The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.

Jornal Vila do Príncipe - Março de 2017

Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by Atelier Online, 2017-03-30 18:55:44

Jornal Vila do Príncipe - Março de 2017

Jornal Vila do Príncipe - Março de 2017

Keywords: Jornal Vila do Príncipe - Março de 2017

jornal PRÍNCIPE Março
de 2017
VILA D EDIÇÃO 01 | ANO 1 | SERRO, MARÇO DE 2017

WWW.JORNALVILADOPRINCIPE.COM.BR

A TRAJETÓRIA FIZ NO SERRO
DE UM O QUE OUTROS
NÃO TIVERAM
SERRANO CORAGEM
NA JUSTIÇA DE FAZER
DE MINAS
Leia na página 6
Desembargador Armando Freire Sr. Walderez Miranda

Leia na página 3

JOSÉ Vice-presidente da COPASA, Junior Miranda MG 259 ganha obras
APARECIDO Ex-prefeito do Serro, Nondas Miranda de manutenção e
DE OLIVEIRA: melhorias
O MELHOR
MINEIRO DO Leia na página 9
MUNDO
José Aparecido de Oliveira Um novo tempo Prefeito e Vice-prefeita de Conceicao,
Leia na página 5 para Conceição José Fernando e Ivete Otonni
do Mato Dentro
Leia na página 4

Prefeito de Santo ADMINISTRANDO plano diretor do
Antônio do Itambé PARA HONRAR O serro já está em
Joãozinho Baracho NOME DO PAI fase de execução

Leia na página 8 Prefeito Joãozinho Baracho Leia na página 11
Prefeito de Serro Guilherme Simões

GRUPO PLANO
ASSISTÊNCIAL FAMILIAR
SUA FAMÍLIA EM BOAS MÃOS!
R. PADRE JOÃO MOREIRA, 60 FONE:
SERRO - MG - CEP: 39150-000 (38) 3541-2162
(38) 3541-2666
(38) 3531-1906

www.gruporenascermg.com

2» JORNAL VILA D PRÍNCIPE

EDITORIAL SEJAMOS POLÍTICOS, NÃO SEJAMOS IDIOTAS

A receptividade à “Edição Especial Calma prezado leitor! Num primeiro momento o Em troca do nosso esforço e sacrifício, recebemos
00, do Jornal Vila do Príncipe”, foi uma título do presente artigo pode lhe parecer um insulto, insegurança pública, saúde precária, educação de
recompensa ao nosso trabalho. Foi considerando o signicado hodierno das palavras que o péssima qualidade e um serviço público inecaz.
muito bom ver as pessoas recebendo o compõem – atualmente, ser político é sinônimo de ser
jornal com entusiasmo comentando e corrupto, e ser idiota signica ser estúpido, ignorante, Para mudarmos tal situação, devemos ser políticos e
dando sugestões depois de lerem. Era não inteligente. não idiotas. Segundo Aristóteles, o homem é um animal
isso mesmo que queríamos, a partici- político, pois raciona, fala e interage, ou seja, nós
pação do nosso leitor para nos ajudar a Mas qual é o verdadeiro signicado de tais termos? O constantemente fazemos política, pois somos integran-
fazer sempre o melhor. eminente lósofo brasileiro Mário Sérgio Cortella nos tes de uma organização social. Mas a política de que
ensina que a palavra idiota é originária da expressão fazemos uso constante não se restringe às liações
A alegria e até a emoção que vimos grega idiotés e era utilizada para designar aqueles que partidárias e disputas eleitorais. Ela é consequência da
nos olhos do Dr. José Monteiro e da não participavam das diretrizes do Estado, ou seja, eram necessidade de ultrapassarmos o individualismo em
esposa, dona Vilma, ao receberem seu indiferentes aos interesses da coletividade e da socieda- direção ao coletivo, em que é primordial a participação
exemplar vendo a matéria que foi capa de em que estavam inseridos. Já a palavra político, de todos na vida do Estado, em todas as suas esferas,
do nosso jornal nos encheram de originária do grego politikon, representava aquele que Municipal, Estadual ou Federal, e em todos os seus
orgulho. tinha uma vida cívica e participativa da polis, da cidade. poderes, Executivo, Legislativo ou Judiciário.

Tudo isso, só faz aumentar a nossa Hoje tal concepção grega dos termos político e idiota Ser indiferente aos interesses da coletividade nos
responsabilidade de buscar melhorar sofreu uma inversão, ou seja, é idiota quem se interessa torna apolíticos, pois a nossa inércia também é uma
cada vez mais o nosso trabalho. A busca pela política. Seria essa inversão dos signicantes uma forma de participação política, apensar de negativa, qual
por matérias que correspondam à inocência, uma simples coincidência, ou pode ser uma seja, a de se submeter e de se responsabilizar pelas
conjuntura regional, com certeza, a cada cultura imposta pelos maus, que não tem escrúpulos e decisões que por outros serão tomadas e das quais decidi
edição despertará no nosso leitor, o nem ao mesmo se importam em serem estigmatizados de não fazer parte.
pertencimento a este veículo. larápios, para desestimular as boas pessoas de ingressa-
rem na política? Não sejamos idiotas, tanto no sentido Como nos ensina Dante de Aleghieri, na sua clássica
Ampliamos nosso raio de ação atual, para que não tenhamos ofendida a nossa inteligên- obra o Inferno de Dante, “no inferno os lugares mais
buscando notícias de outros municípios cia, quanto no sentido da antiguidade, para sermos quentes são reservados àqueles que escolheram a
que, pela história também tiveram politicamente atuantes, e consideramos como mais neutralidade em tempo de crise”. Assim, caro leitor,
origem na Vila do Príncipe. Comarcas razoável a segunda opção. sejamos políticos e não sejamos idiotas.
que durante o século XVIII, estiveram
ligadas à antiga Comarca de Sabará e A Constituição da República Federativa do Brasil Jalfer Filaretti
depois à Comarca do Serro Frio, na tem como um dos fundamentos do Estado Democrático
região da Serra do Espinhaço. de Direito de que todo o poder Policial Federal, graduado em Direto, graduando em História
emana do povo, exercido por e pós-graduando em Filosoa Contemporânea.
Nessa edição abraçaremos aos meio de seus representantes. A
poucos os municípios que fazem parte Carta Magna é límpida ao dizer
da região a quem de fato pertence o poder
estatal – ao povo. Isso mesmo
Informar, orientar, interpretar e caro leitor, pertence a você!
entreter toda essa região que é berço de Vivenciamos o oposto. Somos
grande parte da história de nosso Estado massacrados por uma carga
e de personalidades que ajudam a tributária astronômica, em que
construir a história do Brasil é o nosso praticamente a metade de tudo o
desao. que produzimos anualmente é
destinado para um Estado
Neste canal aberto, abordaremos burocrático, corrupto e ineci-
regionalmente nossos acontecimentos, ente, onde o interesse privado
notícias, eventos, cultura, tradições e prevalece sobre o público, numa
nossa rica história. História essa, que clara demonstração de que
com fé em Deus e muita seriedade, ainda somos vítimas de uma
também faremos parte. administração patrimonialista.

Geraldo Ribeiro
Diretor

(31) 97183-5457
(31) 98534-5153

EXPEDIENTE ERRATA

jornal Erramos no título da matéria publicada na A SUA SOLUÇÃO
última página, da edição “00”, do Vila do EM TRATAMENTOS
VILA D PRÍNCIPE Príncipe, assinada por Romulo Sabarense. ODONTOLÓGICOS

Diretor: O certo é: “CONHEÇA QUEM TU Missão Visão Valores
Geraldo Ribeiro ATENDES E EU DIREI QUEM TU
ÉS!” e não Conheça com quem tu andas e Oferecer aos pacientes Ser referência no atendimento Ética, Compromisso,
Diretor de Jornalismo: eu direi quem tu és. tratamentos de qualidade, odontológico proporcionando Profissionalismo,
Marcelo Devanir (MG 04227 JP) inovadores, especializados;
ERRATA garantindo a saúde, beleza tratamentos modernos, Capacitação Profissional,
Revisão: e bem estar do seu sorriso. rápidos e aliados à técnicas e Honestidade e
Franklin Moreira (Jornalista – Reg. 14.979) Esse jornalista errou ao atribuir ao Transparência.
vereador João Robson de Abreu Passos, na materiais atuais.
Diagramação: Isaac Abraão Silva matéria “Audiência Pública pela segurança
do Serro”, na página 11, da Edição Especial VENHA NOS CONHECER
Colaboradores: (número 00) do “Vila do Príncipe”, as
Jalfer Filaretti - Policial Federal, graduado em declarações de que a transformação da (38) 3541-1632 (38) 98811-5547
Direto, graduando em História e pós-graduando em Cadeia Pública em presídio, iria aumentar
Filosoa Contemporânea, Amanda Guerra - as vendas do comércio da cidade, com a Rua Dr. Fernando Vasconcelos, 168C, Centro, Serro - MG
Jornalista, Maíra Buarque - Jornalista vinda de aproximadamente quatro mil
pessoas, entre funcionários e familiares da
Comercial: Tel: (31) 99898-7990 SEAP. Tal declaração foi feita sim, pelo
Comercial: Tel: (38) 99950-9794 vereador Paulo de Tarso Reis Araújo, mas
E-mail: [email protected] com as seguintes palavras: “aproximada-
mente 25 agentes virão para cidade, com
Redação: [email protected] um salário de quatro mil reais, fazendo
movimentar a economia do Serro”.
Jornal Vila do Príncipe é uma publicação da SMC
Comunicação Ltda-ME, CNPJ 04. 906.556/0001-00 - Rua Pedimos desculpas aos vereadores, a seus
Monsenhor Horta 376-A - Nova Vista - Sabará-MG. eleitores e, aos nossos leitores pelos erros,
As opiniões e conceitos emitidos em artigos assinados, com o compromisso de que tudo será feito
mesmo que sob pseudônimo, podem não representar o para que tais erros não se repitam nas
pensamento da direção e dos editores deste jornal. próximas edições.

Tiragem: Marcelo Devanir (Reg. MG 04227 JP).
10.000 exemplares - Distribuição gratuita.

SERRO • MARÇO / 2017 «3

UMA TRAJETÓRIA DE PERSEVERANÇA
E OBJETIVOS ALCANÇADOS

Quem for ao prédio do Tribunal de jamais deixou de estudar. Concluiu o Em setembro de 1983, foi transferido para Desembargador Armando Freire,
Justiça, na Avenida Afonso Pena 4001, 11º curso clássico no Colégio Marconi em Conceição do Mato Dentro onde cou por a esposa Laene Oliveira Lopes Freire e a neta;
andar vai encontrar ao lado da porta de belo Horizonte. Mas, garante que através um ano. Em outubro de 1984, foi promo-
uma das salas uma placa com os dizeres: do futebol fez grandes amizades que vido para Diamantina lá cando até Dr. Alvim Jacob Saad, então Promotor de
“Desembargador Armando Freire – 1ª preserva até hoje. Até hoje joga suas setembro de 1988, quando foi para belo Justiça, os seus fundadores.
Câmara Civil”. peladas duas vezes na semana. Horizonte.
A esposa Laene Oliveira Lopes Freire,
É lá que esse serrano nascido em 25 de Lembrança do jogo realizado no Serro, no dia 05/11/1967 A partir daí foi juiz da 1ª Vara de nascida em Coluna, ele conheceu no Serro
fevereiro de 1950 exerce a função de Spartar 2 X V.S.E.C 1 Família por seis anos, assumindo depois a onde ela estudava em colégio interno. Mas
magistrado todos os dias. 22ª. ela se identicou tanto com a cidade que
Barão, Esual, Cici, Hélcio, Eurico, hoje tem o título de Cidadã Honorária e
Lembrança do jogo realizado no Serro, no dia 05/11/1967 Maçoca, Fernando, Rogério (em pé) Vara Civil e, em junho de 1998 foi chegou a ser presidente da Associação dos
Spartar 2 X V.S.E.C 1 - Armando, Esual, Barbeirinho Paulinho, Délson, Paulista, Armando, Barbeirinho promovido para o Tribunal de Alçada, Serranos e Amigos do Serro. O casal tem
onde cou até 2004. três lhos:Ana Carolina, Daniel e Natália.
O início Fez o primeiro vestibular unicado no
nal de 1969, indo cursar Direito na Quando foi para o Tribunal de Justiça
Armando Freire nasceu na Rua São UFMG onde se formou em dezembro de cou um ano na 1ª Câmara Criminal, onde
José, bem na área central do Serro, em 1974. foi inclusive presidente. Desde 2005 está
uma casa que já não existe mais. Filho de na 1ª Câmara Civil onde também foi
Geraldo Azevedo Freire e Maria das Na época era funcionário concursado presidente até fevereiro desse ano.
Dores Magalhães Freire, deixou sua da SUSEP, uma autarquia federal. Mas ele
cidade natal pela primeira vez em 1961, queria exercer a advocacia e por isso As lembranças
com 11 anos, para estudar no seminário resolveu voltar para o Serro onde
em Diamantina. Ficou por lá pouco mais começou a trabalhar na sua nova pros- Mas quando fala do Serro esse
de um ano fazendo o curso de admissão, são, o que fez entre 1975 até metade de Desembargador querido e respeitado por
que na época era um preparatório para o 1978. todos que com ele convivem, mostra todo
ginásio. De volta ao Serro foi estudar no o seu lado bem mineiro de quem viveu em
ginásio da cidade que na época passava O sonho uma cidade histórica e tranquila.
por uma grande reformulação, sob a
direção do Padre Geraldo do Nascimento A vontade de fazer um concurso para a “No Serro, aprendi a conviver, com
Lúcio. Em 1965, já formado, foi para Belo magistratura foi crescendo e ele resolveu respeito, com a família, a tratar bem as
Horizonte para dar continuidade aos voltar para Belo Horizonte e se preparar pessoas mais velhas e em todos os níveis
estudos. para isso. Nesse tempo aceitou o convite sociais. Chego ao Serro hoje e sou sempre
de um amigo e foi exercer a advocacia em bem recebido. É o legado que minha
Como gostava muito de futebol Presidente Olegário. Ele morava em Patos adolescência nessa cidade me deixou”,
acabou indo parar no América, levado de Minas e ia diariamente para a cidade diz o DesembargadorArmando Freire.
pelo diretor do clube Hélio Brasil. Com 15 vizinha para trabalhar. A distância era
anos, treinou naquele time por seis meses, pequena e ele usava seu fusca para o Ele lembra ainda que no Serro viveu a
indo depois para o Atlético onde cou até trajeto. Lembra que a estrada era de terra e melhor fase de sua vida, guardando
o início de 1968. Chegou a disputar o numa dessas viagens sofreu um acidente. lembranças da época de ginásio e da praça
campeonato mineiro de 1968 pelo Assustado decidiu deixar o emprego e de esportes. Alias sobre o ginásio o
Independente de Uberaba. Mas, depois de retornar para Belo Horizonte. Desembargador faz questão de lembrar
um contusão no ombro, decidiu abando- que foi seu pai, Geraldo Azevedo Freire,
nar o futebol prossional para se dedicar Recebeu então um convite, em 1979, junto com o padre Celso, Senhor Newton
exclusivamente aos estudos. É bom para trabalhar no Banco de Desenvolvi- Vasconcelos, Dr. Feiz Nagib Bahamed e o
lembrar que mesmo jogando futebol mento de Minas Gerais – BDMG, e voltou
a se preparar para o concurso para a
magistratura. Foram dois anos de preparo.

A realização

No nal de 1980 foi aprovado e
assumiu a magistratura em 29 de junho de
1981, sendo designado para a comarca de
Conceição do Rio Verde, no sul de Minas.

APARTAMENTOS
Wi- • TV • Frigobar • Ventilador de teto

RecantoPPOOUUSSAADDAA RJFEÁASÇSEAURAVA ÁREA DE LAZER
Piscina • Churrasqueira
Pedads ras ESTACIONAMENTO GRATUITO

SÃO GONÇALO DO
RIO DAS PEDRAS - MG

www.pousadarecantodaspedras.com

(38) 3541-6023 | (38) 9.8847-3826 | (31) 9.9549-8947

4» JORNAL VILA D PRÍNCIPE

Um novo tempo para

Conceição do Mato Dentro

José Fernando e Ivete Otonni, de singular importância em Pres. da Câmara Municipal de CMD, João Marcos;
Prefeito e Vice-prefeita seus outros mandatos. Destaca- Pres. do tribunal de Justiça-MG, Desembargador Herbert Carneiro;
se o asfaltamento de Conceição Governador de Minas, Fernando Pimentel e
José Fernando Aparecido de Oliveira é, à capital Belo Horizonte, o Pref. de CMD, José Fernando Aparecido de Oliveira
pela terceira vez, o prefeito eleito de conquista que beneciou não só
Conceição do Mato Dentro. Com uma a cidade, mas toda a região. Sua gestão pretende trabalhar o a expectativa de sua contribuição é grande,
eleição acirrada, mostrou sua força e Além disso, zeram parte dos Turismo com o intuito de gerar emprego e tendo em vista que nunca se discutiu tanto
preparo adquirido nos últimos anos, em sua seus feitos a construção da renda, colocando Conceição novamente no sobre temas como o feminismo , a socieda-
trajetória política e acadêmica. Sua gestão Policlínica Municipal, das roteiro turístico dos viajantes, após um de patriarcal e a igualdade de gêneros.
tem sido marcada pela cautela com o primeiras casas populares, o período de recuo devido à chegada da
recurso público. Já no início, optou por Mercado Municipal, a mineração. Zé Fernando revela também A proximidade com a população é uma
priorizar o pagamento da dívida da Biblioteca Pública, além da sua que, a outra grande prioridade de sua gestão característica forte de Zé Fernando. Desde
Prefeitura Municipal com fornecedores e atenção especial às áreas da cultura, esporte serão as obras de infraestrutura, considera- o início do mandato, atende as pessoas em
com o INSS, cuja previsão de quitação total e principalmente o desenvolvimento do das de necessidade básica para a popula- seu gabinete num dia especíco para isso.
seria ainda no primeiro semestre. Turismo. ção. Além disso, realiza visitas às obras
públicas para acompanhar de perto o
José Fernando deixou um grande Zé Fernando volta agora mais experien- Com menos de três meses à frente da desenvolvimento das mesmas, nas casas
legado no município, tendo realizado obras te e objetiva transformar Conceição do Prefeitura, a atual gestão já mostra suas das pessoas e nos distritos. “Ainda não
Mato Dentro em um pólo regional, através movimentações em busca do desenvolvi- houve tempo para visitar todos os lugares
da construção de equipamentos públicos mento do município. “Várias reuniões vêm que gostaria, mas aos poucos vamos
como a implantação de um Hospital sendo realizadas para articular a viabiliza- conseguindo fazer tudo que é necessário”,
Regional e uma universidade, entre outras ção das grandes obras propostas pela nossa relata o prefeito.
obras. Segundo Zé Fernando, “Conceição administração. Já estivemos com o
já exerce um papel importante na região, Governador do Estado, com deputados, Seu desao será grande, pois a cidade
por sua localização geográca e por sua reitores de universidades federais, com o cresceu com a vinda da mineração e as
história; agora precisamos equipá-la para presidente da COHAB, com autoridades da demandas em todas as áreas se intensica-
que passe a ser uma referência efetiva”. área de segurança pública e educação, entre ram. Zé Fernando arma “sinto-me mais
outros encontros. Tudo isso para conseguir preparado do que nunca para administrar
parceiros para a construção de uma cidade Conceição do Mato Dentro. Hoje o
com mais oportunidades e estrutura”. município possui mais recursos, porém
possui também mais demandas. A respon-
Ivete Otoni, vice-prefeita, é um forte sabilidade é grande, e temos consciência
destaque da gestão atual. Com participação disso. Sobretudo numa época de crise
ativa desde a campanha, tem se mostrado política, moral e econômica, precisamos
comprometida em trabalhar juntamente dar exemplo para honrarmos a honestidade
com Zé Fernando, assumindo responsabili- e o trabalho sério. É o que vamos fazer”.
dades importantes frente ao executivo.
Garantindo a representatividade da mulher, Amanda Guerra - ASCOM

PRESIDENTE DA ACHMG e Prefeito de Conceiçao do Mato Dentro,

n o v a s José Fernando Aparecido de Oliveira, VAI AO IEPHA EM BUSCA

parcerias DE parcerias para PROJETOS E CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

O presidente da Associação das Entre os muitos projetos da nova Da esquerda para a direita: José Fernando Aparecido de Oliveira, Presid. Da ACHMG; Michele Abreu
Cidades Históricas de Minas Gerais - diretoria da -ACHMG, estão a revitaliza- Arroyo, presid. do IEPHA-MG; Ramon Vieira Santos, Chefe de Gabinete do IEPHA e Ana Alcântara,
ACHMG, e prefeito de Conceição do ção da entidade, a qualicação do Secretária Executiva da ACHMG.
Mato Dentro, José Fernando Aparecido de receptivo turístico nas cidades históricas e
Oliveira, esteve reunido com a presidente as atividades conjuntas nos municípios. A
do IEPHA-MG, Michele Abreu Arroyo, Associação é composta por 30 cidades no
buscando parcerias para projetos e, total, abrangendo todas as regiões do
implantação de cursos de qualicação e Estado.
aperfeiçoamento dos agentes patrimoniais
das cidades associadas a - ACHMG. Na reunião realizada no dia 20 desse
mês na sede do IEPHA, também estiveram
José Fernando foi um dos fundadores presentes, Ramon Vieira Santos, Chefe de
da entidade em 2003, quando foi prefeito Gabinete do IEPHA e Ana Alcântara,
pela primeira vez de Conceição do Mato Secretária Executiva daACHMG.
Dentro.

SERRO • MARÇO / 2017 «5

JOSÉ APARECIDO DE OLIVEIRA

O MELHOR MINEIRO DO MUNDO

Em solenidade na noite de (20/03), na Filho de Conceição do Mato Solenidade de lançamento do livro Como Ministério da conseguiu, em três
Biblioteca Pública Luiz de Bessa, na Praça Dentro de novembro de 1989, que fosse assinado o
da Liberdade, em Belo Horizonte, foi Foi secretário particular do ex- Ato Constitutivo do Instituto Internacional
lançado o livro “José Aparecido de Oliveira José Aparecido de Oliveira nasceu em presidente Jânio Quadros, tornando-se da Língua Portuguesa abarcando países
- O Melhor Mineiro do Mundo”, organizado 17 de fevereiro de 1929, na cidade mineira depois deputado federal, eleito pela UDN - como Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau,
pelo jornalista Petrônio Souza Gonçalves. de Conceição do Mato Dentro, lho de União Democrática Nacional. Não concluiu Moçambique e São Tomé e Príncipe.
Modesto Justino de Oliveira Junior e Araci seu mandato, devido ao golpe militar de
O livro conta a história e trajetória de Pedrelina de Lima Oliveira. Fio casado com 1964. Voltou à Câmara de Deputados em Como embaixador do Brasil em
José Aparecido de Oliveira. “Lembrar José Maria Leonor Gonçalves com quem teve 1982. Portugal, José Aparecido apresentou a
Aparecido é falar de um dos maiores um casal de lhos: José Fernando aparecido proposta de criação da Comunidade dos
mineiros que a história conheceu. É falar de de Oliveira e Maria Cecília de Oliveira. Apoiou a candidatura de Tancredo Países de Língua Portuguesa (CPLP), que
ideologia e pioneirismo”, diz Petrônio. Neves, primeiro presidente eleito após a foi concretizada em junho de 1996
Iniciou os estudos primários em sua ditadura, que morreu antes de tomar posse. integrando todos os países em que o
A solenidade contou com a presença do cidade natal, concluindo-os no Grupo português é a língua ocial: Angola, Brasil,
Secretário Estadual de Cultura, Ângelo Escolar Monsenhor Pinheiro, em São João No governo José Sarney, é escolhido Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique,
Oswaldo; da ex-deputada federal Maria Evangelista (MG), do qual sua mãe era para governador de Brasília. Ocupou Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-
Elvira; do ex-prefeito de Ibirité, Antônio diretora. Cursou o secundário no Colégio também os cargos de ministro da Cultura e Leste.
Carlos Pinheiro, o Pinheirinho e do cantor e Salesiano Dom Bosco, em Araxá (MG), e embaixador do Brasil em Lisboa e seria
compositor Toninho Horta, entre outras no internato do Colégio Arquidiocesano de depois nomeado para substituir Fernando José Aparecido também exerceu o cargo
personalidades. Ouro Preto (MG). Transferindo-se depois Henrique Cardoso na pasta dos Negócios de assessor especial de relações internacio-
para Belo Horizonte, passou a se dedicar ao Estrangeiros, mas não chegou a tomar posse nais do governador de Minas Gerais, Itamar
José Fernando Aparecido de Oliveira, jornalismo como comentarista político do por razões de saúde. Franco, e presidiu a Fundação Oscar
prefeito de Conceição do Mato Dentro e jornal Informe Comercial. Foi aprovado no Niemeyer.
lho de José Aparecido, junto com o concurso para redator do Serviço de Como governador de Brasília, lutou
jornalista Petrônio Souza Gonçalves Radiodifusão do Estado de Minas Gerais, e pela preservação do solo e começou os Para o “Jornal Vila do Príncipe” é um
autografaram os livros que foram vendidos colaborou na Rádio Incondência e nos estudos para a construção do metrô. orgulho poder falar da homenagem prestada
no evento. Diários Associados. Construiu a cidade-satélite de Samambaia e a esse ilustre mineiro e poder contar em
o Jardim Botânico. Incentivou a cultura, poucas linhas a história do “Melhor
Jornalista Petrônio Souza Gonçalves; Pref. José Fernando José Aparecido de Oliveira faleceu em proporcionando a realização de diversos Mineiro do Mundo”.
Aparecido de Oliveira, e Sec. Est. de Cult. Ângelo Oswaldo 19 de outubro de 2007, em Belo Horizonte, espetáculos.
vítima de insuciência respiratória. Quem desejar comprar o livro, deve
José Fernando disse que a obra é mais Sua visão futurista proporcionou a ligar para o telefone (31) 99239-2621. O
uma homenagem que seu pai recebe, Caminhada Política construção de monumentos públicos, a valor é R$ 120,00, e a pessoa receberá o
mesmo não estando mais entre nós. “Ler o exemplo do Panteão da Pátria, Pira da livro em casa.
que está nessas páginas é relembrar uma Filiado à União Democrática Nacional Pátria, Museu de Arte de Brasília, Memorial
história de muito amor e trabalho por Minas (UDN), foi redator político do Correio do dos Povos Indígenas e dos espaços Oscar
e pelo Brasil”, concluiu ele. Dia, jornal daquele partido, em Belo Niemeyer e Lúcio Costa.
Horizonte, tendo assinado artigos que
dirigiam severas críticas a Juscelino
Kubitschek, governador de Minas Gerais de
1951 a 1955. Durante esse período
participou ativamente do Sindicato dos
Jornalistas Prossionais de Minas Gerais e
da Associação Mineira de Imprensa, tendo
representado o Brasil no I Congresso
Mundial de Jornalistas, realizado no Chile
em 1953.

Pref. José Fernando e a sua Assessora de Dona Leonor de Oliveira, esposa de José Aparecido Cantor e compositor Toninho Horta e o Jornalista Petrônio Souza Gonçalves; Pref. José Fernando
Comunicação Amanda Guerra e o pref. José Fernando Aparecido de Oliveira jornalista Petrônio Souza Gonçalves e seu lho José Fernando Aparecido de Oliveira Filho.

Rosara de Oliveira; Dona Leonor de Oliveira e Pref. José Fernando; Vice-prefeita Ivete Otoni e o Ex deputada Maria Elvira e a Assessora de Autógrafos
Maria Cecília Aparecido de Oliveira jornalista Petrônio Souza Gonçalves Comunicação da Pref. De CMD Amanda Guerra

Pref. José Fernando e seu lho
José Fernando Aparecido de Oliveira Filho.

6 » JORNAL VILA D PRÍNCIPE

A HISTÓRIA DE UM HOMEM QUE FEZ O QUE
OUTROS NÃO TIVERAM CORAGEM DE FAZER

Walderez Ribeiro de Miranda naquela época ele e os irmãos já tinham quantidade determinada do combustível e coisas da cidade. Para ele os jovens
um grande comércio no Serro, abastecen- assim eram negociadas. Walderez lembra serranos têm mais vontade de divulgar e
Ele nasceu no dia 18 de abril de 1928, do cidades vizinhas com macarrão, que decidiu que era hora de mudar isso e mostrar a cidade e, o Serro tem muito que
no Serro, lho de Adelardo Ribeiro de açúcar, queijo e cachaça ele comprou uma introduziu na cidade a primeira bomba de mostrar. “É minha terra natal e eu gosto
Miranda e Nathalia Nunes de Miranda. boa quantidade de macarrão que, por ser gasolina elétrica. Lembra também que às muito daqui”, completa ele.
direto na fábrica acabou saindo por preço vezes tinha que fabricar peças para o
Foi casado com Geny Pires de bem abaixo do que costumava comprar caminhão ou alguma máquina que usava A casa do senhor Walderez é como seu
Miranda com quem teve oito lhos: para revender. Aproveitou e também na fazenda ou no comércio e tinha que ir a coração, aberta. Durante o tempo que
Walderez Filho, Epaminondas (Nondas), comprou açúcar. Belo Horizonte procurar um torneiro para estive lá, fazendo essa entrevista,
Adelardo Neto, Marina, Nathalia, Geny, isso. Viu aí a possibilidade de diminuir aproximadamente uma hora e meia, mais
José Walter e Wander. Lembra que tropas de comerciantes seus gastos e ganhar dinheiro. Comprou de 15 pessoas entraram e saíram dela. A
vinham de Sabinópolis e São Pedro com um torno mecânico e trouxe para o Serro. porta está sempre aberta e as pessoas têm
Esse é Walderez Ribeiro de Miranda, mercadorias que seriam levadas para o Mas de nada adiantava ter a máquina se lá uma extensão de suas casas. Ele diz que
comerciante e serrano de coração, com comércio de Diamantina e quando não tivesse quem operá-la. Lembrou- se isso é mais por causa da esposa falecida.
muitas histórias pra contar. Com uma chegavam ao Serro, ele e o irmão arrema- do torneiro que fazia as peças para ele na “Ela foi criada na fazenda e lá era assim,
sensibilidade e amor nas palavras, tavam todo o estoque dos tropeiros capital e resolveu contratá-lo, trazendo-o um entra e sai danado. Quando viemos
principalmente quando fala da esposa, evitando assim que a mercadoria chegasse para o Serro. O que facilitou a vinda desse para cá ela manteve a tradição. São
falecida há 10 meses. por meio deles em Diamantina. torneiro é que ele era lho de Conceição pessoas amigas nossas que vêm dos
do Mato Dentro. distritos e de outras cidades para compras
O senhor Walderez começou o Caberia então a Walderez e o irmão ou tratamento de saúde no Serro e, passam
ginasial em Diamantina, onde fez a José Oswaldo a venda desses produtos Distante da política aqui para tomar um lanche, almoçar e até
primeira série. Depois se transferiu para o naquela cidade. jantar. Minha porta sempre esteve, está e
ginásio do Serro onde terminou os Pai do último ex-prefeito do Serro, estará aberta para receber as pessoas de
estudos. Dessa forma o negócio foi crescendo e Epaminondas de Miranda ou simplesmen- bem, nossas amigas. Uma herança que
hoje Walderez é lembrado como o te Nondas como é conhecido, o senhor minha esposa deixou e, vou honrar”.
Trajetória no comércio precursor do comércio no Serro. Walderez, nunca se envolveu com
política. Ele diz que quando Nondas se Geny Pires de Miranda
Muito cedo começou sua trajetória no As viagens por estradas de candidatou a prefeito a mãe, dona Geny,
comércio. Tão logo deixou o ginásio o terra e lama não queria e tentou de todas as formas Aliás, é quando fala da esposa que o
irmão mais velho, José Oswaldo de fazê-lo desistir, mas não conseguiu. No senhor Walderez se emociona e mostra
Miranda, o convidou para juntos, abrirem Ele lembra com orgulho e saudade das dia da eleição ela se negou a ir votar, fato toda a sensibilidade que tem. Ele diz que
um depósito de queijo em Belo Horizonte. viagens que fazia à Diamantina, dirigindo esse conrmado pelo próprio Nondas. só não é totalmente feliz porque ela não
Ele lembra que falou a José Oswaldo que seu caminhão cheio de mercadorias para Mas o senhor Walderez disse que apoiou o está mais com ele. “Ela era minha
não tinha dinheiro para investir, mas que serem comercializadas. lho para que ele pudesse viver novas companheira, incentivadora, amante e
daria um jeito. E foi o pai Adelardo, na experiências. No nal do mandato, amiga. Meu braço direito”. Dona Geny
época coletor, quem o ajudou nanceira- As vendas de queijo e cachaça para o Nondas teve a aprovação do pai e da mãe Pires de Miranda faleceu há dez meses e,
mente. Como não podiam car por conta Rio de Janeiro e São Paulo, com o passar que consideraram sua gestão muito boa. ao falar dela o senhor Walderez chora
só do depósito, pois tinham que cuidar de do tempo foram aumentando. Apesar das Ele diz que a única coisa que o lho fez de copiosamente.
outras atividades comerciais, foi outro diculdades de transporte, pois grande errado foi se candidatar a prefeito, mas
irmão, Hélio Brasil de Miranda, quem parte das estradas era de terra e, no que no nal deu certo. Mas ele termina essa entrevista
cou responsável por ele. período de chuva cava quase intransitá- dizendo: “Não me queixo da vida”.
veis, ele disse que eram desaos a serem Uma vida pelo Serro
Ficou para Walderez a missão de vencidos para o sucesso do empreendi-
vender o queijo que fabricavam nas mento. “Sempre quis fazer no Serro o que
cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. todo mundo achava que tinha que ser
Visão para novos negócios feito, mas não fazia, e eu z”, lembra o
Ele conta que numa dessas viagens à senhor Walderez.
São Paulo, foi incumbido por um serrano Naquela época gasolina no Serro era
de levar uma carta à casa de um conde em vendida em latas. Cada uma tinha uma Ele vê a população do Serro um pouco
São Paulo. Quando lá chegou descobriu acomodada quando se trata de divulgar as
que ele era na verdade um grande
industrial que fabricava macarrão. Como Walderez Ribeiro e esposa Geny de Miranda

Pousada (38) 3541-1949

SERRANA Travessa Magalhães, 55 - Centro - Serro - MG

SERRO • MARÇO / 2017 «7

CARNAVAL SHOW DE ALEGRIA E ORGANIZAÇÃO
NO SERRO

O carnaval no Serro em 2017, como fantasias e um ambiente bem infantil; bateria

dizem os mineiros, “foi bão dimais da Mirim do Bloco Vai Quem Quer; Barração; as

conta, sô”. tradicionais marchinhas em um ambiente

Não só na Praça João Pinheiro, na para a família e a melhor idade com a
sede, como também nos distritos a Charanga Elétrica; Bloco Gustavo Maguá;
programação, a alegria, e diversão DJ Theu e a Banda Circuito.

agradaram a todos que lá estiveram. A polícia militar, sob o comando do

Nos distritos de Três Barras, Milho Tenente Júlio Cesar recebeu aumento do seu

Verde, São Gonçalo, Pedro Lessa e efetivo com policiais de cidades vizinhas.

Mato Grosso, as áreas de camping, Juntos com policiais civis comandados pelo

bares e muita natureza foram o refúgio delegado Flávio Vinícius Martins de Castro,

para aqueles que preferem mais Prefeito Guilherme Simões levaram tranquilidade ao folião que queria

tranquilidade. apenas se divertir.

Na Praça João Pinheiro as apresen- Toda a estrutura de atendimento médico, segurança e
tações do “Uh Bloco”, “Bartucada”, limpeza também funcionaram conforme o planejado.

“Aline Calixto e seu tradicional Bloco, De acordo com números da polícia militar aproxima-

direto de BH”, foram ponto alto das damente 14 mil pessoas curtiram o carnaval no Serro nos
atrações. Destaque também para a quatro dias de folia.

alegria levada pelos DJs Papão e Parabéns ao prefeito Guilherme Simões, sua Secretária

Secretária do Turismo, Palmito; Maria Clara e Mariana que do Turismo, Grizielle Cristina Campos e a toda equipe da
Grizielle Cristina Campos.
Foto: Ascom. animaram a criançada com shows, prefeitura pela belíssima festa.

BOA MÚSICA E RICA PAISAGEM

O Serro espera por você! mesas e pratos típicos mineiros, em especial o Maíra Buarque – Comunicação,design e Fotograa
tradicional Queijo do Serro.
Imagine-se em um cenário construído em
300 anos de história. Imagine-se cercado por A Bolerata foi criada no ano 2002, e
sobrados que contam opulência e vida apresenta boleros e serenatas em um encontro
cotidiana. Ao longe, uma pequena capela em impar que usa as sacadas do casario colonial
homenagem a Santa Rita coroa a escadaria de do centro histórico da cidade como palco e
pedras, com 54 degraus. Nas sacadas e janelas assim inverte o esquema das apresentações
ao redor, a simplicidade e harmonia dos tradicionais, o palco contorna o público que se
toques da Banda Santíssimo Sacramento posiciona no centro do espetáculo juntamente
dispensam sosticações e instigam à com o maestro, ilhados pela música da banda
embriagante sensação da melodia que centenária e pelo cenário peculiar provocado
surpreende e ecoam pelos becos, ruas e ruelas pela ousadia inventiva dos construtores desta
adormecidos pelos mais de 300 anos de ouro, terra, um convite a percorrer o caminho entre
histórias e grandes personagens. o erudito e o popular. Sua origem, remonta aos
idos de 1990, a um Encontro de Bandas
Esta é a Bolerata, uma das mais emocio- realizado no Serro, quando dezenas de grupos
nantes criações culturais do Serro, registrada musicais ocuparam todas as sacadas da Praça
e executada pela Associação Serrana, com João Pinheiro, com toques de Bandas de
data marcada para apresentação no dia 21 de Músicas e emocionaram o publico presente.
abril de 2017. Esta edição conta com a
parceria da Prefeitura Municipal do Serro, Associação Serrana
Associação dos Amigos do Serro-AASER e
Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro- A Associação Serrana (SERROTUR) é
CooperSerro e o apoio do Museu Regional uma organização civil sem ns lucrativos,
Casa dos Otoni e Saturno Som. O espetáculo fundada em 2001 pela integração de pessoas
dura em média uma hora e meia. O repertório físicas, jurídicas e entidades ligadas ao
executado vai do erudito ao popular, desde turismo da cidade do Serro. Desde sua
obras mais conhecidas como fanfarras a peças fundação, a Associação desenvolve e fomenta
clássicas e boleros. a prática das atividades turísticas e culturais
na região com o apoio, patrocínio e realização
A cidade do Serro encanta pela imateriali- de eventos que incluam Serro e região na
dade rica e expressiva de sua cultura, pelo dinâmica econômica do turismo no Estado de
simples e autêntico patrimônio edicado, pela Minas Gerais: Bolerata, Projeto Portas
hospitalidade de seus habitantes e também Abertas - educação patrimonial e atendimento
pela musicalidade. Enquanto a banda ao turista, restauração e apoio às iniciativas de
preenche casarões e cidade de música, o conservação de bens móveis.
público desfruta ainda de espaço reservado
para dança, bebidas quentes servidas nas Maira Buarque

Restaurante Tel. (38) 3541-1030

VILA DO PRÍNCIPE Rua Antônio Honório Pires, 11 - Centro - Serro - MG

SABOR E QUALIDADE

8 » JORNAL VILA D PRÍNCIPE

ADMINISTRANDO PARA HONRAR O NOME DO PAI

Há três meses como prefeito de Santo físicas acompanhadas por instrutores. João Antônio Baracho Junior
Antônio do Itambé, João Antônio Baracho Passam por avaliação física para que se Pref. de Stº Antº do Itambé
Júnior ou Joãozinho Baracho como é possa denir que tipo de atividade pode
conhecido, já tem o que mostrar. fazer além de terem todo tratamento de Cachoeiras, o cartão postal
saúde à disposição. de Santo Antônio do Itambé
Saúde
Secretariado
Na área de saúde ele está adaptando o
laboratório existente para aumentar o O prefeito Joãozinho Baracho fez
número de exames. O posto de saúde questão de ressaltar que esse trabalho só
passou a funcionar a partir das sete horas, vem sendo possível graças ao seu
inclusive a farmácia. Na área de exames secretariado.
fez contrato para o serviço de Endoscopia.
“Fiz questão de escolher meus
Contratou para o posto de saúde, um secretários pela capacidade e não
pediatra, um ginecologista e mais dois politicamente. São pessoas competentes
médicos concursados, um médico no que fazem, facilitando o meu traba-
especializado em pequenas cirurgias. lho”.

Fez contrato com o SISAGE, aumen- Joãozinho Baracho disse que quer
tando o número de exames especializados fazer uma administração para honrar o
em Diamantina. pai, João Antônio Baracho, que foi
prefeito de Santo Antônio do Itambé por
Conseguiu junto ao hospital duas vezes.
Luxemburgo, em Belo Horizonte, exames
para oncologia, a preços reduzidos. 9º Campeonato Intermunicipal
de Santo Antônio do Itambé
Educação
Teve início no dia 23 desse mês o 9º
Na área da educação está implantando campeonato Intermunicipal de Santo
o plano decenal com crianças de quatro a Antônio do Itambé.
cinco anos nas escolas.
São 17 equipes disputando competi-
Mantém 16 linhas de transporte ções da primeira e segunda divisão.
escolar na área rural, sendo 11 delas
terceirizadas e cinco da própria prefeitura. Além do município sede, Serro, Serra
Azul de Minas, Presidente Kubistchek,
Esses veículos são constantemente São Gonçalo do Rio das Pedras e outros
vistoriados e scalizados dando maior Distritos e Comunidades Rurais, partici-
segurança aos estudantes transportados. pam do evento.

Manutenção está sendo feita também Os jogos estão sendo disputados aos
nas estradas que servem a esse tipo de sábados e domingos, sempre às 13 horas
transporte. no Estádio Municipal Rio Branco. A
entrada é franca.
Obras
Santo Antônio do Itambé -
A prefeitura vem fazendo um levanta- Cidade das Águas
mento para fazer a manutenção das
estradas que servem ao município, Por ser a vertente de três das principais
garantindo assim tranquilidade e seguran- bacias hidrográcas do estado: as Bacias
ça aos usuários. do São Francisco, do Jequitinhonha e do
Rio Doce, toda a cadeia de elevações que
Ações sociais cercam o Município, tornam-se de suma
importância para Minas Gerais.
Nessa área a prefeitura vem fazendo
uma pesquisa junto a toda população da Esta posição geográca privilegiada e
sede e dos distritos, para se saber as reais o fato de ser a porta de entrada para o
necessidades do Itambeano. Parque estadual do Pico do Itambé fazem
do município um destino perfeito para os
De posse desses dados será possível adeptos do Ecoturismo e apaixonados por
priorizar as ações e obras. belas cachoeiras! Informações: Secretaria
Municipal de Turismo: (33) 3428-1223.
Terceira idade

Os idosos também ganham mais
atenção do executivo.

Atualmente são atendidas 140 pessoas
da terceira idade. Elas têm atividades

Tereza de Jesus Oliveira Registros de:
• Nascimento,
Oficial • Óbito,
• Casamento,
Rua Pe. Joviano, nº 41 - Rosário - Serro - MG • Contratos,
• Atas
FONE: (38) 3541-2486 • Estatutos.

SERRO • MARÇO / 2017 «9

SEAP JÁ ESTÁ NO SERRO

O Diretor-Geral do agora presídio do Serro, Sob nova Direção Da esquerda para a direita: Jorcien Victor Gomes; Prefeito De Serro Guilherme Simões;
Jorcien Victor Gomes, tranquiliza a população da Adjunto Márcio Antônio Paschoal e Wanderson Carlos Oliveira.
cidade armando que aqui carão apenas os O Diretor Geral do agora presidio do Serro, Foto: ASCOM
presos que já estão e aqueles que são do Serro, mas Jorcien Victor Gomes, tranquiliza a população da
estão em outros presídios. cidade armando que aqui carão apenas os
presos que já estão e aqueles que são do Serro, mas
Garante também que presos de alta periculo- estão em outros presídios.
sidade não serão trazidos para cá.
Garante também que presos de alta periculo-
A equipe da SEAP no Serro que tem ainda o sidade não serão trazidos para cá.
Diretor Adjunto Márcio Antônio Paschoal,
coordenador de Segurança Jeferson Aparecido A equipe da SEAP no Serro que tem ainda o
Cunha, Wanderson Carlos Oliveira, agente de Diretor Adjunto Márcio Antônio Paschoal, o
segurança penitenciária. Os servidores foram Coordenador de Segurança Jeferson Aparecido
recebidos pelo prefeito Guilherme Simões. Cunha, acompanhados de Wanderson Carlos
Oliveira, Agente de Segurança Penitenciária
A equipe da SEAP conta também em seu foram recebidos pelo prefeito Guilherme Simões.
corpo técnico com Médico, Psicólogo eAssistente
Social. O quadro estará completo nos próximos A equipe da SEAP conta também com Corpo
dias. Técnico com Médico, Psicólogo e Assistente
Social. O quadro estará completo nos próximos
A delegacia que deixou o prédio que ocupada dias.
para a instalação do presídio passará a funcionar
agora na Rua Sinval Lins 185. A delegacia que deixou o prédio que ocupada
para a instalação do presídio passa a funcionar
agora na Rua Sinval Lins 185.

RECURSOS PARA OBRAS CHEGAM AO
SERRO E REGIÃO PELAS MÃOS DE
EX-PREFEITO E VICE-PRESIDENTE
DA COPASA

O ex-prefeito do Serro, Farda de agente penitenário Farda de agente penitenciário feminino Novo uniforme dos presos
Epaminondas de Miranda, ou Nondas Foto: ASCOM Foto: ASCOM Foto: ASCOM
Miranda como é conhecido, e o vice-
presidente da COPASA, Júnior Da esquerda para a direita: “ISSO É UMA VERGONHA”
Miranda, conseguiram junto ao Vice-presidente da COPASA, Junior Miranda
governo de Minas a liberação de Ex-prefeito do Serro, Nondas Miranda
recursos para a obra de recapeamento
e sinalização no trecho da MG 259, Nondas e Júnior continuam
entre o Serro e a entrada de Tijucal. lutando pelo Serro e região, atentos às
suas demandas e se empenhando em
A obra que é uma antiga reivindi- atendê-las.
cação dos usuários do trecho teve os
trabalhos iniciados em março. A
operação tapa buracos já foi feita nos
trechos entre Datas/Serro; Serro/Serra
Azul e Serro/Alvorada de Minas.

Peço licença a Boris Casoy para usar operadoras eles sequer conseguem
seu jargão para classicar o que as informar o tempo que será preciso para
operadoras de telefonia e internet estão que o funcionamento volte se normalizar.
fazendo com o Serro.
Enquanto isso, empresas, comércio,
Basta uma chuvinha, alguns ventos, bancos, casa lotérica, hospital cam com
para que nenhum telefone celular, de seu funcionamento prejudicado.
nenhuma operadora e a internet
funcionem. E o pior, o turista que está visitando a
cidade ca abismado com a situação.
A cidade ca isolada por esse meio de
comunicação que é o mais usado nos dias Com a palavra as operadoras de
de hoje. telefonia móvel.

Ninguém explica porque isso Volto a repetir: “ISSO É UMA
acontece. Se ligar para uma das VERGONHA”.

Foi com grande alegria que recebi a notícia da Desejo muito sucesso ao novo jornal e, principal-
circulação do Jornal Vila do Príncipe. A mente, aos meus amigos serranos, que terão mais
região serrana, pela importância que tem, um espaço de divulgação de suas notícias, suas
merece um jornal de qualidade como este, que histórias e seu sucesso!
nasceu para ser um canal de comunicação isento,
imparcial e compromissado com a verdade. Deputado Alencar da Silveira Jr.

10 » JORNAL VILA D PRÍNCIPE

ALVORADA DE MINAS TEM NOVO PREFEITO

Vitor de Salvador – Pref. de Alvorada de Minas Cristiano José de Aguiar Em eleição realizada no último dia A antiga povoação foi elevada a
Vice Pref. de Alvorada de Minas 12, Vitor de Salvador, do Solidarieda- distrito em 1836 e depois, elevado à
de (SD) foi eleito prefeito tendo como freguesia em 1841.
vice-prefeito Cristiano José de Aguiar,
do Democratas (DEM) Rio do Peixe foi progredindo
lentamente e em 1962 foi emancipada,
Eles foram eleitos com 1.706 desmembrando-se do Serro e tornan-
votos, ou 57,13% dos votos válidos. do-se sede de município, com a atual
denominação de Alvorada de Minas.
Produtores rurais, Vitor e Cristiano Possui uma área de 374,9 km² e é
assumem a prefeitura de Alvorada de composto pela sede e o distrito de
Minas no próximo dia 31. Itapanhoacanga com um folclore rico
nas tradições de Bumba Meu Boi,
HISTÓRIA Folia de Reis e Marujada.

Alvorada de Minas tem uma O distrito foi um dos mais ricos
população estimada de 3.669 habitan- garimpos de ouro do Serro Frio.
tes, segundo dados do IBGE para
2016. TURISMO

Nos primeiros anos do século Alvorada de Minas é conhecida
XVIII, a povoação era denominada pelas históricas fazendas de produção
Santo Antônio do Rio do Peixe, ou do queijo do Serro. O clima, a pasta-
simplesmente Rio do Peixe. gem e o relevo ajudam na criação de
gado, atividade forte na região. Além
disso, o distrito de Itapanhoacanga é
rodeado de belas cachoeiras. O local
possui folclore rico nas tradições de
Bumba Meu Boi, Folia de Reis e
Marujada.

(38) 3541-1673

www.translocserro.com.br

SOLUÇÕES EM LOCAÇÃO PARA SUA CONSTRUÇÃO

VENDEMOS AREIA, BRITA E PEDRA

DO PISO AO TETO, O ENDEREÇO CERTO

Fones: Celulares:

(38) 3541-1091 (38) 99902-2284

(38) 3541-2710 (38) 98802-7420 R. Barão de Diamantina, 321
Centro - Serro - MG
E-mail: [email protected]

SERRO • MARÇO / 2017 « 11

CÂMARA DO SERRO SE REUNE E APROVA
PROJETOS LIBERANDO VERBAS PARA OBRAS

Em reunião realizada no último dia 15, a Câmara apresentada à prefeitura do Serro, para assinatura de
Municipal do Serro aprovou importante projeto para convênio visando a realização de projetos, assessoria
a cidade, que vai possibilitar a prefeitura realizar e captação de recursos. Um consórcio com rateio
obras na cidade. anual de R$ 70.000,00 (setenta mil reais) que visando
trazer grandes benefícios para o Serro.
A emenda aprovada para suplementação de
27,5% equivale a um valor de 11 milhões, 687 mil e Esse projeto já havia sido rejeitado pelos vereado-
500 reais. res em votação em primeiro turno e agora foi
aprovado por unanimidade com uma alteração: ao
O projeto 018 que pedia suplementação de 743 contrário quatro anos, ele valerá por apenas um ano.
mil, 654 reais e 99 centavos e, o projeto 019 que pedia
suplementação de 523 mil. 884 reais e um centavos, Os vereadores agiram dessa forma para poderem
num total de 1 milhão, 267 mil, 534 reais. avaliar o trabalho. Se ao nal desse prazo todos os
itens forem cumpridos satisfatoriamente, ele será
Somando-se os três valores temos 12 milhões, renovado.
687 mil e 500 reais que vão formar o orçamento do
Serro para 2017. Destaque nessa reunião para a presença da vice-
prefeita, Guilhermina Simões que foi acompanhar a
Na mesma reunião a responsável pela área de votação. A população do Serro que compareceu em
Projetos e Assessoria Jurídica da Associação Mineira grande número, inclusive participando das discus-
dos Municípios da Microrregião do Médio Espinhaço sões com espaço.
– AMME, Hilda Cintra, justicou a proposta

OBRAS DA RODOVIÁRIA DO SERRO Plano Diretor do Serro está
Prefeitura Municipal do Serro em fase de execução pela
39.150-000 - serro - minas gerais Fundação Israel Pinheiro

Cobrada pela população do Serro, a Ÿ Móveis e equipamentos básicos O Plano Diretor é um ordenamento Ÿ Em Três Barras, dia 27 de
entrega da nova rodoviária ainda vai para o funcionamento; de toda política pública envolvendo as março, às 17 horas, na Associa-
demorar. Em nota divulgada no dia cidades e o previsto na lei 10.257/01. ção Comunitária Unidos de Três
(23/03), a prefeitura explica as razões Ÿ Conclusão do projeto elétrico; No Serro, o documento está sendo Barras, na Rua São Geraldo, nº 9;
para a demora. Conra a íntegra dessa revisto e reescrito com tópicos impor-
nota: Ÿ Obtenção de licenças junto aos tantes da legislação urbanística, com Ÿ Em Milho Verde, dia 28 de
órgãos responsáveis; nova leitura técnica para a população na março, às 17 horas, no Centro
Dirigimos a comunidade serrana sede e cinco distritos. Cultural Comunitário de Milho
e região para fazer um pronuncia- O prazo necessário para conclusão Verde, na Rua Manuel Esperi-
mento a respeito do projeto de das obras é de, aproximadamente, A execução total é de oito meses com dião, s/nª;
construção para a futura rodoviária 90(noventa) dias. Com relação à um custo nal de 290 mil reais.
do Serro. ligação de energia e licenças, os Ÿ Em São Gonçalo do Rio das
prazos dependerão ainda de respostas Na primeira fase toda a cidade e Pedras, no dia 29 de março, às 17
Em vistoria local e análise dos dos órgãos competentes, sendo que as distritos estão mapeados. Depois os horas, na Associação Cultural e
projetos e planilhas da obra, o Depar- consultas já estão em andamento. dados são lidos em leituras comunitárias Comunitária de São Gonçalo-
tamento de Engenharia da Secretaria para as comunidades. Logo após são Sempre Viva, na Travessa do
de Obras de Serro concluiu que para Ainda este mês, o saldo a pagar realizadas as audiências públicas e em Rosário s/nº;
conclusão das obras de construção do referente a dívida feita pelo Município seguida o documento segue para
Terminal Rodoviário de Serro faltam junto ao Banco de Desenvolvimento aprovação na Câmara Municipal de Ÿ Em Mato Grosso no dia 03/04;
os seguintes serviços e providências: de Minas Gerais – BDMG, no valor de Serro. em Pedro Lessa no dia 04/04 e no
R$ 523.884,01 será quitado. O Projeto Serro no dia 05/04. Essas três
Ÿ Serviços de drenagem pluvial; de Lei Suplementando dotações para o últimas faltando conrmar dia e
pagamento da empresa responsável horário, quem serão anunciados
Ÿ Complementação da estrutura pela obra foi encaminhado para a pela prefeitura nos próximos dias.
da fachada; Câmara dos Vereadores dia 09 de
fevereiro de 2017 e votado em 15 de Fonte: ASCOM
Ÿ Serviços contra acidentes março de 2017, sendo aprovado por 06
naturais (para-raios), serviços (seis) a 04 (quatro).
contra incêndios e outros para
resguardar a segurança do Fonte: ASCOM
usuário

v Barzinho DSJ DROGARIA Supermercado
Central
Dodoia e Júnior SÃO JOSÉ
A ANOS COM VOCÊ
Desde 1987 trabalhando com você. MEDICAMENTOS E PERFUMARIA
Promoções todos os dias
Servimos Comida Caseira. TELE ENTREGA:
Atendimento e Preço
Fones: (38) 3541-1322 / (38) 99936-3137 (38) 3541-1102
TELE-ENTREGA
Rua Fernando Vasconcelos, 240 SERRO - MG
Centro - Serro - MG 3541-1545

AO LADO DO BANCO DO BRASIL
SERRO/MG

12 » JORNAL VILA D PRÍNCIPE

AMIGO DA REDAÇÃO Ele é gente muita boa. Bom papo, Lembro-me do dia em que o Beto e família
amigo, e um grande “contador de conhecemos. Estávamos lá naquela
Carlos Alberto Rabelo Pires causos”. De acordo com o dicionário mesa do Rancho Serrano quando ele
“Causo é uma história (representando chegou e se sentou ao lado com o amigo
fatos verídicos ou não), contada de Lucinho e, logo puxou conversa. De
forma engraçada, com objetivo lúdico”. repente se levantou, foi até seu carro
Muitas vezes apresentam-se com rimas, que estava parado ao lado e voltou com
trabalhando assim a sonoridade das um queijo (produzido na sua fazenda),
palavras. partiu ao meio, colocou metade na
nossa mesa e metade na mesa em que
Esse é o Carlos Alberto Rabelo Pires estava. Era o tira gosto (e gostoso) que
ou Beto de Xaxa como é conhecido, faltava. Daí em diante foi um papo
casado com Maria Coeli Simões Pires. descontraído, alegre, divertido. Parecia
que éramos amigos de longa data. E
À noite, sentados em uma mesa do esses papos se tornaram rotina.
Rancho Serrano tomando uma cerveji-
nha gelada, ouvimos os causos do Beto. Mas ele não é apenas um grande
E ele conta com tanta naturalidade que é contador de causos. Ao saber do nosso
difícil saber o que é fato mesmo e o que projeto, o “Jornal Vila do Príncipe”
é apenas folclore dos tempos de passou a nos incentivar e dar apoio.
adolescência no Serro. Nascia assim, uma grande amizade.

Mas não é apenas esse lado que fez Por isso Beto, você é nosso amigo, o
dele o “Amigo da Redação” dessa “Amigo da Redação” da Edição 01 do
edição. Vila do Príncipe.

Marcelo Devanir - MG 04227 JP

FESTA no serro

O Dr. José Monteiro, destaque na
nossa “Edição Especial 00” comemorou,
no último dia 27, noventa anos de idade.

Nós do “Jornal Vila do Príncipe”, nos
juntamos à população do Serro para
desejar a ele nossos votos de felicidades,
paz e saúde.

Esperamos poder continuar tendo
dele, todo apoio, incentivo e carinho que
tem dispensado ao nosso trabalho.

Dona Vilma, e família também
recebam nosso abraço.

Equipe do “Jornal Vila do Príncipe”.

4º ENCONTRO DE TRILHEIROS ATRAÇÕES MUSICAIS
E MOTOCICLISTAS AMIGOS
DE MILHO VERDE CHURRASCO

(R$ 20,00 P/ PESSOA + 1KG DE ALIMENTO)

22 DE ABRIL CERVEJA (3X 10,00)

NÃO PERCA! ESTAREMOS ARRECADANDO 1KG DE ALIMENTO
PARA DOAÇÃO PARA A CRECHE DE MILHO VERDE!!!

SEM QUERER, JÁ LEU! ANUNCIE

AQUI
jornal

VILA D PRÍNCIPE

(31) 99898-7990 informe-se!
(38) 99950-9794

[email protected]


Click to View FlipBook Version
Previous Book
Salmon Field Guide
Next Book
Incarnate: The Incredible Journey of Edward Mayus