The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.

Suplemento Newsletter GNR n.º 29 - junho

Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by dcrpinformacao, 2018-06-19 10:41:16

Suplemento Newsletter GNR n.º 29 - junho

Suplemento Newsletter GNR n.º 29 - junho

DIA DA GUARDA 9 DE MAIO

107.º ANIVERSÁRIO

A Guarda Nacional Republicana realizou,
no dia 9 de maio, uma cerimónia militar
comemorativa do seu 107.º aniversário,
na Praça do Império, em frente ao
Mosteiro dos Jerónimos, a qual foi
presidida pelo Ministro da Administração
Interna, Dr. Eduardo Cabrita e pelo
Comandante-Geral, Tenente-General
Manuel Mateus Costa da Silva Couto.
A parada militar, composta por militares e
meios, foi representativa das diversas
missões e valências da Instituição,
contando ainda com um pelotão da
EUROGENDFOR, que este ano está sob a
presidência da GNR.

.2

PRÉMIO AO VALOR ABNEGAÇÃO E ALTRUÍSMO

CAPITÃO JOÃO RODRIGUES,
DO COMANDO TERRITORIAL DE AVEIRO

Receberam o prémio porque, no dia 15 de outubro de apesar do fumo muito denso e da enorme
2017, movido de bravura, coragem e grande dedicação quantidade de matéria em combustão suspensa e
ao serviço da causa pública, socorreu das chamas um projetada no solo pelo forte vento, sob a forma de
casal de septuagenários e seu neto menor de idade, bolas de fogo, deparando-se com um vulto à deriva,
que se encontravam Estrada Nacional n.º 109, na decifrando, entretanto, três pessoas abraçadas Maria,
rotunda de acesso à A17, em Santo André - Vagos, Manuel e Edgar, incapazes de sair dali depois de
junto à zona industrial de Mira. abandonarem a viatura que já ardia na berma e que
O Capitão Rodrigues enquanto Comandante da Força por desespero se despediam uns dos outros, ao que
naquele teatro de operações, que foi palco dos o Capitão Rodrigues saiu da viatura que conduzia e
maiores incêndios que há registo em Território enfrentou aquelas bolas de fogo projetadas pelo
Nacional, naquele dia face ao evoluir das chamas quis vento, que lhe provocaram  queimaduras
acautelar a interdição de acesso à A17, na rotunda da superficiais e queimaram parte do tapete da viatura,
EN 109, e organizou e concretizou o encaminhamento subtraindo às chamas aqueles seres humanos,
dos muitos veículos automóveis para um parque a salvando-lhes a vida e encaminhando-os para o
500 metros da rotunda, na zona industrial de Mira. Já interior da viatura, com grande dificuldade dada a
naquele local aquando da verificação dos condutores sua fraca mobilidade levou estes para local seguro, o
colocou a hipótese de algum dos condutores ter Quartel dos Bombeiros Voluntários de Vagos,
ficado no local anterior – rotunda junto à zona seguidamente foram evacuados para Centro
industrial de Mira. O Capitão Rodrigues ordenou ao Hospitalar do Baixo Vouga, porque apresentavam
Cabo Vaz seu condutor, que ficasse ali junto aos queimaduras de 1.º e 2º grau.
condutores e deslocou-se com a viatura da GNR à dita O elevado profissionalismo, sentido de missão,
rotunda. Apesar de constatar no percurso que as coragem, desprezo pelo perigo, elevado espírito de
condições se tinham agravado, relegou para segundo sacrifício e de abnegação em favor de outros,
plano o facto de estar a caminho da incerteza e, demonstrado nesta ação, torna-o merecedor do
absorvido de coragem, frieza, desprezo pelo perigo e “Prémio ao Valor, Abnegação e Altruísmo”. 
sangue frio, irrompeu na direção daquela rotunda,

.3

PRÉMIO AO VALOR ABNEGAÇÃO E ALTRUÍSMO

CABO JOÃO ESTEVES
CABO AGOSTINHO FRUTUOSO

CABO BRUNO MATOS
GUARDA-PRINCIPAL NUNO GUILHERME
 GUARDA-PRINCIPAL PAULO MARQUES, 
DO COMANDO TERRITORIAL DE LISBOA

Receberam o prémio porque, no dia 15 de outubro Avaliada a situação, e quando já se encontravam
de 2017, com elevado profissionalismo, sentido de também rodeados pelo fogo, num ato de coragem e
missão e desprezo pelo perigo demonstrado, no puro altruísmo, pondo em risco a sua própria vida,
incansável auxílio prestado às populações de Vila de imediato tomaram medidas ao isolar as portas e
Franca do Rosário, na sequência dos vários janelas da residência com toalhas molhadas, e
Incêndios que fustigaram o concelho de Mafra, socorreram-se de uma simples mangueira de água
salvaram cinco idosos acamados numa casa envolta disponível no local, a fim de molhar todo o espaço
em chamas. envolvente, evitando assim a propagação do
Nesse dia, pelas 19:00 horas, deflagrou um foco de incêndio, o que permitiu socorrer e salvar aquelas
incêndio em Vila Franca do Rosário, tendo os vidas humanas.
militares identificados apoiado os populares a O elevado profissionalismo, sentido de missão,
debelar uma frente de fogo, com os parcos meios coragem, desprezo pelo perigo, elevado espírito de
disponíveis, face à ausência do apoio dos Bombeiros, sacrifício e de abnegação em favor de outros,
que se encontravam em outras frentes de incêndio. demonstrado nesta ação, torna-os merecedores do
Com o agravar das condições climatéricas, o fogo “Prémio ao Valor, Abnegação e Altruísmo”.
contornou os esforços dos populares e dos
elementos da GNR, mudando de direção e
colocando em risco várias habitações. Nesta altura,
os militares abordaram uma casa que se encontrava
em vias de ser cercada pelas chamas, tendo
constatado que o local era habitado por cinco
idosos acamados, e que não existia a possibilidade
de fazer em tempo útil, a sua evacuação.

.4

PRÉMIO AO VALOR ABNEGAÇÃO E ALTRUÍSMO

GUARDA PAULO JORGE FERREIRA,
DO COMANDO TERRITORIAL DO PORTO

Receberam o prémio porque, no dia 22 de agosto de Tendo chegado primeiro ao cidadão do sexo
2017, efetuou o salvamento de duas pessoas vítimas masculino, retirou-o para terra e colocou-o a salvo,
de afogamento no Rio Ave, em Vila do Conde.   entrando novamente na água, onde desta vez com
Cerca das 14:35 horas, foi informado o Posto o auxílio de um nadador salvador que, entretanto,
Territorial de Vila do Conde, de que estaria uma havia chegado ao local, retiraram a segunda vítima
pessoa do sexo feminino a afogar-se no leito do rio. que evidenciava estar já no limite das suas forças,
Comunicada a situação via rádio à Patrulha às aparentando mesmo estar inanimada,
Ocorrências, a qual era comandada pelo Guarda conseguindo desta forma, salvar as duas pessoas e
Ferreira, deslocou-se de forma célere para o local a possibilitando às equipas de prestação de
fim de se inteirar da situação e deparou-se com cuidados médicos que iniciassem o seu trabalho
duas pessoas nas águas do Rio Ave e em risco de de socorro.
afogamento, em virtude de um cidadão do sexo O elevado profissionalismo, sentido de missão,
masculino ter tentado salvar a primeira vítima, sem coragem, desprezo pelo perigo, elevado espírito de
sucesso, ficando também ele sem possibilidades e sacrifício e de abnegação em favor de outros,
capacidades para sair da água para terra. No demonstrado nesta ação, torna-o merecedor do
tabuleiro da ponte de Santa Clara, local onde já se “Prémio ao Valor, Abnegação e Altruísmo”.
encontrava um elevado número de pessoas, o
Guarda Ferreira, num ato sóbrio de audácia e
intrepidez, sem hesitar e num impulso de irrefletida
bravura e decisão, saltou da ponte para a margem
do rio do lado da localidade de Azurara e lançou-se
fardado às perigosas águas, numa tentativa de evitar
a morte das duas pessoas que se estavam a afogar. 

.5

CONDECORAÇÕES

Medalha de Segurança Pública de Serviços Distintos,
 Grau Ouro

UNIDADE DE AÇÃO FISCAL  COMANDO TERRITORIAL DE FARO

é condecorada pela forma é condecorado pela grande dedicação em
extraordinariamente empenhada, valiosa e serviço da segurança pública e exemplar
desempenho com que os seus militares têm
competente como os seus militares têm vindo a cumprir a missão cometida à Guarda
desempenhado a sua missão em todo o Nacional Republicana na área do distrito de
território nacional, prestando um serviço
caracterizado pelo ímpar profissionalismo, Faro, revelando excelsa capacidade de
inexcedível competência técnica e extrema resposta aos grandes e complexos desafios
dedicação em serviço de segurança pública,
contribuindo para o engrandecimento da atualmente colocados às Forças de
imagem da Guarda Nacional Republicana em Segurança.

Portugal e no estrangeiro.

.6

PRÉMIOS

GENERAL FARINHA BEIRÃO
Destina-se a galardoar os militares que mais se
distinguiram como Comandantes de Posto Territorial 

O Prémio “General Farinha Beirão”, destina-se a galardoar os militares que mais se
distinguiram como Comandantes de Posto Territorial durante pelo menos dez
anos.
Este prémio evoca e constitui uma homenagem ao militar ilustre que foi o
General Farinha Beirão, Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana de
1927 a 1939.
Foram galardoados com este prémio:
- O Sargento-ajudante, VÍTOR JOAQUIM CARVALHO LOPES, Comandante do Posto
Territorial de Amarante;
- O Sargento-ajudante, CARLOS MANUEL GUEDES MARQUES, Comandante do
Posto Territorial de Vialonga;
- O Sargento-ajudante, JOSÉ JOAQUIM PATUSCA DA COSTA, Comandante do Posto
Territorial de Valença do Minho.

.7

.8

.9

. 10

. 11

. 12


Click to View FlipBook Version
Previous Book
Folheto Excluseven - Studio Benedito
Next Book
photobook