZONA DE CONVÍVIO ABERTA AO EXTERIOR

tuída por uma outra, aberta à sala, mais ami- nas noites de inverno, pese embora o aque- trabalhava na casa dos pais da proprietária.
ga do convívio com a família e os amigos. cimento central que equipa toda a casa. Neste mix elegante e ponderado salienta-se
Aproveitou-se ainda esta intervenção para do- Por último, de sublinhar, a opção por acentuar um sem-número de peças rústicas e arte-
tar cada quarto de uma casa de banho, o que o toque local, não só com a adoção de mais sanais, grande parte comprada durante as
aumentou significativamente o seu conforto. cores típicas da Comporta na decoração ex- muitas viagens feitas pelos donos da proprie-
Somam-se hoje 4 suítes.O chão,que era de tijo- terior, como também com o aumento das dade, um pouco por todo o mundo: o presé-
leira rústica de Sta. Catarina, original do Algar- superfícies cobertas com colmo, de modo a pio-tenda da Jordânia, os panos da Etiópia,
ve, foi substituído por um pavimento em resina reforçar o ambiente rústico próprio da região. vidros do México, cestas do Ruanda, tape-
epóxi branca, o que acrescentou à casa um ele- Para tudo se revestir do máximo conforto, tes e cestos de Marrocos, bandejas da Líbia,
mento distintivo de contemporaneidade, com foi recentemente substituído o pequeno uma taça da Sicília, toalhas das ilhas gregas,
a vantagem de facilitar em muito a sua limpeza. tanque rodeado de bancos por uma pis- ou um cristo comprado na feira do artesana-
No aspeto decorativo, se antes a casa era cheia cina moderna mas cuja envolvente pre- to do Estoril... A todas estas peças juntam-se
de cor, com paredes azuis ou encarnadas às ri- serva o carácter rústico da zona, por via elementos contemporâneos com realce para
cas, camas verdes ou colchas rosas e casas de da plantação de espécies autóctones, em as esculturas de Rosa Anahory e as pinturas
banho coloridas, agora é o branco e as cores que as plantas das dunas foram as eleitas. do pai, o arquiteto José Anahory, além de fo-
neutras que imperam, além de alguns detalhes Toda a decoração interior é muito simples, tografias quer da proprietária quer da irmã
em azul e alfazema, tons típicos da Comporta. ainda que refletindo sempre alguma origina- Sofia. Todo um conjunto variado que enche
É, pois, hoje, uma casa onde os quatro ne- lidade perseguida pela proprietária. Assim, esta nova casa de alma e reavivam memórias.
tos, “até mais virem”, encontram o acolhi- há uma mistura de móveis antigos herdados “Ao longo destes 18 anos, nenhuma destas
mento, e generosa luz, numa ampla sala da casa da avó, dos quais se destaca o ban- recuperações teriam sido possível, e certa-
que mantém a lareira original, ponto de co de carpinteiro, memória viva de um mestre mente não teriam recolhido tantos elogios,
encontro essencial da família e dos amigos marceneiro de nome Jorge Fasquiado que sem a ajuda do Nuno Carvalho, que começou

CASAS DE PORTUGAL | 23

Na zona da piscina, espaço para uma
mesa de refeições e área lounge,
para muitas horas de preguiça

24 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 25

O chão, que antes
era de tijoleira rústica
de Sta. Catarina,
original do Algarve,
foi substituído por um
pavimento em resina
epóxi branca em toda
a casa, incluindo
os quartos

26 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 27

Cores claras de base dominam, no
chão e paredes, em contraste com os
acessórios coloridos

por ser o empreiteiro e é hoje um nosso fiel
amigo”, conta-nos. Este profissional é hoje
um nome reconhecido por muitos dos que
fazem da Comporta um local privilegiado de
férias e escape da cidade. “Ele é, indiscutivel-
mente, um ator incontornável na construção
da zona, conhecedor dos materiais e técnicas
da região, o que aliado à sua responsabilida-
de, seriedade e disponibilidade vem sendo
para nós a garantia não só da realização de
uma boa ‘obra’, mas sobretudo uma fonte
de bons conselhos e inspiração”, pontua.
Neste retiro, e sobretudo fora do pico do
verão, o casal encontra muitas atividades,
passeios por praias inexploradas ou ape-
nas o desfrute das vistas deslumbrantes
da pequena Serra de Grândola, sempre
acompanhados da família ou de bons. l

28 | CASAS DE PORTUGAL



30 | CASAS DE PORTUGAL

REDUTO

DE PAZ
Na Serra de Grândola, e a poucos
minutos da praia, esta propriedade
assegura a quem dela desfruta toda a
serenidade do campo.
FOTOGRAFIA: JOÃO BESSONE
TEXTO: IF

CASAS DE PORTUGAL | 31

O EXTERIOR É O EX-LÍBRIS DESTA PROPRIEDADE COM
PISCINA NATURAL E MUITAS ZONAS DE ESTAR

OMonte Xico, assim foi ba-
tizado, fica no campo, na
Serra de Grândola, a 20 mi-
nutos da praia de Melides,
alojado num terreno com
7.500m2 de área. Conforme os ângulos, vis-
lumbra-se o mar, mas predominam as vistas
da imensa mancha verde da serra de Grân-
dola. A norte, a Comporta, a sul, Melides, a
nascente, Grândola e a poente o oceano
Atlântico. Que mais poderia ser desejado?
Neste terreno existe hoje uma casa com dois
módulos. Um deles é fruto da recuperação
da casa existente, onde estão os quartos,
e o outro aloja a sala, a cozinha e a casa de
jantar e foi construído de raiz tendo como
inspiração um celeiro / armazém agrícola.
Existem ainda outras construções de apoio
à piscina e anexos construídos de raiz.
A família, um casal com um filho, vive em
Lisboa e usa a casa aos fins de semana e
nas férias. Recentemente optaram por alu-
gar as suítes, garantindo total privacida-
de aos hóspedes, sendo que a piscina e
a zona envolvente é partilhada por todos.

32 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 33

SALA COMUM
PARTILHADA COM
A COZINHA DE DUPLO
PÉ DIREITO

34 | CASAS DE PORTUGAL

Na casa
convivem peças
de mobiliário
recuperadas,
bem como outras,
encontradas em
lojas de velharias
e algum mobiliário
e acessórios que
já faziam parte da
casa original

CASAS DE PORTUGAL | 35

QUARTO AMPLO, COM BOA LUZ NATURAL
E CORES NEUTRAS E O RECURSO A SOLUÇÕES
ORIGINAIS, COMO A CABECEIRA E PORTADAS

36 | CASAS DE PORTUGAL

Acasaprincipalincluiduassuítes,umquar-
to, um quarto de arrumação, uma casa
de banho social, uma sala comum com
kitchenette e uma lavandaria. No total,
as diversas construções somam 260m2.
Marta Mantero é a responsável pelo tra-
balho de consultoria do projeto de arqui-
tetura e de interiores, que acompanhou
desde o início, bem como a obra. É ela
quem confessa, “os proprietários estão
muito satisfeitos com todo o trabalho
realizado, porque ajudou a materializar
o que ambicionavam para a sua casa”!
Para o interior foram escolhidos mate-
riais naturais, caso das madeiras, linho,
verga, entre outros. Na casa convivem
peças de mobiliário recuperadas, bem
como outras, encontradas em lojas de
velharias e algum mobiliário e acessó-
rios que já faziam parte da casa origi-
nal. A base é neutra, apenas pontuada
por apontamentos de cor através dos
acessórios, mantendo-se a ligação à
natureza, visível através dos grandes
planos de vidro da sala, e principal foco
de atenção. Em suma, privilegiou-se a
envolvente, embora se tenham mantido
as janelas pequenas da casa original. A
piscina natural e a zona de estar exterior
adjacente, bem como os sobreiros exis-
tentes na propriedade, o ‘hortim’, uma
horta-jardim, criada pela Horta do Zé, são
elementos-chave no contexto natural. l

CASAS DE PORTUGAL | 37

RECANTO DE APOIO ÀS ATIVIDADES
NO EXTERIOR

38 | CASAS DE PORTUGAL



MONTE DA
PALMEIRA

eaCcoascobsommeanlaeofvzotniiasrzdtteaodessastdreúsaonehdrdiacrieçraacãmsoaoodrl,rgneceaioorzrnnadvtdmioeaemd.espiefaou,arnepadsrnteeaemciiédacuamomdmetaodos

FOTOGRAFIA: VASCO CÉLIO /STILLS
STYLING: WHITE&KAKI
TEXTO: IF

40 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 41

42 | CASAS DE PORTUGAL

Ao lado, uma das
entradas da casa; nesta
página, canto da sala com
mesa em metal articulada
e cadeiras originárias do
Nepal, da W&K

CASAS DE PORTUGAL | 43

Na sala, grande esteira Tuareg
no chão, com cerca de 80 anos,
sofá branco com almofadas W&K
feitas de antigas tendas do deserto
e candelabros de ferro, W&K

44 | CASAS DE PORTUGAL

A propriedade foi adquirida por
uma família alemã em meados
dos anos 1990, depois de umas
férias prolongadas na região.
Ao longo das últimas duas
décadas, a quinta, onde se incluem a casa
principal e as suas dependências, foi sendo
transformada e modernizada, com algu-
ma tecnologia, bem como acrescentados
vários elementos que hoje a dotam de ca-
racterísticas atraentes e muito decorativas.
O próprio jardim foi sendo cultivado ao lon-
go dos anos, exibindo-se hoje exuberante,
com árvores frondosas, nichos e percursos,
em harmonia com a serra algarvia. O nome
da casa, Monte da Palmeira, baseou-se numa
grande palmeira, dominante na quinta. “Há
cinco anos, existiam sete palmeiras maiores,
mas foram vítimas de uma praga e em vez
de fazer um longo tratamento contínuo das
árvores, deixámos o destino decidir e opta-
mos por plantar oliveiras nativas de grande
porte, com até 500 anos de idade”, conta Lilo.
Existem hoje 300 oliveiras na propriedade.
Para captar as belas vistas panorâmicas em
todas as direções e apreciá-las até ao pôr
do sol, foram construídos dois terraços, que
oferecem igualmente um retiro perfeito”,
acrescenta Antonia, a filha da proprietária.
A sua localização única, no topo de uma co-
lina montanhosa, com vistas de 360 ° sobre
dois vales muito diferentes, transmite enor-
me fascínio, uma sensação de liberdade e
proximidade ao céu. “À noite, as luzes do
vale a sudoeste brilham à distância como

CASAS DE PORTUGAL | 45

PAREDES BRANCAS,
CHÃO DE PEDRA LOCAL
E ÁREAS AMPLAS

um pirilampo, e um silêncio aparentemen-
te interminável só é interrompido pelos la-
tidos dos cães ou pela melodia dos sinos
das igrejas”, descrevem, apaixonadamente.
O vale a nordeste possui uma reserva natural
intocada e vistas da montanha. Aqui, dese-
nham-se no horizonte as mais incríveis nuan-
ces de cores, composições e espetáculos.
Grande parte das melhorias e moderniza-
ções levadas a cabo na quinta podemos
encontrá-las na piscina de água salgada e
na cozinha, equipada com todo o conforto.
O antigo layout e o método tradicional de
construção de uma quinta no sul de Por-
tugal ainda está presente nas espessas
paredes caiadas de branco, no telhado de
empena de bambu, nas suas muitas janelas
mais pequenas com portadas para prote-
ger do sol. Muitas das características tradi-
cionais foram mantidas, caso das distintas
chaminés, e em particular a enorme larei-
ra no coração do espaço, a zona de estar.
Os azulejos espelhados ou as muitas en-

tradas de luz rasgadas nas paredes, o bu-
raco para amarrar o burro são algumas
das características preservadas… Para a
reconstrução foram escolhidos materiais
tradicionais, desde pedras ásperas até pe-
dras polidas trazidas da montanha, mármo-
re ou as tradicionais de calçada no pátio.
Todas as alterações foram realizadas com
a ajuda de artesãos locais, e alguns des-
tes conheciam os donos originais da casa.
Com cerca de 300m2, a casa tem quatro quar-
tos com casas de banho e pode acomodar até
9 pessoas e toda a decoração da casa é da au-
toria de Lilo e da filha Antonia. O estilo reflete
as casas rurais, bem como o entorno da natu-
reza, descontraído e sereno - uma celebração
da simplicidade portuguesa - despretensioso
e ao mesmo tempo estimulante através dos
seus muitos elementos e valências, como
as paredes brancas que arrefecem a casa.
Durante o dia ou a noite, há muitos lugares
ao ar livre diferentes para encontros com
amigos. O jardim e os terraços oferecem múl-

46 | CASAS DE PORTUGAL

Cozinha branca, armários e portadas
das janelas de madeira, respeitam
a tradição num ambiente depurado

CASAS DE PORTUGAL | 47

Junto à parede,
espelho W&K em
madeira maciça;
cadeira tradicional e
cama com moldura em
ferro; ao lado, terraço
com vista para a piscina
com chaise-longue e

almofadas W&K

48 | CASAS DE PORTUGAL

CASAS DE PORTUGAL | 49

SUÍTE PRINCIPAL,
NO PRIMEIRO ANDAR,
COM DUAS DIVISÕES

tiplos recantos para estar em recolhimento. Na suíte do
“Gosto de tomar o meu pequeno-almoço primeiro andar
no lado leste, aproveitando a brisa fresca, predomina
enquanto admiro o Agapanto, branco e o branco e
azul, os verdes e as oliveiras, as montanhas. apontamentos de
À noite, adoro a vista do terraço privativo azul; Sobre a pedra
da suíte do primeiro andar, apontada para da escada, uma
o vale, e dali avisto o fogo da lareira de ex- peça cerâmica
terior, é um espetáculo cativante”, diz Lilo. de Sérgio Rosado;
A casa está equipada com duas cozinhas. junto ao lava-mãos,
A cozinha satélite está localizada do lado peça de joalharia
do terraço, da sala de jantar e do churras- feita pela dona
co. O grande tampo de mármore da mesa da casa
acomoda até 12 pessoas; aqui há ainda es-
paço para sofás e uma coleção de cadeiras
de vime preto de interpretação moderna.
“Com muitos convidados em casa, o jan-
tar torna-se um ponto alto do dia, cozi-
nhamos para amigos ou pedimos ajuda à
nossa chef particular, Paula Miguel”, acres-
centa Antonia. O mercado municipal da
região é bem provido de animação, co-
res e sabores locais e como tal é sempre
um momento especial para esta família. l

50 | CASAS DE PORTUGAL


Click to View FlipBook Version
Previous Book
RTS brochure - 3 fold
Next Book
1309i