The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.
Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by , 2017-03-07 13:10:07

Módulo III - A Entrada do GIR

Módulo III - A Entrada do GIR

Escola de Administração Penitenciária
“Dr. Luiz Camargo Wolfmann”

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICO-
PROFISSIONAL PARA ASP - 2015

MÓDULO III

A POSTURA DO ASP COM A ENTRADA
DO GRUPO DE INTERVENÇÃO RÁPIDA –

G.I.R. NA UNIDADE PRISIONAL

Saulo dos Santos Matos

RESOLUÇÃO SAP 155 de 19-06-2009

• Artigo 2º da SAP 155 o GIR atuará mediante autorização do respectivo
Coordenador e a CIR atuará mediante autorização conjunta do Diretor
da Unidade Prisional e do respectivo Coordenador para operações
como: revistas especiais em celas e demais dependências para
localização de armas de fogo, aparelhos de telefonia móvel celular,
drogas, outros objetos não permitidos e túneis; combate a
movimentos de indisciplina, revoltas, motins, rebeliões e tentativas
de fugas; remoção interna de presos e demais atividades dessa
natureza.

G.I.R.

“Parágrafo único- a atuação do GIR ou da
CIR será pautada pelo uso escalonado da
força, de maneira estritamente não letal,
com técnicas próprias e equipamentos
destinados especificamente a esse fim.”

Quando o grupamento adentra a unidade:

• Qualquer material ou objeto que possa ser usado para causar riscos à
segurança ou à integridade física de alguém, deverá ser retirado da
“radial” ou colocado em local seguro;

• Não entrar nos locais onde habitam os presos sem autorização e ou a
presença do Grupo.

• Não entrar na linha de visada de tiro, não permanecer na frente do
escudo ou qualquer equipamento do Grupo;

Na invasão do pavilhão

É PROIBIDA A ENTRADA DE SERVIDOR NA
TOMADA DO PAVILHÃO

DA REVISTA NAS CELAS E OUTROS LOCAIS

Não colocar objetos em locais que possam
comprometer a segurança ou integridade física, por

exemplo, deixar colchões ou sacos de resíduos
diversos em passagens, servindo de obstáculos,
deixar escadas ou utensílios de revista em local

impróprio.

NOS CASOS DE TUMULTO, MOTIM, REBELIÃO OU
CONFRONTO

Nos casos de ocorrência de tumulto, motim, rebelião
ou qualquer outro tipo de confronto com o
grupamento, estando os servidores no local, estes
deverão imediatamente se retirar para um local
seguro e longe da área de conflito.

DOS PROCEDIMENTOS COM CANIL

 Manter distância do cão operacional
(lembre-se que se trata de cão de guarda e
proteção).


Click to View FlipBook Version
Previous Book
msm2016annualreport
Next Book
Rudy Sams