The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.

Jornal Vila do Príncipe - Setembro de 2018

Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by Atelier Online, 2018-09-26 09:13:16

Jornal Vila do Príncipe - Setembro de 2018

Jornal Vila do Príncipe - Setembro de 2018

Keywords: Jornal Vila do Príncipe - Setembro de 2018

jornal www.jornalviladoprincipe.com.br

VILA D PRÍNCIPE Teófilo Ottoni,
Patrono da Imprensa Mineira

CIRCULAÇÃO: Alvorada de Minas, Conceição do Mato Dentro, Couto de Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Dom Joaquim, Gouveia, SETEMBRO de 2018 • Edição 19 • Ano II • TIRAGEM: 10.000 EXEMPLARES
Guanhães, Materlândia, Presidente Kubitschek, Rio Vermelho, Sabinópolis, Santo Antônio do Itambé, Serra Azul de Minas, Serro.

SERRO GANHA NOVO PROJETO MINERÁRIO

Grupo Herculano assume mineração do Projeto Serro, da empresa Anglo American,
com gestão inovadora, consciência ambiental e social

A Herculano Mineração envida seus
melhores esforços no sentido de buscar a
excelência na sua atuação como uma empresa
responsável pelo seu papel socioeconômico.

Zela pelos valores que acredita e busca
incessantemente o aperfeiçoamento
na gestão de pessoas e processos,
em todas as esferas de atuação.

Página 7

Coluna Petrônio SOUZA GONÇALVES ..... pÁGINA 02 Câmara de Conceição do mato dentro FIRMADO O CONVÊNIO DE R$ 2,5 MILHÕES
cÂMARA DE conceição do mato dentro ..... pÁGINA 04 promove reunião de coordenação PARA A COMPRA DE EQUIPAMENTOS
do Parlamento Jovem DA UNIVERSIDADE DE CONCEIÇÃO
CULINÁRIA: Eloísa Cardoso ..... pÁGINA 05 DO MATO DENTRO
CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO ..... pÁGINA 05 Página 4
Página 12 Prefeito de Conceição do
aLVORADA DE mINAS ..... pÁGINA 06 Mato Dentro José Fernando
Sarau de Música & poesia ..... pÁGINA 06

Divertindo ..... pÁGINA 08
serro ..... pÁGINA 09

SABINÓPOLIS ..... pÁGINA 10
diamantina ..... pÁGINA 11
Saúde: Dr. Sebastião Gusmão ..... pÁGINA 11
Turismo: Paulo Queiroga ..... pÁGINA 11
PREFEITURA DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO ..... pÁGINA 12

GRUPO PLANO
ASSISTÊNCIAL FAMILIAR
SUA FAMÍLIA EM BOAS MÃOS!
R. PADRE JOÃO MOREIRA, 60 FONE:
SERRO - MG - CEP: 39150-000 (38) 3541-2162
(38) 3541-2666
(38) 3531-1906

www.gruporenascermg.com

2 jornal VILA D PRÍNCIPE

EDITORIAL Binômio: jornalismo e história
Para os 90 anos de José Maria Rabelo Petrônio Souza Gonçalves,
Setembro, mês de Juscelino jornalista e escritor

Setembro é um mês especial para vamos construir um futuro uno e No começo era apenas uma brinca- Pioneiro, destemi-
os mineiros. Tanto é que ganhou hino compartilhado para todos nós. deira entre estudantes que a polícia do, debochado,
espontânea na composição de Beto resolveu levar a sério. Eles também. ousado, irônico,
Guedes e Ronaldo Bastos: Sol de Como o futuro começa com o Cansados de viver de sombra e água criativo, cívico,
Primavera. Hoje essa canção mineira passado, destacamos a recuperação e fresca, começaram a fazer jornalismo e irreverente, contun-
povoa o Brasil sempre que o mês de restauração da tricentenária Igreja história na arcaica Belo Horizonte dos dente, heróico,
setembro desabrocha nos calen- Matriz de Conceição do Mato venturosos anos 50, divisada entre inovador e genial,
dários e em nossos corações: Dentro, que será entregue à popu- juscelinos, bias-fortes, lucianos e tantos loucamente genial...
“Quanto entrar setembro, e a boa lação nas festividades do aniversário outros. O jornalismo vinha das leiras profundamente
nova andar nos campos... Quero ver da cidade, próximo dia 8 de históricas de Campos Gerais, no Sul de genial... que saudade... que saudade...
brotar o perdão, onde a gente dezembro. De Conceição vem Minas, na gura genial de José Maria Assim foi o Binômio, uma perfeita
plantou”. Espero que nunca can- também a boa nova da criação da Rabêlo. A história vinha das frondosas interação entre o jornalismo, o jornalista
semos de entoar esse hino de amor às Universidade, com parceria com a árvores da Zona da Mata, da musical e o seu tempo.
boas relações humanas. Universidade Federal de Viçosa, o Ubá, na gura generosa de Euro Arantes,
que irá impactar e repercutir em todo que a partir dos linotipos móveis de Como era um caso de amor verdadei-
Setembro é início da primavera, o Médio Espinhaço. Gutenberg criaram uma terceira arte, ro entre a cidade e o jornal, e isso havia
das campanhas eleitorais, das apelidada de imprensa alternativa, que virado Minas de cabeça para baixo, ele
comemorações de Juscelino, do E para terminarmos esse editorial depois emprestaria sua fórmula e seu teria que ser interrompido pelos medío-
civismo das ruas com as celebrações de setembro com poesia, teve início caminho para O Pasquim, o jornal cres, por aqueles que não entendem que a
do Sete de Setembro, que até pouco em Milho Verde, distrito do Serro, a Opinião, Movimento, entre tantos história se faz a partir dos sonhos dos
tempo atrás parava nossas escolas em segunda temporada do Sarau de outros. homens. Após o dia 30 de março de
um brado cívico de brasilidade. E Música & Poesia, com Toninho 1964, depois de vários punaros-bleys, a
assim vamos nós, nesse tempo de Horta e Petrônio Souza Gonçalves, Já no primeiro número do jornal, ditadura caduca impediu a circulação do
transição e recomeço. com duas noites superlotadas no saído no domingo do dia 17 de fevereiro Binômio e passou a perseguir àqueles
tradicional restaurante Quilombo do de 1952 - composto manualmente e que o faziam. José Maria exilou-se
E é pensando nesse eterno Rosário. O Sarau já tem compro- rodado em papel de péssima qualidade, mundo afora. Euro assistia a tudo,
recomeçar da vida que a Câmara de misso com outras 19 cidades com quatro páginas tabloides - selou-se indignado, lá do céu.
Diamantina faz escola ao apoiar o mineiras, além de apresentação em um caso de amor incondicional entre a
projeto do Cartório Eleitoral de quatro capitais, até o mês de feve- capital mineira e o semanário jornal. Era A minha revolta é que não ouvi falar
Diamantina “Eleitor do Futuro”, que reiro de 2019. amor verdadeiro, nutrido pelos editoriais do Binômio durante os meus quatro anos
mobilizou população e entidades do inspirados de José Maria Rabêlo e Euro de faculdade de jornalismo. Um
município para a realização de algo Assim vamos nós, desejando uma Arantes, pelas matérias de Roberto profundo desrespeito com o jornalismo,
maior. É com a união de todos que boa leitura a todas nesse início de Drummond e Ponce de Leon, pelas fotos com a história do jornalismo, com a
Primavera. de Antônio Cocenza, pelas charges de história da cidade de Belo Horizonte e,
Ziraldo, Raf, Borjalo, pelas colunas do principalmente, com aquele que recorre
Diretor: Colaboradores: General da Banda e General Legal, pela a uma faculdade para aprender um pouco
Vagno Ribeiro - Maira Buarque - Jornalista diagramação de Oséas de Carvalho, sobre as coisas deste mundo e do seu
entre tantas estrelas que começavam a tempo. Aprendi que a nossa história se
Diretor Comercial: Colunistas: Jornal Vila do Príncipe é uma publicação da brilhar ali, como José Aparecido de faz mais nas ruas que nas bancadas das
Geraldo Ribeiro - Dr. Sebastião Gusmão V.A.R. Dinâmica Assistência e Comunicação, Oliveira, Alberico Souza Cruz, Orlando universidades. Pena!
- Paulo Queiroga CNPJ 26.916.918/0001-79 - R. Manhuaçu, 210, Vaz Filho, Fernando Gabeira, Paulo
Jornalista Responsável: - Petrônio Souza Gonçalves Sala 4 - Bairro Santa Inês, Belo Horizonte/MG, Mendes Campos, Afonso Romano Agora, depois de ler nas páginas do
Marcelo Devanir (MG 04227 JP) - Eloísa Cardoso CEP: 31.080-400. As opiniões e conceitos Sant'Anna, Cyro Siqueira, Fábio Lucas, tempo as glórias do Binômio, sigo por aí
emitidos em artigos assinados, mesmo que Mauro Santayanna, entre tantos outros afora anunciando a boa nova que nunca
Diagramação: Atelier Online sob pseudônimo, podem não representar o nomes, em doze anos de jornalismo e se perdeu de nós. Sigo como o velho
pensamento da direção e dos editores deste jornal. escola. menino jornaleiro apregoando aqui, ali e
jornal acolá a grande 'velhice que chegou'.

VILA D PRÍNCIPE

Assistência 24 horas em todo território nacional

Tranquilidade para você e sua família

www.aspvemg.com.br

(38) 98807-0002
(38) 99971-4907
(31) 3486-4657

Escritório Serro:

R. PADRE JOÃO MOREIRA, 60
SERRO - MG - CEP: 39150-000

Proteja seu veículo contra roubo, furto, incêndios e colisões

SERRO • SETEMBRO / 2018 3

4 jornal VILA D PRÍNCIPE

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

Câmara de Conceição promove reunião
de coordenação do Parlamento Jovem

Coordenadores municipais do Polo Metropolitano II se reuniram na
Câmara de Conceição do Mato Dentro para a elaboração do regulamento do Polo

Prossionais responsáveis pelo Na ocasião, em conjunto, os coor- Agora o Polo está se preparando Em seu segundo ano de participa-
andamento do projeto Parlamento denadores elaboraram um regimento para a última etapa do Parlamento ção neste importante projeto,
Jovem do Polo Metropolitano II se interno do Polo para proporcionar Jovem 2018, a Plenária Estadual na Conceição do Mato Dentro se tornou
encontraram na Câmara Municipal maior uniformidade nos trabalhos Assembleia Legislativa em Belo referência na região e outras cidades
de Conceição do Mato Dentro para a realizados pelos municípios compo- Horizonte. O documento, que con- têm procurado a Câmara de
construção do Regulamento do Polo nentes do Metropolitano II. tém todas as propostas aprovadas nas Conceição para trilharem o mesmo
que deverá nortear o andamento dos fases anteriores do projeto em todo caminho a partir de 2019. Os frutos
trabalhos de 2018 em diante. Estive- Esse é o primeiro ano do Polo Estado, já está com os Polos e os desse importante trabalho já podem
ram reunidos os coordenadores de Metropolitano II e a elaboração de alunos selecionados por cada muni- ser notados na cidade com a criação e
Conceição do Mato Dentro, Itabira, um regulamento interno é uma cípio para participarem da Plenária ampliação dos grêmios estudantis a
João Monlevade, São Gonçalo, Sabi- sugestão dada pela coordenação Estadual se encontraram no dia 6 de na participação dos jovens concei-
nópolis e CatasAltas. estadual do Parlamento Jovem da setembro, em São Gonçalo do Rio cionenses nas ações promovidas
ALMG (Assembleia Legislativa de Abaixo para o estudo das propostas pelo legislativo municipal.
Minas Gerais). em conjunto.

Câmar Municipa d Conceiçã d Mat Dentr
É p síve f er mai .
É p síve f er diferent .

SERRO • SETEMBRO / 2018 5

Temperos mineiros

Todo Menino é um Rei! Eloísa Cardoso

Muleque arteiro, assovio solto, pipa nossa cultura e nossa
no ar, estilingue no bolso e centenas de culinária. Sejamos pelo mundo um
aventuras para sonhar. Tem o banho no museu vivo, o Menino Rei contando,
córrego, brincar de garrafão, amarrar lata escrevendo, cantando, por onde passar
no rabo do gato. Batalhas são treinadas sua história, sua raízes, causos, lendas e
com espadas de galhos de árvores. lembranças. Somos tantos, Chica da
Mineiro é assim, lindo de viver. Cresce Silva, Guimarães Rosa, Carlos
artista, uns se formam doutores, jorna- Drummond de Andrade, Bituca, nosso
listas, pais de família, escritores, Milton Nascimento, nosso Clube da
sonhadores... O coração cheio de amor Esquina... Tudo misturado ao pão de
pela terra natal sofre por passar naquela queijo, Nhá benta, passarinhos, quintais,
rua e não mais ver aquela casa antiga, que diamantes, almoços de farta mesa,
fez parte do seu passado; tampa o sol com quitandas, queijos, resiliência, ouro,
as mãos para ver o grande edifício que se amigos, minérios, cachoeiras e tradição.
ergue, como a pipa; de vidro. Cresceu
menino rei. Coração embalado pelas Receita Lombo de panela
músicas, amigos, bolo de fubá, ladeiras,
esperança e amores. Esses sonhadores Ingredientes: Uma peça de lombo
espalham pelo mundo sua poesia como suíno de 1,5 kg. Alho socado com pouco
borboletas à beira do rio. Em meio à sal e pimenta malagueta. 2 cebolas de
multidão a nostalgia é companheira, cabeça branca. Cheiro verde.
caderninho no bolso, aquela bela frase
que não posso esquecer. Poesia no poste, Tempere bem o lombo, fazendo furos
bares, encontros. Levam o sonho como laterais. Deixe marinar por 2 horas.
prossão, nem que tenha que subir nos Aqueça bem uma panela de pedra ou
arcos de tão famoso viaduto de Belzonte e ferro. Coloque 2 colheres de sopa de óleo
lá se vai, conquistando seguidores: Salve! ou banha de preferência. Coloque as
Salve o viaduto Santa Tereza! Não falo de cebolas em rodelas, deixe dourar.
uma cidade, vilarejo ou capital. Falo dos Coloque a carne, selando de todos os
mineiros! Dos sonhadores que um dia lados, deixando se houver gordura no
tomam voo, cabreiros, idealizadores, às lombo para cima. Vá crescentando um
vezes nem voltam: Conhecem o mar...Aí pouco de água quente, sempre em volta
se perdem... O cheiro das ores, damas da da carne, tampe. Repita o processo,
noite, do café coado na hora no fogão de sempre fogo alto. Virar o lombo para
lenha, chão batido, agora é doce, para a cozimento por igual. Assim que car
vida levar. Os bailes nos clubes serão macio, deixe secar bem , assim cará
histórias para os netos contar. Fotos em dourado. Desligue, esfrie um pouco a
preto e branco, que saudade que dá! carne, assim sairá fatias inteira. Fatiado,
Nosso maior patrimônio é nosso povo, volte com fatias para panela, aqueça,
cheiro verde.

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

ESTUDANTE CONCEICIONENSE TEM A FIRMADO O CONVÊNIO DE
REDAÇÃO ESCOLHIDA PELA SEGUNDA VEZ R$ 2,5 MILHÕES PARA A COMPRA DE
CONSECUTIVA NO CONCURSO NACIONAL EQUIPAMENTOS DA UNIVERSIDADE DE CMD

“LER É BOM – EXPERIMENTE” Foi dado um novo e importante passo
para a implantação de ensino superior
Pela segunda vez consecutiva a O Projeto de Leitura Laé de Souza gratuito em Conceição do Mato Dentro.
estudante Maria Clara Ávila Malaquias, tem o objetivo incentivar o hábito da A Prefeitura Municipal, a Universidade
10 anos, aluna do 5º ano da Escola leitura e estimular a criatividade dos Federal de Viçosa (UFV) e a Anglo
Municipal Levindo Pinto de Oliveira, jovens. Desenvolvido em escolas American ocializaram o convênio para
em Capitão Felizardo, Conceição do estaduais e municipais em todo o Brasil, a estruturação da unidade, incluindo a
Mato Dentro, teve a sua redação o projeto é aprovado pelo Ministério da compra de equipamentos, mobiliários,
escolhida pelo projeto “Ler é Bom – Cultura desde 2000, e tem o patrocínio material didático, além da instalação do
Experimente”, do escritor Laé de Souza. do Grupo Segurador Banco do Brasil e forro. Os recursos somam R$ 2,5
O concurso tem a participação de Mapfre, por 11 anos consecutivos. milhões e serão repassados pela
escolas de todo o país. Em 2017, o texto mineradora à Funarbe (Fundação Arthur
de Maria Clara foi um dos 43 seleciona- Bernardes), organização de direito do curso de Tecnologia em Informação
dos. privado vinculada à UFV. e, ainda, uma pós-graduação, provavel-
mente em gestão ambiental.
Neste ano, foram escolhidas 50 O planejamento é para que a
redações e, mais uma vez, a pequena Universidade de Conceição do Mato “Vamos proporcionar à população de
escritora conceicionense foi seleciona- Dentro já esteja em atividade no ano que Conceição o ensino superior gratuito e
da. “Ler é o que mais gosto de fazer”, diz vem. Os primeiros cursos a serem de qualidade. Esse é um grande passo
Maria Clara, que gastou as economias ofertados pela Universidade de para a formação e qualicação do nosso
do cofrinho para comprar a coleção Conceição do Mato Dentro já estão povo, principalmente de nossos jovens,
completa do “Harry Potter” e exibe com sendo denidos: graduação em criando mais oportunidade para
orgulho seus cadernos cheios de Engenharia Ambiental, em Engenharia disputarem o mercado de trabalho. Além
histórias e poemas. Da sua biblioteca Agrícola, além de licenciatura na área de disso, temos a certeza de que esta mão de
pessoal, ela mostra a coleção de Ciências: Química, Física e Biologia. obra qualicada irá contribuir para o
Monteiro Lobato. Os livros foram da Também está sendo planejada a oferta desenvolvimento do nosso município”,
infância do prefeito Zé Fernando e declarou o prefeito Zé Fernando.
presenteados por ele à Maria Clara.

6 jornal VILA D PRÍNCIPE

ALVORADA DE MINAS

Prefeitura de Alvorada apoia
Projeto Revitalização do Rio do Peixe

A Prefeitura Municipal de Alvorada No dia 08 de agosto foram convida-
de Minas vem apoiando em 100%, por dos cerca de 30 alunos do 7º ano. Os
meio da Secretaria de Meio Ambiente, o alunos da Escola Estadual José Madurei-
Projeto Revitalização do Rio do Peixe – ra Horta para o término do plantio e
Projeto sonhado e planejado pelo começo da parte de educação ambiental
CODEMA-Conselho de Desenvolvi- do projeto.
mento e Melhoria do Ambiente de
Alvorada de Minas. Projeto que desde É a gestão atual apoiando o cuidado
de 2014 vem acontecendo em partes, com o meio ambiente.
mas somente no ano passado foi
cadastrado pela secretaria de Meio
Ambiente na Cáritas e foi aprovado,
liberando um recurso no valor de R$
24.900,00 para o cercamento e plantio
de mudas da área deAPP do Rio do Peixe
(Da Cachoeira até o poço artesiano da
COPASA), Córrego Conga, Nascente
Fonte da Clara e Nascente do Bicano.

Sarau de Música & poesia
com Toninho Horta & Petrônio Souza Gonçalves

inicia II temporada em Milho Verde

Nesta segunda fase do Sarau, o compositor Toninho Horta Comemora seus 70 anos de vida e 50 de carreira com o lançamento
do seu “SongBook 108 Partituras” e o poeta mineiro Petrônio Souza Gonçalves lançando seu livro “Braço de Rio, Pedaço de Mar”

Foi um grande sucesso o Os autores O jornalista Petrônio Souza
lançamento da Segunda Tempo- Gonçalves lança o seu quinto livro, o
Toninho Horta está comemorando terceiro de poemas, com imagens
rada do Sarau de Música e em 2018 seus 70 anos de vida e 50 anos poéticas inusitadas, como já revela o
Poesia em Milho Verde, com duas de carreira e é um dos maiores músicos título: “Braço de Rio, Pedaço de Mar”.
do mundo. Tem vários discos gravados Composto por 244 poemas, os textos
noites memoráveis e superlota- e distribuídos em todo o planeta e agora não têm título, o que é uma inovação na
das. O tradicional restaurante apresenta em seu SongBook que tem forma de compor os versos pelo autor,
lançamento internacional, um pouco de vindo cada um poema com a primeira
Quilombo do Rosário cou sua trajetória. Para citar apenas dois frase em destaque, sendo o título de
pequeno para tanta procura do nomes, Pat Metheny e George Benson, cada texto. A crítica especializada e os
considerados ícones da guitarra, estão maiores nomes da literatura nacional
público durante os entre os artistas que o reverenciam. são unânimes em destacar a produção
dois dias do evento. Toda sua carreira, sucessos, discos e literária do autor, o colocando como
histórias curiosas poderão ser conheci- um dos grandes nomes da poesia
Vale destacar que o público dos agora pelo grande público com o nacional na atualidade. Nas palavras de
cou maravilhado com a Song BooK “108 Partituras” que, Luis Fernando Verissimo, Petrônio
apresentação dos artistas, que devido a expectativa criada no meio Souza é uma revelação na poesia:
contou com a presença de turistas musical, já está com sua primeira “Entre o lírico, o irônico, o insólito e o
edição esgotada. confessional viaja a poesia do Petrônio.
mineiros, gaúchos, Realmente uma revelação”.
uminenses e capixabas.

Após o sucesso inicial da primeira
temporada do Sarau de Toninho Horta
& Petrônio Souza Gonçalves, que
começou em novembro de 2015,
projeto chega ao ano de 2018 com os
autores lançando novos livros,
produzidos durante os últimos anos, e
já tem agenda conrmada em 21
cidades brasileiras.

Na primeira fase, Toninho Horta
lançava a sua biograa: “Harmonia
Compartilhada” e Petrônio o livro “Um
Facho de Sol como Cachecol”. A
dobradinha deu tão certo que a primeira
edição dos livros de Petrônio e Toninho
se esgotaram completamente, o que fez
ambos nalizarem com mais rapidez
projetos editorias que estavam em
andamento. Nesse ínterim, o espetácu-
lo dos dois passou por São Paulo, Belo
Horizonte, Rio de janeiro, além das
cidades de Uberlândia, Varginha, Juiz
de Fora, Ipatinga, entre muitas outras.
A julgar pelos convites recebidos, a
dupla vai retornar a boa parte das
cidades por onde passou na primeira
fase, como já está marcado na agenda
dos eventos para 2018 e 2019.

SERRO • SETEMBRO / 2018 7

GRUPO HERCULANO CHEGA AO SERRO PARA GERAR EMPREGO E RENDA

Grupo assume direitos minerários vinculados aos Projetos Serro, João Monlevade
e Itambé do Mato Dentro da Anglo American, com consciência ambiental, social e cultural

Com uma gestão inovadora e a preocupação com d) Não haverá supressão de nascentes; Para saber mais sobre a empresa, é só acessar o
as comunidades que estão à volta de suas operações, site: www.herculanomineracao.com.br e conhecer
o Grupo Herculano é formado por três sócios irmãos e) Projeto realizado totalmente fora das áreas de um pouco mais dessa exitosa história de uma
e possui atividades de extração, beneciamento e amortecimento das Unidades de Conservação; empresa que tem o jeito e a cara de Minas Gerais.
comercialização de minério de ferro e manganês há
mais de 25 anos no município de Itabirito. Nesse f) Não haverá nenhuma desapropriação;
tempo o Grupo buscou excelência em suas ativida-
des, além de uma operação que se tornou referência g) Lavra será desenvolvida acima do nível
na utilização de novas tecnologias que eliminam a d’água;
utilização de barragens de rejeitos em seu processo
produtivo. Com a transação, o Grupo reforça sua h) Expedição de toda a produção através de
atuação no segmento de minério de ferro, expandin- rodovia;
do suas operações.
i) Inexistência de impacto visual na sede
O Grupo Herculano destaca que vai priorizar o municipal;
desenvolvimento sustentável e a preservação da
cultura local. A vasta experiência na atividade j) Utilização de mão-de-obra local;
minerária e a cultura de empresa familiar se transfor-
maram em algumas premissas para o Projeto, são k) Expectativa de geração de 250 empregos
elas: diretos.

a) Escala de produção reduzida; O Grupo Herculano sempre focou suas ações na
busca de uma boa relação com as populações que
b) Não utilização de água no processo produtivo, estão envolvidas em seu processo produtivo e adianta
beneciamento realizado a seco; que no Médio Espinhaço manterá a mesma convi-
vência de diálogo e transparência com a população
c) Não utilização de barragens de rejeito; serrana.

COMPROMETIMENTO É A PALAVRA CHAVE PARA NOSSO SUCESSO

A Herculano Mineração envida seus melhores esforços
no sentido de buscar a excelência na sua atuação como
uma empresa responsável pelo seu papel socioeconômico.

Zela pelos valores que acredita e busca incessantemente o
aperfeiçoamento na gestão de pessoas e processos,
em todas as esferas de atuação.

8 jornal VILA D PRÍNCIPE

DIVERTINDO CRUZADINHA

CANTINHO DA HISTÓRIA 1 (?) logo, Sua capital "Obrigação"
expressão
Fenômeno Cair ocos Modera- O pôr do é Porto do lavrador, Desfaz Suxo de
como a de gelo de ção (g.) Sol (nó) "virose"
enchente despedida Velho antes do
3 5 6 6
2 4 (sigla) plantio

Apaixona- 741
do
2 9 2 10 6 7 2 8
8
11 2 12 4 Suxo de 4 8 2
Formam o
arco-íris 4 Molusco 6 "lipase"
__________
Cereal de 4 bivalve
________ É inel a
mingaus alguém
__________ Altura
(abrev.) 8 974
Utiliza
7 49 Enraivecer
13 8

Vista junto ao mercado. Veículo 9 67 O "tu" 9 12
Fotograa: Eric Hess, s/d. (década de 1940). rural 7 oblíquo 7
________ ________ 4
Participe desta página! Nota da Bagagem 7
redação
A próxima foto ou atividade dessa página pode ser a sua. Estuda 14 2 Gostar 4 5 4 Além
3 (o livro) 9 7 muito de 12 4 disso
Envie sugestões de atividades para a página do Divertindo e _________ _________ Móvel
fotos antigas para o Cantinho da História para o e-mail: Primeira 2 Crustáceo Capacete como o
[email protected] de sopas guarda-
ou para o nosso Whatsapp: (31) 97177-4048 apresenta- (pl.) roupas
ção de um 8
2
lme
12 1050, em 5 14 A família 14 4
3 __________
romanos
Sílaba de _________ Ato de
"níquel" Temor do
defesa do
camelô
pássaro
7 76
Abrir à 4 5 15 4 7
força
(casa)

Irmã do 9 12 4 Olá 6 12 Local de 5 4
pai 13 ________ 8 10 trabalho 14
Monte 16 Cervideo 12
________ típico do do 4
Apelido de avistado Canadá pedreiro 8
por Cabral
Luciana ___________ 4 64
Pron. fem.
14
24
‘‘Tenham coragem. Não 7 14 4 15 7
tenham medo de sonhar
coisas grandes! A moeda Desabo-
toei a
Papa Francisco do Brasil camisa

Símbolo 4 14 Andava 10 6 7 7 12
de
com
alumínio
(Quim.) pressa

14 4 925 (?) 4 6
poucos:
Imitam os gradual-
cães mente

SUDOKU quebra cuca Respostas do 289315476 Note que são 5 dezenas, equivale a 60 ovos. Então 60 ovos
764892153 equivalem a 6 dezenas. Como quebraram 3 de cada dezena,
2 89 54 Como jogar Sudoku? Qual a resposta correta? ‘‘DIVERTINDO’’ 153746982 SUDOKU
Você vai encontrar um quadrado enorme 698124735 cquuceabra quebraram 18 ovos. Então como tínhamos 60 ovos e foram
74 53 que é dividido em vários quadradinhos Um pedido de cinco 325987641 quebrados 18 ovos, agora temos 42 ovos.
pequenininhos, e esses quadradinhos dúzias de ovos sofreu 417563298
pequenininhos são agrupados em um acidente. 836471529
quadrados médios. Cada quadrado médio Três de cada dez 972658314
possui 9 quadradinhos pequenos dentro. ovos foram 541239867
O objetivo do jogo é completar com quebrados.
37 2 números os quadradinhos vazios, de
maneira que: Quantos ovos
69 4 3 Ÿ Todas as linhas (horizontais e restaram?

586 verticais) possuam todos os números 45 18 42 15 CRUZADINHA
de 1 a 9, sem repetir nenhum.
15 98 Ÿ Todas as colunas (verticais) possuam
todos os números de 1 a 9, sem
8 15 repetir nenhum.
Ÿ Todos os quadrados médios possuam
97 3 4 todos os números de 1 a 9, sem
repetir nenhum.
12 867

Bar e Restaurante (38) 9 9740-4557

Chapéu de Sol Avenida JK, 776 - Centro - Gouveia/MG

SERRO • SETEMBRO / 2018 9

SERRO

Suspeito é preso
no Serro após
crimes em sequência

O suspeito J.O.R. foi preso no dia sete de agosto, no Pasto do Padilha,
na cidade do Serro, por ter cometido vários crimes em sequência:
Tentativa de homicídio, roubo a transeunte, roubo a Casa lotérica,

furto, ameaça, resistência a prisão e desobediência

Secretaria de Desenvolvimento Após ter furtado uma motocicleta em Após quase seis horas de persegui-
Social do Serro dá início às oficinas Conceição do Mato Dentro, o suspeito ção, as equipes avistaram um indivíduo
J.O.R. fugiu para o Serro, tendo passado saindo da mata e ao perceber a aproxi-
do Programa ACESSUAS Trabalho em Mato Grosso, onde cometeu um mação dos militares, ele correu nova-
roubo de celular com o uso de arma de mente para a mata, segurando algo na
A Secretaria Municipal de Desenvol- fogo. Ao chegar no Serro, foi até a cintura e dessa vez foi perseguido e
vimento Social iniciou o primeiro ciclo residência de um indivíduo que, localizado dentro de uma pequena lagoa,
de ocinas do Programa ACESSUAS segundo J.O.R., estaria lhe devendo, sendo preso e apreendido todos os
Trabalho do Serro. Direcionado aos pelo comércio de droga ilícita, tendo objetos usados nos crimes.
usuários da rede socioassistencial do ameaçado esse indivíduo e feito um
Serro, essa primeira etapa do programa disparo de arma de fogo contra ele, Objetos que estavam com J.O.R.: Um
conta com a participação de 100 acertando a parede da residência do Revólver Taurus calibre .38. Quatro
usuários, divididos em quatro turmas, suposto devedor, fugindo em seguida. Cartuchos calibre .38. Dois Cartuchos
entre adultos e adolescentes. Enquanto os policiais procuravam pelo deagrados. Todo o dinheiro roubado.
suspeito, ele foi até a casa lotérica da Um Dólar. Três celulares. Uma Navalha.
Estão previstos oito encontros com cidade e realizou mais um roubo, 11 Lacres (usados como algemas). Uma
cada turma, uma vez por semana, fugindo novamente. Foi então intensi- ta adesiva. Um cartão de crédito. Uma
visando a integração do usuário ao cado as buscas para prendê-lo, tendo Máscara. Uma mochila. Um capacete.
mundo do trabalho. Os encontros serão uma viatura da Polícia Militar encontra- Uma moto (recuperada) e roupas
conduzidos pela equipe técnica do do J.O.R. novamente próximo a utilizadas no roubo.
ACESSUAS Trabalho. O Programa tem residência do indivíduo que o devia,
por nalidade promover o acesso dos momento em que J.O.R. ao ver a viatura,
usuários da Assistência Social ao mundo fugiu para uma mata próxima, abando-
do trabalho. A iniciativa se consolida nando a motocicleta furtada na cidade de
com um conjunto de ações de articula- Conceição.
ção de políticas públicas de trabalho,
emprego e renda e de mobilização e Como já era noite e o criminoso
encaminhamento de pessoas em estava armado, além de muita chuva
situação de vulnerabilidade e/ou risco forte, foi necessário que os militares
social, para acesso a oportunidades a zessem o cerco da área, acionando
políticas afetas ao trabalho e emprego. reforço. As equipes especializadas
compareceram, sendo utilizado o cão de
captura Apollo.

GUINCHO 24H / VAGAS DE GARAGEM
LOCAÇÃO DE CARRETINHAS

IMPERIAL CONTATO: (38) 3541-2705 / (31) 9.8844-0777
SERRO/MG (38) 9.8827-0402 / (38) 9.9824-7592

10 jornal VILA D PRÍNCIPE

sabinópolis

FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
SABINÓPOLIS / MG

SUCESSO! Esta é a palavra que descreve a pelo Decreto nº 1048 de 25/07/2005. A festa foi
edição 2018 da Festa de Nossa Senhora do criada em 15 de agosto de 1943, completando 75
Rosário. Considerada o maior patrimônio anos de tradição.
imaterial da cidade e um dos conjuntos da
cultura brasileira, a festa de Nossa Senhora do Os sabinopolenses já estão com saudade e na
Rosário de Sabinópolis integra o calendário expectativa para a edição de 2019, da festa que
cultural da Secretaria de Estado de Cultura e foi sem dúvida alguma, é esperada durante todo o
tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal ano.

Prefeito Dr. Nirley Tavares, MELHORIAS NAS
a cantora Bruna Viola e a ESTRADAS RURAIS
Primeira Dama Sra. Sílvia
Maria Amaral Mourão A Prefeitura de Sabinópolis realiza obras de
patrolamento e cascalhamento nas estradas rurais e
Reinado- Jeferson Lessa e Eny Alves Maciel Oliveira vias de acesso às comunidades do Córrego da Onça e
do Povoado de São Domingos.

Através de um cronograma preparado pela
Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, o
trabalho consiste em melhorar as condições de tráfego
das estradas vicinais.

A Secretaria trabalha em ritmo acelerado para
deixar as estradas em ótimas condições, facilitando o
tráfego das pessoas que moram na zona rural e
garantindo mais segurança.

As máquinas não param e trabalham a todo vapor
até que as estradas vicinais do município estejam
patroladas e cascalhadas.

SERRO • SETEMBRO / 2018 11

diamantina

Diamantina inova com o projeto Eleitor do Futuro

No dia cinco de setembro aconteceu eleitores, ao exercício livre e consciente
na Praça do Mercado Velho de Diaman- do direito de votar e ser votado.
tina o projeto cidadão "Eleitor do O evento contou com a presença de
Futuro". diversas autoridades, como o presidente
da Câmara Municipal de Diamantina,
O projeto é uma realização do Gilson Batista; Secretário de Governo,
Cartório Eleitoral de Diamantina e Thiago Bellico; a doutora Roberta
contou com a parceria de diversos Rocha, Juíza Auxiliar do TRE/MG e
órgãos que se uniram para que o evento Diretora Executiva da Escola Judiciária
acontecesse de forma exitosa, sendo os Eleitoral; doutor Thiago Ferreira, juiz
parceiros a Câmara Municipal de Eleitoral da Comarca de Diamantina;
Diamantina, Prefeitura Municipal de doutor Luis Gustavo Patuzzi, Promotor
Diamantina, TV Vale e a Universidade Eleitoral; Major Glauber do 3º
Estadual de Minas Gerais (UEMG). BPMMG; doutor José Agostinho,
O projeto oconteceu em duas etapas, presidente da 12º Seção da OAB; Anna
uma que englobou o desenvolvimento Gabriela Batista, representante da
dos conceitos e objetivos com palestras, Comissão Eleitoral da 12º Seção da
aulas expositivas e a preparação para as OAB Diamantina; Leonardo Aparecida,
eleições, e a segunda etapa que aconte- superintendente Regional de Ensino;
ceu na Praça do Mercado Velho, onde Henrique Drumond, representante da
ocorreu a eleição, proclamação e Seção de Pesquisa e Cidadania da Escola
diplomação dos eleitos. Judiciária Eleitoral; Noriko Tsukamoto,
coordenadora da Escola Judiciária
O projeto alcançou crianças e Eleitoral de Minas Gerais e a doutora
adolescentes de 5 a 15 anos de idade, Kiria Orlandi, Delegada da Mulher.
com o objetivo de ampliar, capacitar e
mobilizar jovens que serão futuros

PÓS-VERDADE E AGONIA DA DEMOCRACIA Carcassonne - Charmosa Vila Medieval Francesa
Dr. Sebastião Gusmão Paulo Queiroga

Já foi dito: “A verdade vos porta-vozes do medo da maioria, Carcassonne, cidadela francesa na ído no século XII,
salvará”. Mas o que é a verdade? Nos provocado pela insegurança social região de Languedoque-Rossilhão, é como residência dos
últimos séculos a losoa e a ciência (crise econômica e criminalidade). uma dessas joias raras do ambiente viscondes Trencavel
separaram progressivamente o medieval europeu. A cidade, sobre uma de Carcassonne. O
conceito de verdade absoluta dos Suas falas irreverentes, fortes, colina, remonta aos Celtas, Galo Castelo, com 9 torres,
credos religiosos do conceito de divertidas e agressivas contra todos romanos e Visigodos. Seu conjunto oferece, em algumas
verdade relativa, ltrada pela razão e cativam os jovens que absorvem arquitetônico medieval está inscrito na delas, o Lapidary Museum esculturas, na
pelas evidencias. com entusiasmo a pós-verdade de lista de Patrimônio Mundial da maior parte da Idade Média, feitas com
seus discursos de ódio e frases UNESCO e é um dos locais mais materiais da região. Próximo à Puerta
Hoje, o relativismo domina e tornou-se vazias. Para seus simpatizantes eles têm a visitados na França. del Aude, ca a imponente Basílica
mais difícil discernir o que é verdadeiro do coragem de dizer a verdade, sem se preocupar deSaint-Nazaire, monumento nacional
que é falso. Moldou-se um terceiro conceito com o politicamente correto. Quatro portas dão acesso ao interior da França. Construída sobre uma antiga
de verdade: a pós-verdade. Esse termo Como o conteúdo de suas falas pouco da Carcassonne, uma em cada um dos igreja visigoda em estilo românico, no
relaciona-se ou denota circunstâncias nas importa a seus seguidores, torna-se quase pontos cardeais, construídas nos séculos século XI, ela foi consagrada pelo papa
quais fatos objetivos têm menos inuência impossível desconstruir seus discursos. Os IX e X, para defesa contra os ataques dos Urbano II. Chamam a atenção as
em moldar a opinião pública do que apelos à fatos reais de que eles são políticos medíocres Sarracenos. A Porta Narbonnaise, com gárgulas góticas, terríveis esculturas
emoção e à crenças pessoais. Ou seja, a com discursos vazios têm pouco efeito sobre duas torres e um fosso com ponte penduradas na fachada e o conjunto de
preponderância das crenças e ideologias seus simpatizantes. As evidencias dos fatos levadiça é o principal acesso.A ponte janelas, considerado o mais belo no sul
sobre a objetividade dos fatos. Como são pouco ecazes para combater a pós- velha (Pont Vieux), construída no século da França, que retratam cenas da vida de
consequência a verdade (escudada na razão e verdade porque o conteúdo pouco importa. XIV, compõe o Caminho de Santiago. Cristo e dos Apóstolos. As ruas estreitas,
evidencias) está perdendo importância no Este mundo da pós-verdade coloca em praças isoladas, artesãos e pequenas
debate politico e a opinião pública está sendo risco a democracia. Antigamente as democra- Depois de passar por um fosso com lojas com produtos lindos e de qualida-
moldada mais pelos apelos emocionais ou cias sucumbiam com tanques nas ruas e ponte levadiça, chega-se ao pátio de, nem sempre baratos, valem o passeio
pelas convicções de cada um do que pela presidentes depostos ou assassinados. Hoje rodeado por edifícios construídos entre e as pechinchas.
consistência dos fatos. O que importa é a tudo ocorre de forma mais sutil e dentro da os séculos XII e XVIII. A melhor
retórica e a forma. Isso cou bem evidente legalidade. A essência do sistema é eliminada maneira de se ver a cidadela é passeando A cidade é animada dia e noite. Mas,
nas ultimas eleições presidenciais americana. sem que os procedimentos legais sejam a pé, sem pressa. para nalizar um dia intenso de prazer,
As fake news confundem e manipulam os desrespeitados. As democracias morrem hoje acomode-se em um restaurante e peça
menos críticos. Nunca a informação foi tão pelas mãos de presidentes autoritários eleitos O Castelo Condal de Carcassonne é
acessível e ao mesmo tempo tão duvidosa. pela população e que destroem as democraci- uma fortaleza dentro da cidade, constru- um Cassoulet, delicioso
as usando as instituições democráticas. Na guisado de coxa de pato
Em breve teremos eleição presidencial América Latina não há mais golpes, mas a cont, servido no pote
num tempo particularmente conturbado de democracia continua morrendo por meio de de barro, com bacon e
nossa história. E tudo indica que a verdade líderes eleitos. salsicha de Toulouse.
não nos salvará e que a pós-verdade nos O enorme escândalo de corrupção e a crise
afundará mais ainda na crise. Já temos em nanceira que vivemos levaram à perda de Em Carcassone
incubação os Trump tupiniquins manipulan- conança dos brasileiros nos politicos e conrmamos que a
do a opinião pública com as bandeiras do consequente ameaça da democracia. A França tem muito mais
radicalismo da direita e da esquerda. Parece convicção dos cidadãos de que todos os do que a mundialmente
que a forma de dizer, mais do que o conteúdo políticos são corruptos os tornam mais consagrada capital:
do que se diz, vai impactar a próxima eleição propensos a votar em um outsider, populista e Paris!
presidencial. autoritário, com discurso demagogo
anticorrupção. O desao atual é voltar à
O desastre do presidencialismo de verdade ltrada pela razão e pelas evidencias
coalisão das últimas décadas determinou o dos fatos. Parece difícil na crise moral e
crescimento das ideologias extremistas.No educacional que enfrentamos. Mas somente a
momento atual, em consequência da crise de verdade com base na realidade dos fatos
valores na política nacional, seus represen- poderá nos salvar.
tantes conseguem, com discursos de
conteúdo reacionário e supercial, serem os

12 jornal VILA D PRÍNCIPE


Click to View FlipBook Version
Previous Book
Catalogue V15-Pré-finale
Next Book
tpp 2