The words you are searching are inside this book. To get more targeted content, please make full-text search by clicking here.
Discover the best professional documents and content resources in AnyFlip Document Base.
Search
Published by marketing, 2016-01-30 13:33:14

destinos - jornal de viagens

03 fevereiro 2016

AS NOSSAS SUGESTÕES PARA O DIA DOS NAMORADOS

publicidade

1€P.V.P. PORTO SANTO
13, 20, 27 Fevereiro
(CONT.) 399€7noites | Hotel4* | PensãoCompleta
desde
Ano 2 | Nº 23 | Mensal | Fevereiro de 2016 | Diretor: José Luís Elias
707 200 201 halcon.pt

CARNAVAL >POR CÁ

FOLIA EM PORTUGAL CASTELO BRANCO

UMA METRÓPOLE NA RAIA

PORTO

CIDADE VIVIDA É CIDADE SENTIDA

>LÁ FORA

SENEGAL >
>
UMA EXPERIÊNCIA
PARA A VIDA

ROTERDÃO

MARAVILHOSA CIDADE PORTUÁRIA

VIGO

AQUI TÃO PERTO

SAN SEBASTIÁN

CAPITAL EUROPEIA
DA CULTURA EM 2016

HOTEL
STA MARGARIDA

ENTRE A FLORESTA E O XISTO

publicidade

O novo Astra. ‘‘ DESAFIO Alugue o novo Opel Astra desde 18€ por dia e desfrute dos
A CLASSE detalhes de luxo absolutamente escandalosos. E se residir em
DE LUXO’’ Lisboa ou no Porto, por mais 10€, até o deixamos à sua porta
com o serviço ToMyDoor. Aproveite!

Pedro Faça a sua reserva em europcar.pt
ou através do 219 407 790.

Consumo combinado 3,4 a 5,1 l/100 km. Emissões de CO2 90 a 122 g/km. A imagem apresentada mostra equipamento opcional. 27/01/16 12:21

AF_Opel_Destinos_235x40mm.indd 1

> passageiro frequente nota de abertura

Viajar na fotografiaUm ano

depois

Machado de Assis escreveu um dia que > A EXCÊNTRICIDADE de alguns pode bem como o Cadillac Ranch. Trata-se da obra
“Não importa ao tempo o minuto que transformar-se em motivo de romaria para do milionário norte-americano Stanley
passa, mas o minuto que vem”, uma frase outros. O mundo está cheio desses exemplos, Marsh que decidiu convidar artistas de São
que faz todo o sentido para a equipa que Francisco para criarem uma obra coletiva.
faz o jornal destinos no momento em que, São dez Cadillac, de modelos entre os
com esta edição, comemoramos um ano anos 40 e 60, enterrados de frente e que
de publicação. O ano que passou desde a acompanham a famosa Rota 66, no troço
saída da primeira edição para as bancas de de Amarillo, no estado do Texas.
jornais, serve hoje de reflexão e análise sobre Inicialmente, os carros, comprados no ferro
o que podíamos ter feito e não fizemos, sobre velho, foram ali colocados nas suas cores
o que de positivo e negativo aconteceu, sobre originais – turquesa, amarelo, dourado e
as críticas e elogios que tivemos. azul céu –, mas com o tempo os curiosos
Mas hoje quando fazemos essa que visitavam a obra começaram a escrever
ponderação, e sabemos tirar conclusões, os seus nomes nos veículos e a grafitá-los,
ficamos mais conscientes que os erros o que faz com que os mesmos estejam
que cometemos não se irão repetir e que longe do original. Dizem inclusive que o
as virtudes deste projeto editorial irão ser autor se refere à sua obra na atualidade
potenciadas. como estando melhor à medida que os anos
Sabemos que cumprimos com o que nos passam.
propusemos fazer à partida, ajudar os
leitores a viajar, despertar curiosidades e > AS TORRES PETRONAS ganharam em pouco mais alto a marcar 452 metros de altura.
vontade de fazerem novas experiências, tempo o estatuto de imagem de marca de Ligadas por um passadiço no 41º e 42º
dar pistas sobre o que fazer, o que ver, o Kuala Lumpur, na Malásia, com o seu ponto andar, chamado de Skybridge, as torres
que comer e o que comprar nos destinos gémeas da Malásia cresceram da visão do
que elegeram para as suas viagens ou para antigo primeiro-ministro malaio, Tun Mahathir
férias. Mohamad, para anunciar a entrada do país
Mas para nós o mais gratificante foi asiático na economia global e símbolo de um
termos podido interagir com muitos dos país em rápido crescimento.
nossos leitores, quer através do Facebook São visíveis de praticamente qualquer ponto
do destinos, quer pessoalmente durante a da cidade, com os seus 88 andares e 32
execução dos nossos passatempos, nas mil janelas. Podem ser visitadas, mas apenas
visitas aos navios de cruzeiro Anthem of the até ao passadiço, que possui inclusive um
Seas da Royal Caribbean e Empress da restaurante. Apesar de ser maioritariamente
Pullmantur e na entrega dos prémios dos espaço de escritórios, na sua base tem um
Passatempos de Viagens. centro comercial com várias lojas de luxo.
Para este segundo ano a certeza que aqui
deixamos é a de que a pequena frase que > MONTE KILIMANJARO, a cúpula de África, é Imortalizado por Ernest Hemingway em “As
nos acompanhará é “MELHORAR SEMPRE”. tão mágico quanto o seu nome que pode neves de Kilimanjaro”, este pico situado na
Vamos continuar a rota editorial inicialmente significar Monte de Luz ou de Grandeza. Tanzânia, junto da fronteira com o Quénia,
traçada, dando uns retoques aqui e ali, é uma verdadeira metáfora para a beleza
recriando algumas rubricas e criando envolvente da África Oriental.
novas, visitando novos destinos e lugares, Uma das suas mais emblemáticas
dando-lhe a conhecer mais unidades caraterísticas reside na diferença de
de alojamento e as melhores ofertas do paisagens que proporciona, tendo em conta
mercado. que este antigo vulcão, com o topo coberto
E vamos apostar numa maior interação com de neve, ergue-se a 5895 metros de altura
o leitor. Voltaremos já na próxima edição no meio de uma planície de savana. Antiga
aos PASSATEMPOS e oferecemos a entrada zona privilegiada de caça, hoje o Kilimanjaro
gratuita na BTL – Feira Internacional de e as suas florestas circundantes fazem
Turismo, que vai decorrer na FIL, no Parque parte do Parque Nacional do Kilimanjaro,
das Nações, no início de março. Aqui classificado pela UNESCO como Património
esperamos receber os nossos leitores no da Humanidade.
nosso stand 3C62, no pavilhão 3, onde
iremos sortear fins de semana em Portugal.
A si que é nosso leitor, agradecemos a
fidelidade da sua leitura, e esperamos que
nos acompanhe neste nosso segundo ano
de vida, participe nas nossas iniciativas e
tenha excelentes viagens em 2016.

José Luís Elias

ficha técnica www.facebook.com/jornalDestinos

Administrador: Gracinda Alves Telefone: +351 213 929 640 Distribuição: VASP Colaboradores: Fernanda Ramos, Fernando
Diretor: José Luís Elias Email geral: [email protected] Impressão: Borges, Luís Canto, Maria Morgado, Sara Cunha
Proprietário e editor: SOGAE Editora, Lda. Email redação: [email protected] MX3 Artes Gráficas - Parque Industrial Alto da Ferreira, Vasco Ricardo (design)
NIPC: 504 651 757 Inscrição na E.R.C.: 126614 Bela Vista, Pavilhão 50
Sede (administração, redação Depósito legal: 386 719 / 15 Sulim Park 2735-340 Cacém
e publicidade): Rua da Cova da Moura, nº 2 Tiragem: 12.000 exemplares Tel: 219 171 088/89/90 Fax: 219 171 004
– 2º esq. 1350 – 117 Lisboa Periodicidade: quinzenal (à quarta-feira) Departamento Comercial: [email protected]

2 fevereiro de 2016

> tema de capa

Carnaval em Portugal

FOLIA DE NORTE A SUL

De onde nos chega o Carnaval não se conhece. Daqui ou dali, a certeza fica-nos pela sua longevidade
na memória. Todos os anos, 40 dias antes da Páscoa, a imaginação solta-se, o corpo liberta-se e o nosso
país enche-se de cor, música e muitos sorrisos e gargalhadas. Este ano não é exceção, por isso, vamos
à folia!

Texto: Sara Cunha Ferreira

P elas brincadeiras que acontecem das quais, todos são iguais. Não há transforma qualquer sociedade, qualquer das mais badaladas festas carnavalescas
durante o Carnaval dir-se-ia “senhor doutor” nem “zé do café”. Todos lugar e qualquer pessoa. Da comédia do país. Entre os dias 6,7 e 9 de
que esta festa pagã pouco tem são capricho, alegria e cor, apenas mais purista à mais brejeira, não há quem fevereiro, escolha o seu Entrudo e divirta-
de religiosa. Mas na verdade concorrendo para arrancar a risada mais fique indiferente a esta folia que já marca se, porque “a vida são dois dias e o
tem tudo. Conta-se que o nome genuína e sonora. É, como reza algures obrigatoriedade nos calendários de muitos Carnaval são três”!
carnaval é o ponto de partida para na história, cortar amarras e extravasar concelhos e freguesias do nosso país.
a abstinência da carne, período que energias antes da recolha espiritual. Com ou sem tema, com ou sem reis e OVAR TRANSFORMA-SE EM
antecede a Quaresma. É a extravagância São festas que primam pela sua rainhas, há carnavais em Portugal que ALDEIA DO CARNAVAL
no seu auge, para depois entrar em espontaneidade, originalidade e sátira já são um verdadeiro cartaz turístico e
recolhimento e celebrar Jesus. É pois, política e social, com verdadeiras obras que atraem cada vez mais os foliões As atividades do Carnaval de Ovar
momento de folia, de festa e exagero, um de arte que aliam a tradição às mais para um fim de semana grande bem começam em janeiro e desmultiplicam-se
pouco por todo o país. modernas exigências, como os caretos passado. Fecham-se as ruas das cidades em atrações para todas as idades, desde
O padre que se veste de cantor rock, a que desfilam com escolas de samba, os para desfiles de cor e animação, onde a Caminhada, o desfile da Chegada do
beata que usa mini saia, o político que corsos com as mais proeminentes figuras os corsos se dividem com as escolas pela Rei, o Carnaval Sénior, o Carnaval das
traja de santo e o merceeiro de imperador públicas nacionais e internacionais, atenção dos visitantes. E há momentos
romano. Tudo é permitido, cada um ridicularizadas pelo seu cinzentismo paralelos que se tornaram entretanto >Crianças e o Baile de Máscaras.
encarna o seu oposto, semelhante ou político, impopularidade, descrédito ou tradição, como o desfile das matrafonas,
fantasia. Tudo é permitido porque, como decadência mediática. Enfim, tudo é em Torres Vedras, homens vestidos com Mas para os dias que antecedem a Terça-
diz a vox populi, no “Carnaval, ninguém motivo para rir e fazer rir. os mais infames trajes femininos e que feira Gorda, há muito ainda por assistir,
leva a mal”. Do festejo popular ao individual, o arrancam gargalhadas à mais sisuda como a Noite da Farrapada, a 5 de
As partidas multiplicam-se, as ruas Entrudo é uma das mais democráticas criatura. fevereiro, a partir das 22 horas, no centro
enchem-se de confetis e máscaras, atrás festas que se conhece e aquela que O jornal destinos desvenda os programas da cidade. Este é o primeiro ano que este
fevereiro de 2016 evento acontece, num desfile individual ou
em grupo, espontâneo e divertido onde

3

<a animação e a alegria são as únicas que invadem a Avenida Sá Carneiro, festa é rija, com direito a sambódromo, samba pelas 23 horas, no Sambódromo
atraindo milhares de pessoas. São cerca desfile de escolas de samba e até vedetas Luís Marques, na Mealhada. É aqui que
regras. de dois mil figurantes, provenientes de vindas do outro lado do oceano, para se ficam a conhecer os enredos das
No dia seguinte, sábado, dá-se o desfile 14 Grupos Carnavalescos, seis Grupos se sentarem nas cadeiras da realeza, escolas, com os seus temas atuais, mas
das Escolas de Samba, pelas 22 horas, de Passerelle e quatro Escolas de Samba guardando-se sempre o segrego das suas díspares. Por exemplo, a escola GRES
calcorreando a Avenida Sá Carneiro. Pela que anualmente escolhem um tema para identidades até ao último minuto possível. Batuque levará a desfilar o tema “E
meia-noite, o Chafariz Neptuno recebe o grupo. Apesar de a festa começar em finais de não viveram felizes para sempre”, para
música de vários Djs, numa antecipação janeiro, com o desfile trapalhão, onde a Gres Tijuca dizer bem alto “Yes We
ao Grande Corso Carnavalesco de MEALHADA TEM BRILHO toda a gente participa, mais ou menos Can”. Já a Escola de Samba Sócios da
domingo que irá ocupar a Avenida Sá LUSO-BRASILEIRO trajada a rigor, com mais ou menos Mangueira desfilará com o tema “Bem
Carneiro, pelas 14h30. caricatura, são os dias que antecedem vindos ao parque de diversões dos Sócios
Na segunda-feira de Carnaval, há Matiné É dos mais conhecidos carnavais do a Terça-feira Gorda a grande aposta do da Mangueira” e a Escola Real Imperatriz
Infantil no Espaço Folião, pelas 15 horas país e aquele onde mais samba se ouve. carnaval da Mealhada. presta por sua vez homenagem à mais
e às 22 horas acontece a Noite Mágica. Ostentando orgulhosamente o título de Assim, a folia começa a 5 de fevereiro, luso-brasileira de todas as mulheres, com
Anualmente, mais de 100 mil pessoas, Carnaval luso-brasileiro, na Mealhada a com a apresentação das escolas de o tema “Carmen Miranda a Sambar”.
mascaradas ou não, rumam ao centro Depois de conhecidos os enredos, os
da cidade para uma festa com DJ’s, corsos principais terão lugar também
espetáculos pelos grupos “Bailando”, no Sambódromo Luís Marques, pelas
no Mercado Municipal, e “Samba sem 15 horas, nos dias 7 e 9 de fevereiro,
Fronteiras” e Dj André Guimarães, no onde podemos esperar por muito samba
Jardim Cáster e DJ Carlos Oliveira, na (naturalmente!), carros alegóricos e grupos
Praça da República. No Espaço Folião, de sátira.
Mike Hawkins, Overule, Jonh Mayze &
Miguel Faria são os destaques. LOULÉ TOMADA DE PIRATARIA
Ainda nos dias 5 e 6 de fevereiro, é
possível visitar a Aldeia do Carnaval, um Este ano, o mais antigo corso
espaço único onde convivem e trabalham carnavalesco do país terá como tema
cerca de duas mil pessoas dos 24 grupos a “Pirataria”. Pelas 15h00, a Avenida
e escolas de samba. José da Costa Mealha, em Loulé, irá
Nos dias 7 e 9 de fevereiro, surge o receber 14 carros alegóricos em desfile,
momento alto do Carnaval de Ovar, acompanhados por escolas de samba,
com os Grandes Corsos Carnavalescos grupos de animação em representação
de algumas coletividades do Concelho,
OVAR cabeçudos, gigantones, entre outros
animadores louletanos.
Visitas Guiadas Aldeia do Carnaval As figuras da política ou do desporto são
5 e 6 de fevereiro os principais intervenientes neste desfile
15h | 16h | 17h | 18h | 19h e os casos que marcam a atualidade
Inscrições através do [email protected] a grande inspiração para os criativos
ovar.pt | +351 256 509 153 do Carnaval louletano. A fantasia e
imaginação desta equipa irão levar-nos
Desfiles: Avenida Sá Carneiro, Espaço ao mundo da pirataria onde personagens
Folião, Mercado Municipal, Jardim Cáster, de todos os quadrantes políticos irão
Praça da República, Chafariz Neptuno
MEALHADA
Bilhetes
À venda no Centro de Arte de Ovar, Rua Dia: 5
de Timor e Av. Sá Carneiro Apresentação das Escolas de Samba
Das 9h às 12h e das 13h às 18h – 23 horas
Evento Gratuito
Bancada para desfile das Escolas de
Samba – 2,5€ Corso Principal
Bancada para desfile do Grande Corso de 7 e 9 de fevereiro – 15 horas
domingo – 13€ Sambódromo Luís Marques (junto das
Bancada para desfile do Grande Corso de piscinas municipais)
terça-feira – 11€ Preços: 5€
Peão – 6,00 € (Gratuito para crianças até 11 anos
Espaço Folião – 5€/pulseira com direito a mediante identificação)
entrada nos dias 6,7 e 8.
Camarote (20 pessoas, inclui serviço de
catering) – 3000€ ou 50€ individual/dia

4 fevereiro de 2016

LOULÉ > tema de capa

Tema: Pirataria

Dias: 6, 7 e 9 de fevereiro - das 15h às

18h

Desfiles: Av. José da Costa Mealha

Preços: 2€

tomar de assalto esta festa. O Capitão antecedem o Entrudo, com as atividades Dr. Fernandes Marques, Avenida dos dia 13, às 21h30, com as Cegadas
António Costa “Gancho” surge ao leme a começarem dia 5, sexta-feira, pelas Náufragos, Largo da Marinha (1ª no Cineteatro Municipal João Mota, em
de um barco pirata cor-de-rosa, de 10h30 com o desfile das escolas pela paragem), Rua da Fortaleza, Largo de Sesimbra.
espada em punho, tal como o Capitão Avenida da Liberdade, Largo 5 de Bombaldes, Largo do Município (2ª
Pedro Passos Coelho “Gancho”, que Outubro e Rua João da Luz. Meia hora paragem), Rua da República e Largo José TORRES VEDRAS COM FIGURAS
durante quatro anos foi o “terror dos depois há o concurso Infantil de Fantasias António Pereira (3ª paragem). E FIGURÕES
mares”. de Carnaval, na Fortaleza de Santiago. Durante os três principais dias de folia,
Em embarcações de dimensões mais Da parte da tarde, pelas 15 horas haverá também as famosas Cegadas, A praça da República em Torres Vedras
reduzidas surgem mais dois piratas: acontece o chamado desfile Trapalhão, feitas por grupos de homens que com foi o primeiro espaço destacado para
Jerónimo de Sousa e Catarina Martins com início no Largo da Junta de Freguesia humor, dramatismo ou brejeirice revelam receber o ato oficial do Carnaval
que, de olhos bem abertos, fitam o da Quinta do Conde, passando depois o sentido satírico e humorístico da de 2016, com a inauguração do
horizonte, muito atentos a tudo o que se pela Avenida Cova dos Vidros e Parque população. As Cegadas vão ter lugar dia Monumento do Carnaval, dia 16 janeiro.
passa nas águas lusas. da Vila, na Quinta do Conde. 6 pelas 15h na Fortaleza de Santiago Desde então, a contagem decrescente
Já no barco presidencial, o Capitão é Já pelas 16 horas, o Grupo Feminino de e pelas 21h no Restaurante Retiro do para a habitual folia de Torres Vedras
Marcelo Rebelo de Sousa, enquanto, Afro-axê Tripa Mijona entrará em cena Conde, Lagoa de Albufeira. No domingo termina naturalmente a 5 de fevereiro.
lançados ao mar e presos dentro de com a sua desfilada pela Avenida 25 de terão como palco o Grupo Desportivo
barris, está uma das suas opositoras nesta Abril, Rua da Fortaleza e Avenida dos União de Azoia, às 16h, no Restaurante >Pelas 9h30, o centro da cidade – Rua
corrida a Belém, Maria de Belém, além Náufragos. Retiro do Meco, Aldeia do Meco, pelas
dos ex-Chefes de Estado Cavaco Silva, A fechar o dia de sábado, pelas 22h30 17h, e na Pastelaria O Mel da Manhã, Henriques Nogueira | Av.5 Outubro, Rua
Jorge Sampaio e Mário Soares. a animação estará a cargo do Trio Noite Zambujal de Baixo, às 18 horas. Santos Bernardes e Rua Augusto José
Da política para o desporto, o “rei” Dominó, também pela Avenida 25 de Haverá ainda Cegadas dia 8, às 20h30 Lopes Júnior vai receber o Corso Escolar,
Cristiano Ronaldo continua a ser presença Abril, Rua da Fortaleza e Avenida dos no Café Carioca, em Aiana de Cima, e para depois a noite de Torres Vedras se
assídua, no carro da Bola de Ouro da Náufragos, Sesimbra 21h30 no Café Baratinha, em Caixas, transformar, a partir das 2 horas num
FIFA, liderado por Lionel Messi e com a Já na segunda-feira, pelas 15 horas, é a e dia 9 à 18h no Grupo Desportivo de gigante recinto de animação, com a
ex-namorada do português, Irina Shayk, vez do Cortejo de Fantasias de Palhaço Alfarim. O Carnaval de Sesimbra termina chegada dos Reis ao edifício da Câmara
a bordo. Já o selecionador Fernando invadir a Praça da Califórnia, seguindo Municipal, na Avenida 5 Outubro.
Santos vai até França de limusine, com depois pela Avenida 25 de Abril, Rua da No Carnaval de Torres Vedras é
direito a champanhe e mala Chanel, para Fortaleza e Avenida dos Náufragos.
participar no Europeu de Futebol que No dia de Carnaval, terça-feira, a festa 5
acontece este ano. começa com as Cavalhadas, no Largo
Também o Zé Povinho, essa figura tão das Forças Armadas, em Alfarim, pelas
popular nesta folia, é chamado a tripular 15 horas e paralelamente a vila de
um carro que irá guiá-lo no “Tour de Sesimbra assiste ao seu corso principal, a
France”. partir da Praça da Califórnia.
Paralelamente, a organização do Em Sesimbra a festa continua na
Carnaval de Loulé promove um vasto quarta-feira, dia 10, com o Enterro do
programa de animação durante estes Bacalhau, que passará pela rua Professor
dias. Na sexta-feira de manhã, dia 5 de
fevereiro, as escolas públicas e privadas SESIMBRA
do 1º Ciclo e Pré-Escolar do Concelho
de Loulé participam em mais uma edição Corsos principais
do Carnaval Infantil, e na segunda-feira à 7 e 9 de fevereiro - 14h
noite as atenções centram-se no “Palácio” Desfiles: Praça da Califórnia, Avenida 25
do Nera onde, a partir das 21h30, tem de Abril, Rua da Fortaleza e Avenida dos
lugar o “Baile de Gala do Carnaval”. Os Náufragos
visitantes são convidados a mascararem- Todos os eventos são gratuitos
se a rigor, de acordo com a temática
“Pirataria” e a festa promete ser de muito
glamour e animação.
No Domingo Gordo de manhã, a
Avenida José da Costa Mealha volta a ser
palco de mais uma Prova de Atletismo e
Marcha Passeio de Carnaval, enquanto a
manhã do dia de Entrudo terá a Corrida
Carnavalesca das Barreiras Brancas.

SESIMBRA REGRESSA
ÀS CEGADAS

O Carnaval de Sesimbra é composto por
seis escolas de samba e dois grupos de
axé, cada um com o seu tema e desfiles
programados para os dias 7 e 9 de
fevereiro, ou seja, domingo e terça-feira,
a partir das 14 horas. A festa desta
bela vila piscatória começa na Praça da
Califórnia, com os corsos a desfilarem
pela Avenida 25 de Abril, Rua da
Fortaleza e Avenida dos Náufragos.
Porém, sendo este o ponto alto do
Carnaval de Sesimbra, a vila tem
muito mais para mostrar nos dias que
fevereiro de 2016

> tema de capa MADEIRA

Tema: Madeira – Carnaval de Sonho
Dias: 3 a 9 de fevereiro
Cortejos principais – Dia 9 às 16h e 21h
Desfiles: Rotunda do Porto, Avenida
Francisco Sá Carneiro, Rotunda Francisco
Sá Carneiro, Avenida do Mar e das
Comunidades Madeirenses (faixa sul), até
à Praça da Autonomia
Todos os eventos do programa são
gratuitos

<conhecida a tradição dos homens de Outubro, enquanto os Djs começam das 15h, com atividades na baixa
a tocar 30 minutos antes nos palcos citadina do Funchal que incluem música
se vestirem de mulheres. Também na da Praça Machado Santos, Jardim de ambiente carnavalesca, com atuações
monarquia desta festa não poderia faltar Santiago e Mercado Municipal. por parte de bandas filarmónicas,
uma verdadeira “matrafona”, com dois Terça-feira de Carnaval, haverá ainda iluminações e decorações alusivas à
homens como rei e rainha do Carnaval às 14h30 o Corso Diurno Tó'Candar, no época.
destas bandas. São dois Torreenses e com centro da cidade, e às 19h abrem-se as A partir do dia 5 de fevereiro, a
uma dinastia prolongada, já que ocupam portas do recinto (ruas fechadas), para a animação passa a ser feita a partir das
o trono há nove anos. folia. 10h, destacando-se neste dia o Desfile
Este primeiro dia termina com a música de A edição deste ano do Carnaval de Torres e Festa de Carnaval das Crianças, entre
vários Djs que se dividem por três palcos, Vedras termina na quarta-feira com o as 10h30 e as 12h30 e o Carnaval
das 22h30 às 4h da madrugada – Praça Enterro do Entrudo, às 21 horas, na Praça Solidário, iniciativa organizada pela
Machado Santos (Palco 1), Jardim de da República ao Tribunal, e espetáculo de Associação de Desenvolvimento
Santiago (Palco 2), e Mercado Municipal fogo de artifício. Comunitário do Funchal, com desfile
(Palco 3). nas placas centrais da Avenida Arriaga
No sábado, a festa oficial começa FUNCHAL É JARDIM DE CARNAVAL previsto para as 14h30 e encerramento
às 21h pelo centro da cidade, com pelas 17h30, no Auditório do Jardim
o Corso Noturno, o Concurso Grupos O Carnaval é vivido com intensidade Municipal.
Mascarados, e Tó'Candar. A noite termina na Madeira, tendo como ponto de No sábado, dia 6 de fevereiro, para
mais uma vez com a atuação de Djs nos referência a cidade do Funchal. Nas além da animação carnavalesca comum
mesmos palcos já referidos. ruas, hotéis, bares e discotecas a aos restantes dias em que decorrem as
O dia seguinte, domingo, começa o animação é uma constante, mas a Festas, realiza-se, a partir das 21h00 o
desfile do Corso Diurno – Tó'Candar, festa faz-se principalmente nas ruas e Cortejo Alegórico e dia 9, às 16 horas,
às 14h30 pelo centro da cidade, e às avenidas da cidade, misturando corsos o Cortejo Trapalhão, o mais popular, e
22h30 voltam os DJs Carnaval Party, com os habitantes e turistas. onde a criatividade, a imaginação e a
distribuídos pela Praça Machado Santos Para este ano, a Madeira diz que o seu caricatura saltam à vista.
(Palco 1) e no Jardim de Santiago (Palco Carnaval é de Sonho num calendário Para estas folias, o itinerário tem como
2), até às 4 h da manhã de segunda- que começa dia 3 de fevereiro, a partir ponto de partida a Rotunda do Porto,
feira. para depois seguir para a Avenida
No mesmo dia, o Pavilhão Multiusos Francisco Sá Carneiro, Rotunda
da Expotorres recebe o Baile Máscaras Francisco Sá Carneiro, Avenida do Mar
Tradição, às 14h30 e o centro da cidade e das Comunidades Madeirenses (faixa
volta a animar-se pelas 21 horas com o sul), até à Praça da Autonomia.
Corso Trapalhão, Tó'Candar. O Carnaval de Sonho deste ano termina
É então que às 23 horas se dá o na Madeira na terça-feira , a partir
Concurso das Matrafonas, na Avenida 5 das 18h30 com um Concerto/Baile de
Carnaval, a ter lugar no Auditório do
TORRES Jardim Municipal. >
VEDRAS
ESCAPADA CARNAVALESCA
Tema: Figuras e Figurões
Dias: 5, 6, 7, 8, 9 e 10 de fevereiro Se já escolheu o Carnaval de Torres Vedras como destino de folia para este ano, o resort
Horários do recinto: Dolce CampoReal sugere-lhe o seu programa de Escapadela de Inverno, para que possa
Sábado - das 16h às 3h desfrutar a dois ou em família o Entrudo deste ano.
Segunda - das 19h às 3h O Dolce CampoReal fica na freguesia do Turcifal, a pouco mais de 10 minutos do centro
Domingo e Terça-feira - das 11h às 19h de toda a animação de Torres Vedras. Este resort proporciona-lhe a proximidade certa para
Preços: 5€ / dia ou 10€ livre trânsito para desfrutar do Carnaval, mas também o sossego para recuperar as energias da folia, com a sua
4 dias idílica paisagem rural.
Os preços do programa incluem três noites de alojamento, de 6 a 9 de fevereiro, com
6 pequeno-almoço incluído, em quartos duplos Deluxe, Superior Deluxe ou Premium, de acordo
com a opção.
Preços:
Quarto duplo Deluxe (dois adultos) – 233€
Quarto Superior Deluxe APA (dois adultos + 1 criança/cama extra) – 290€
Quarto Premium APA (dois adultos + 2 crianças/camas extra) – 346€

fevereiro de 2016

CELEBRE O SÃO VALENTIM NO DOLCE CAMPOREAL

Experiências românticas desde 18 €/pessoa

Rua do Campo, TuRCifal, ToRRes VedRas
infoRmações e ReseRVas:
+351 261 960 900

[email protected]
www.dolCeCampoReal.Com/ValenTine-s-offeRs

235x305-Dolce-Camporeal-Print Ad Destinos-F.indd 1 28/1/16 17:49

> notíciasCidades do Porto Alentejo nos melhores destinos vinícolas
e Lyon vão ficar do mundo
mais próximas
A revista especializada Wine Enthusiast a crescente variedade de hotéis e Abrigo da
A partir de 27 de março, a companhia aérea Magazine colocou o Alentejo entre os restaurantes, o Alentejo tem algo para Montanha é agora
francesa Aigle Azur vai ligar as cidades do 10 melhores destinos vinícolas do mundo oferecer a todos os visitantes”, descreve o Hotel Rural & Spa
Porto e de Lyon, em França. A nova rota vai a visitar este ano. A publicação norte- artigo.
contar com três voos por semana, às quintas, americana ressalta o “charme rústico” da Na lista dos melhores destinos vínicos para No Sabugueiro, paredes meias com a Serra
sextas e domingos, sempre com horários “região vinícola mais relaxada de Portugal” 2016 figuram Las Vegas (EUA), Bordéus da Estrela, o Abrigo da Montanha reabriu
diferenciados. onde os tintos estão “prontos a beber”. (França), Margaret River (Austrália), Alto agora como Hotel Rural & Spa de 4*.
Assim, às quintas-feiras, os voos da Aigle “Com quilómetros de vinhas e sobreiros, Adige (Itália), Paso Robles (EUA), País A unidade conta com 21 quartos, entre os
Azur vão sair do Aeroporto de Lyon - Saint cidades históricas no topo de colinas e Basco (Espanha), Franschhoek (África do quais se contam seis suites, restaurante de
Exupery às 12h20 para aterrarem no Porto praias desertas, já para não mencionar Sul), Burgenland (Áustria) e Ashland (EUA). cozinha regional que se abre num jardim
às 13h30, voltando a sair às 14h15 para interior onde crescem ervas aromáticas típicas
chegar a França às 17h20. de região que vão tornar irresistíveis as
Às sextas-feiras os voos saem de Lyon às iguarias servidas.
17h10, chegam ao Porto às 18h20, voltam O novo Hotel Rural tem Spa equipado com
a partir às 19h05 e chegam a Lyon às piscina, sauna, banho turco, chuveiro suíço
22h10. Já aos domingos, a partida de Lyon e cabine de hidromassagens e de onde se
está marcada para as 18h15 com chegada abre uma extensa vista sobre as encostas da
ao Porto às 19h25. Do Aeroporto Francisco Serra da Estrela que até na decoração está
Sá Carneiro partem às 20h10 para aterrarem presente, quer pelas fotografias expostas quer
no Aeroporto de Saint Exupery às 23h15 pelos materiais utilizados.
(sempre horas locais). Serviço de lavandaria, estacionamento,
receção 24h, jornais e computador para
Hotel do Sado com selo internacional allergy-friendly consulta, aluguer de motos 4, bicicletas e
passeios de jipe, compõem a oferta do hotel.
O Hotel do Sado Business & Nature, em Setúbal, foi certificado pelo ECARF – Centro
Europeu de Fundação para a Investigação em Alergias, com o selo internacional de hotel Hotel Minho
allergy-friendly. é “amigo
Esta classificação, única em Portugal, assegura que os quartos podem ser preparados para dos ciclistas”
hóspedes com alergias ao pó, ácaros e outros, com revestimentos especiais das almofadas
e roupa de cama, sendo que os amenities são também certificados. No que diz respeito
a alergias alimentares, a cozinha está preparada para confecionar pequenos-almoços,
refeições e catering para clientes com intolerância à lactose, glúten e outros.
Os detergentes utilizados para limpeza são também específicos, não contendo
componentes causadores de alergias.

Novo Turismo Rural Passadiço do Paiva reabre dia 13
em Montalegre
O passadiço sobre as escarpas do rio próximo dia 13, apenas um quilómetro O Hotel Minho, quatro estrelas em Vila
Chama-se A Casa da Avó Chiquinha e fica em Paiva, em Arouca, vai reabrir ao público do passadiço irá manter-se de acesso Nova de Cerveira, passou a ostentar
Montalegre, Trás-os-Montes, em pleno Parque no próximo dia 13 de Fevereiro, mas livre. Outra novidade é a transformação o certificado Bikotel, o que significa
Nacional da Peneda Gerês. terá algumas novidades. A afluência operada na zona que era apontada que proporciona boas práticas no
Com vista privilegiada para o Vale do Cávado, diária vai estar limitada a 3.500 como a menos apelativa do passeio, acolhimento de ciclistas.
a nova unidade de Turismo Rural conta com visitantes diários e a entrada, que passa por se afastar das margens do Paiva e A partir de agora, neste hotel de
nove quartos com casa de banho privativa, TV a poder ser comprada online numa obrigar a uma subida íngreme em terra charme, os ciclistas de estrada ou de
LCD, sistema de aquecimento, Wi-Fi gratuito e plataforma inaugurada no início deste batida, através do pinhal. Agora foram montanha, têm à disposição um conjunto
acesso a uma piscina no exterior. mês, vai custar 1€. A estrutura conta construídos mais 200 metros de degraus, de serviços especialmente criados a
A Casa pode ser alugada por quarto, piso ou com 8 Km de extensão mas a partir do o que torna a escadaria mais imponente. pensar nas suas necessidades. Passando
na totalidade, Nesta última modalidade pode a ser parceiro Bikotel, o Hotel Minho
usufruir de kitchenette, e churrasqueira. oferece também descontos em lojas e
As zonas de lazer estão equipadas com alojamento.
mobiliário confortável que convida ao Os pontos Bikotel destinam-se a
descanso frente a uma paisagem magnífica membros do Club Bikotel que ao
onde pode fazer corridas, caminhadas ou efetuarem compras ou dormidas num
passeios em bicicleta. dos parceiros Bikotel, podem acumular
um ponto por cada euro gasto. Os
8 pontos podem ser trocados por vouchers
“Desconto Bikotel”, a utilizar em cada
um dos parceiros aderentes.

fevereiro de 2016

AS MELHORES SUGESTÕES AO MELHOR PREÇO/QUALIDADE > selo de garantia

“Selo de Garantia” é uma rubrica de conselhos da redação que versa
sobre os mais diversos produtos. De pacotes de viagens a unidades
hoteleiras, de vinhos a espetáculos, de parques temáticos a museus
e exposições, as nossas sugestões têm sempre em atenção a boa relação
entre o preço e a qualidade do que é oferecido. Ou seja, se figura
no “Selo de Garantia” é porque vale a pena ir e experimentar.

ALENTEJO EM FAMÍLIA

PALÁCIO DA LOUSÃ “Alentejo em família” é o programa criado pelo Hotel Rural Horta da Moura, em Monsaraz,
para que possa desfrutar das Terras do Grande Lago.
O programa inclui duas noites de alojamento em suite, com pequeno-almoço, água e
PARCEIRO DO ENDURO fruta no quarto à chegada, almoço ou jantar no restaurante Feitiço da Moura. Incluem-se
também várias atividades como passeio pedestre pelos Trilhos D’el Rei com safari fotográfico,
Assistir ao arranque do Campeonato acompanhado por um especialista, e atividades equestres em picadeiro.
Nacional de Enduro, em meio da Outras possibilidades são um passeio de charrete em família,
soberba paisagem da Serra da Lousã passeio de barco no Lago Alqueva e uma visita guiada ao
-10% e alojar-se num palácio do século Caminho das Oliveiras Milenares. DESDE:
XVIII será talvez o melhor de três Os preços, para duas noites, são desde 99€ por pessoa em
NO ALOJAMENTO mundos, e é isso que lhe propomos. dias de semana e 3 a 4 pessoas por quarto, ou 119€ ao fim- 99€
13 E 14 FEV. de-semana. As crianças até aos 3 anos têm estadia grátis e
dos 4 aos 11 pagam 50% desde que alojadas no quarto dos
Parceiro do Campeonato Nacional de P/ PESSOA
Enduro que arranca a 14 de fevereiro 2 NOITES

na Lousã, o Palácio da Lousã Boutique pais.
Hotel preparou descontos de 10%
no alojamento para os amantes da
modalidade, mas para que possa
beneficiar da promoção para os dias
13 e 14 deste mês, as reservas devem
ser realizadas diretamente com o
hotel.
Este ano, a prova terá como principal
LOUSÃ novidade a localização da “especial
Xtreme” no centro da vila, enquanto as restantes especiais serão no Arneiro.
O Palácio da Lousã Boutique Hotel está inserido num edifício brasonado do
século XVIII, outrora Palácio da Viscondessa do Espinhal, imóvel classificado
como Património Histórico de Interesse Público. Situado em pleno centro
histórico da vila, porta de entrada da Rota das Aldeias do Xisto, oferece uma
atmosfera acolhedora e deslumbrantes vistas sobre a Serra da Lousã.
MONSARAZ
MICRO CARROS NO MUSEU
DO CARAMULO DESDE:
7€
Até 28 de fevereiro está 354€
a tempo de visitar a BILHETE
exposição temporária GERAL P/ PESSOA
QUARTO DUPLO
“Micro Carros”, no Museu
do Caramulo. São carros MADEIRA
de pequenas dimensões
cujo aparecimento tem FIM DE SEMANA COM FLORES
sobretudo coincidido com NA MADEIRA
épocas de crise, como a
II Guerra Mundial, mas Passar uns dias na Madeira é sempre um bom programa. Se isso acontecer durante a Festa
que têm sido construídos da Flor que este ano se realiza de 7 a 17 de abril é ainda melhor.
ao longo dos tempos. Cartaz turístico de grande relevo em terras madeirenses, a Festa da Flor empresta um
Parcos em luxos e colorido e um odor muito particular às ruas do Funchal e estar entre flores, numa ilha que já
performances, sem grande é florida por excelência é acima de tudo um festival para os sentidos.
valor comercial, nunca CARAMULO Para que possa ver um pouco de tudo isto, o operador turístico Soltrópico tem várias
foram importantes para os colecionadores pelo que alguns dos micro carros em propostas. Uma delas de fim de semana, com partida de Lisboa em voos TAP na sexta-feira,
exposição no Museu do Caramulo são verdadeira raridade. 8 de abril e regresso no domingo. O programa, de três dias / duas noites, apresenta preços
Em exposição estão 17 automóveis, com destaque para o SADO 550, o primeiro desde 354€ por pessoa em quarto duplo com alojamento no Cheerfulway Bravamar Hotel,
carro português produzido em série nos anos 80. de 3*, com pequeno almoço. Inclui transferes aeroporto / hotel / aeroporto, seguro de
A exposição pode ser visitada todos os dias exceto segundas-feiras, das 10h00 viagem Portugal Extra e todas as taxas.
às 13h00 e das 14h00 às 17h00 (até às 18h00 aos fins de semana e feriados),
ao mesmo tempo que as exposições permanentes de arte, automóveis, motociclos 9
e brinquedos, patentes no Museu. O bilhete de adulto custa 7€, as crianças dos 6
aos 12 anos pagam 3€ e os seniores 5€.

fevereiro de 2016

> sugestões São
Valentim
BRINDE AO AMOR

Não se explica, sente-se. Não se vê, sente-se. Não se toca,

sente-se. Amor é verbo etéreo que chega um dia a todos.

Um dia que de tão mágico tem de ser celebrado. E aparte

do calendário de cada um, há uma data universal e a que

ninguém é alheio: 14 de Fevereiro. Um dia para amar

mais que os outros. Texto: Sara Cunha Ferreira

Numa noitada entre amigos, divino ou até o favorável alinhamento de para relembrar o que os uniu e em que que relembrar o momento que os uniu,
no emprego, nos transportes planetas. Porém é no inexplicável que reside circunstâncias. Mas sendo o amor universal, cumpre-se a materialização do imaterial nas
públicos, a passear o cão, a magia. É isso mesmo: o amor é mágico, que não conhece fronteiras, cores nem mais diversas formas.
num casamento, batizado ou sentimento poderoso que “troca as voltas” a credos, há também uma data que a todos Há filmes para ver, jantares para degustar,
funeral, nas redes sociais ou à duas pessoas, duas peças que se completam serve, aquela que ficou instituída como a viagens a cumprir em momentos de prazer
janela. À primeira, segunda ou terceira vista, num puzzle de probabilidades infinitas e que mais visível celebração do amor. e onde a imaginação é servida pelo lado
desarmada ou com graduação elevada. No por desígnios se encontram, sabe-se lá como Para gáudio de muitos casais, este ano o mais romântico da história que partilham,
meu caso, foi um pouco de tudo, menos de e porquê. dia de São Valentim, a 14 de fevereiro, seja ele mais requintado ou até “kitsch”.
funeral ou com cães para enquadramento. Explicar o amor, equacioná-lo, atribuir-lhe celebra-se a um domingo, abrindo por É a oportunidade para um ritual diferente
A verdade é que seja com quem for, não há uma fórmula é despi-lo de felizes acasos, é isso as portas a um sem número de ou o mesmo de sempre, servindo a paixão
lugar tabu para o amor acontecer. Não há dar-lhe uma razão de existir quando o que possibilidades de surpreender a cara- de cada um, e já que se trata de um fim
pombos, maçãs, poções, flechas, borboletas se quer é apenas vivê-lo, sem entraves. Mas metade com a mais exuberante prova de de semana, é ensejo de fuga, de espaço
no estômago ou corações mais ou menos materializa-lo, realça-lo, é dar-lhe oxigénio e romantismo. exclusivo a dois e que o jornal destinos se
vermelhos que melhor o ilustrem que um par encher os “tubos de ensaio” dos mais céticos Mais que nos outros dias, o dia de São prepara para dar umas quantas sugestões.
de mãos dadas, que a união de lábios, que de mais e mais reações químicas. Valentim é para ser pejado de ronronares, O momento é vosso, as escolhas também,
uma troca cúmplice de olhares. Naturalmente que cada casal de arrulhadas, de muitas trocas de afeto e para que este ano, que até é bissexto, seja
Uns dizem ser reação química, outros o apaixonados tem uma data muito própria muito doce e mel entre enamorados. Mais um dos mais especiais da vossa vida.

> TRANQUILIDADE APAIXONANTE

> SORTE AO AMOR especial para esta data. Seja amor novo O Casa do Adro Hotel, localizado em de cada um, como Risotto de camarão,
ou experiente, para esta noite dance e Ferreira do Zêzere, quer que os casais champanhe e coentros; raia com legumes
O Hotel Casino de Chaves não se esqueceu desfrute das melodias que acompanham os namorem no sossego da Vila. Este é salteados, ou tornedó de novilho, foie gras,
dos apaixonados e por isso mesmo quer apaixonados há décadas. precisamente o nome do programa especial batata salteada e grelos.
dar-lhes a oportunidade de celebrarem o para os apaixonados que este Boutique Para sobremesa nada melhor do que bolo
amor da forma mais romântica possível, ao Hotel Casino de Chaves – Desde Hotel, erigido num edifício histórico, criou – húmido de chocolate e morangos. As
som das músicas de uma vida inteira. 160€ “Namore no Sossego da Vila”. bebidas estão incluídas, vinho branco e tinto
Para criar essa banda sonora, o Hotel Inclui uma noite em quarto duplo, jantar O Pack inclui uma noite em quarto duplo selecionados Solar dos Loendros e Quinta
Casino de Chaves, em Valdanta, a 10 romântico para duas pessoas e animação com almoço buffet. Uma das surpresas é do Côro.
minutos do centro da cidade nortenha de com concerto da MT80. o Welcome Kit S. Valentim composto por
Chaves, preparou um programa que inclui morangos com chocolate, espumante, Casa do Adro Hotel – 160€ p/ casal
animação da MT80, uma banda covers dos pétalas e claro, velas aromáticas. Inclui uma noite de alojamento, Welcome Kit
anos 80 e 90 que preparou um repertório Ao jantar os hóspedes serão presenteados S. Valentim, almoço buffet, e jantar romântico.
com iguarias que fazem crescer água na Jantar romântico – 80€ p/ casal
10 boca e que despertam o lado romântico

fevereiro de 2016

> ROMANCE EM PAISAGEM RURAL

Imagine um resort que respira requinte e Brunch de São Valentim (dia 14 de > EMBALADOS POR TRÓIA
romantismo em plena paisagem rural. Toda Fevereiro as 12h às 16h) – 22,50€
a envolvência do resort Dolce CampoReal é p/pessoa São várias as propostas do Troia Resort para composto por piscina interior, sauna, banho
um verdadeiro hino à paixão, a uma dezena Buffet servido no restaurante Grande Escolha que o vosso amor seja embalado ao som dos turco e jacuzzi e um revigorante pequeno-
de minutos de Torres Vedras. Sabendo tirar com uma seleção de padaria e pastelaria, golfinhos e da maré da baía de Setúbal. Um almoço buffet.
partido do luxuriante ambiente da natureza sobremesas, sumos de fruta, compotas e doces destino a menos de uma hora de Lisboa que Já o Troiaresidence, unidade residencial
invernal, o resort preparou uma programação caseiros, queijos nacionais e internacionais, possui uma das mais românticas paisagens, do Troia Resort, sugere um fim de semana
especial para usufruir de momentos de requinte pratos quentes e saladas, entre outras iguarias com vista para o Rio Sado e Serra da desde 99€ por noite, com uma garrafa de
e romantismo com a sua a cara-metade, preparadas no momento. Arrábida, para além das inúmeras atividades espumante e morangos com chocolate e
com atividades, alojamento, jantar, brunch que o resort oferece, como praia, passeios de usufruto da piscina interior, sauna, banho
e experiências spa para usufruir a que mais Jantar de São Valentim (dias 13 e barco, golfe, Casino e inúmeros restaurantes turco e jacuzzi da unidade Aqualuz.
agradar ou em conjunto. 14 de Fevereiro) – 55€ p/pessoa com programas específicos para estes dias.
O programa Dolce São Valentim, por exemplo, Entrada de Gravlax de salmão com manga, A unidade Aqualuz propõe um fim de Aqualuz – Desde 159€/noite
inclui alojamento, tratamento VIP com abacate e morangos acompanhado de semana inesquecível desde 159€ por noite, a Tratamento VIP à chegada, jantar, acesso ao
espumante e morangos com chocolate, jantar KirRoyal; Prato de peixe com garoupa, começar com um brinde com uma garrafa de Wellness Center e pequeno-almoço buffet
no restaurante Grande Escolha, com bebidas camarão e vieira com risotto de abóbora, espumante e morangos com chocolate, num Troiaresidence – Desde 99€/noite
incluídas, e acesso ao Spa, com jacuzzi, sauna nozes e poejos acompanhado de vinho branco tratamento verdadeiramente VIP à entrada. Espumante e morangos com chocolate, acesso
a vapor com ervas medicinais e banho turco e Principium Chardonnay Arinto; Prato de carne Este programa inclui o jantar de 13 de ao Wellness Center do Aqualuz
acesso à piscina interior. com tornedó de veado com molho de chocolate fevereiro, acesso gratuito ao Wellness Center
Mas há também a possibilidade de usufruir e frutos vermelhos, e terrina de legumes e
apenas, no dia 13 e 14 de Fevereiro, da espuma de foiegras, acompanhado de vinho
atmosfera romântica e acolhedora do tinto PrincipiumMerlot Touriga Nacional;
restaurante Grande Escolha, mas também sobremesa com mousseline de chocolate
brunch no Garden Terrace com um menu branco com maracujá e macaron de maçã
especial, experiência equestre a dois (70€ do amor, acompanhado da tradicional Ginja
p/ casal), batismo de golfe (18€ p/pessoa), d’Óbidos.
passeio de jeep numa "Aventura Romântica"
(22,50€ p/pessoa) ou tratamentos de spa por
170 minutos (125€ p/ casal).

Dolce CampoReal – Desde 199€ p/
noite
Alojamento, late check-out até às 16h,
pequeno-almoço buffet para dois, tratamento
VIP, jantar romântico, acesso ao circuito no
Divine by Ritual SPA, WI-FI e Parqueamento
gratuito.

> CELEBRAÇÃO INEBRIANTE

> LISBOA DOS ENAMORADOS Para o dia mais romântico do ano, a exclusivamente criado para este dia especial.
Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, Na decoração aconchegante do restaurante
O romantismo de Lisboa é inegável. A noite de São Valentim e podem servir-lhe de Luxury Winery House, em Covas do Douro, Conceitus usufrua de uma gastronomia
sua luz ao nascer e por do sol são dos base para uma intensa e apaixonante visita preparou um programa romântico com original acompanhada pelos melhores vinhos
momentos mais românticos que um casal à capital portuguesa. vista para o estonteante Douro, e para os produzidos na Quinta Nova.
pode desfrutar e neste campo, a capital charmosos jardins da quinta, com recantos que Para uma experiência completa a sugestão é
não desilude. Com dois hotéis no centro, Dom Carlos Liberty e Dom Carlos proporcionam o cenário ideal para celebrar o um momento de aprendizagem através de uma
o Grupo Dom Carlos Hotéis convida a Park – 39.50€ p/ pessoa amor a dois. visita à Adega e ao Atelier do Vinho, onde
desfrutar de um atendimento personalizado Uma noite em quarto duplo superior, upgrade Nos dias 12 e 13 de fevereiro a Quinta poderá degustar os melhores vinhos do Douro
e de qualidade, com conforto e um para quarto Deluxe mediante disponibilidade, Nova sugere a proposta “Love in Douro” com e viver uma nova experiência de sabores a
ambiente sempre acolhedor. E por tal, pequeno-almoço buffet até às 11h30, atividades especialmente selecionadas para dois.
tanto o hotel Dom Carlos Liberty, junto à tratamento romântico no quarto, duas fatias uma experiência romântica inesquecível.
cosmopolita Avenida da Liberdade, como d’ O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo Ladeado por vinhas verdejantes, delicie-se Quinta Nova Winery House – 139€
o Dom Carlos Park, nas imediações do e espumante, roupão e chinelos para uso com um aperitivo junto à lareira com a sua (terrace)
Marquês de Pombal, centro nevrálgico da durante a estadia. Saída tardia até às 14:00. cara-metade ou aproveite o calor intimista Inclui alojamento em quarto com vista para
capital, são a companhia perfeita para a Internet wi-fi gratuita. da ocasião para experienciar uma “abertura o rio e vinhas, um welcome drink, winetour e
a fogo” de uma garrafa de vinho do Porto prova de vinhos Douro, jantar Wine & Love
Vintage. (bebidas do jantar incluídas – 4 vinhos),
Para um jantar de São Valentim inesquecível, o tratamento vip no quarto e late check-out.
Chef José Pinto convida a usufruir de um menu

fevereiro de 2016 11

> curtas 46€D E S D E

QUAPR/NTOOIDTUEPLO
BHE(OSSÓDTTA.ELAWLOMJERAÉSMATLIEINENARTHONA)

Castelo Branco
CASTRUM RAIANO

A capital da Beira Baixa é um verdadeiro prato cheio de coisas boas. A outrora Albi Castrum, daí o
nome dos seus habitantes – albicastrenses -, não é uma cidade raiana perdida no tempo. É uma moderna
metrópole que não esquece as suas raízes históricas e todos os dias presta tributo ao seu castelo, aos
fidalgos solares, ricas igrejas, amplas ruas e belos jardins.

Texto: Sara Cunha Ferreira

Castelo Branco modernizou-se e espaços públicos do país. Um dos mais e textura na perfeição, incluindo algumas de 1 dia - 3,80€).
e tem agora como acesso ao recentes exemplos deste serviço em prol “rochas”. Tem pontes de travessia por entre Outro exemplo desta modernidade está
seu centro grandes vias que das populações foi a criação de uma as diferentes “margens” da piscina e uma no Campo Mártires da Pátria, onde
saem da autoestrada A23 piscina/praia, um complexo digno de área ajardinada para estender a toalha. encontramos o edifício da Biblioteca
para nos receber. De avenida visita pois foi construído para parecer Acredite, esta piscina/praia fotografada Municipal, erguida no antigo quartel do
em avenida, por artérias com as suas exactamente uma praia paradisíaca. do ângulo certo, parece que está num Regimento de Cavalaria. Inaugurada
moradias e solares, somos encaminhados Não tem areia, mas o chão imita a cor qualquer país das Caraíbas (bilhete normal em 2007, também os espaços que
diretamente para o coração da cidade, acompanham a Biblioteca são um
não sem antes passar pela zona industrial, verdadeiro chamariz, com os seus lagos
com os seus centros comerciais. comunicantes e amplas áreas de descanso.
Há bastante azáfama por estas ruas. É Também por aqui está o Centro de Cultura
fim-de-semana e os albicastrenses parecem Contemporânea de Castelo Branco, talvez
gostar de respirar a cidade, com as suas o mais emblemático dos novos edifícios,
ruas e praças vivas, cheias de movimento pelas suas linhas retas que me fizeram
de gente que se passeia e faz as compras lembrar um escopro a esculpir todas as
da semana. É o sol de inverno que ajuda formas de arte que apresenta, em forma de
por estas terras que tão bem sabem o que exposições de pintura, escultura, concertos
é verdadeiramente frio e calor. clássicos ou recitais. O espaço oferece
A sua condição de cidade interior dá-lhe
por isso uma nova alma e Castelo Branco PAPAS DE CAROLO
tem crescido de forma a tornar-se mais
moderna, mas também mais prazerosa, A gastronomia da Beira Baixa encontra
tanto para se viver, como visitar. em Castelo Branco um excelente pólo
Por ventura a pensar nos verões difusor. Um dos doces mais tradicionais
escaldantes, onde os 40 graus batem com são as Papas de Carolo, preparado de
frequência, esta cidade alba conseguiu milho, amarelo ou branco triturado mais
nos últimos anos agregar um dos mais grosseiramente que a farinha de milho. Um
interessantes conjuntos de praças, jardins saboroso cruzamento entre o leite-creme e o
arroz doce.
12
fevereiro de 2016

ainda a possibilidade de visitas guiadas, antecipar qualquer invasão inimiga. passear por este espaço é uma verdadeira COMO IR
ou por conta própria, com recurso a Este é um castelo Templário, do século descoberta e uma viagem às “modas” de
tablets, numa espécie de simbiose com arte XIII, parte integrante da linha defensiva do outros tempos. De Lisboa, circular pela A1 sentido norte até
digital. Tejo, de que faziam parte outros castelos A entrada do jardim faz-se pela Rua à saída para Torres Novas. Entrar na A23 até
como o de Almourol, de Monsanto, de Bartolomeu da Costa, zona histórica de Castelo Branco.
EXCELENTE OFERTA CULTURAL Pombal, de Tomar e o Castelo do Zêzere. portados quinhentistas, e onde também Do Porto, seguir pela A1 até à saída Lousã,
Atualmente a sua torre de menagem está se encontram o Museu Francisco Tavares Soure, Condeixa para a A13 onde deverá
Com estes dois exemplares bastaria bastante arruinada e da cerca medieval Proença Júnior, sedeado no antigo Paço permanecer até à convergência com o IC8 na
para pensarmos que Castelo Branco restam alguns troços de muralha, como Episcopal, e o Parque da Cidade. saída para Castelo Branco. Seguir até à saída
muito se debruça sobre a cultura. E tal é a Torre do Relógio. Ver daqui a capital Passando o portão de ferro, o jardim para a A23 em direcção a Castelo Branco.
efetivamente verdade. Os albicastrenses, da Beira Baixa é a certeza do passado divide-se em quatro sítios diferentes,
comparando com outras cidades de e do presente, numa cidade em que mas interligados através da entrada, do ONDE COMER
interior, inclusive raianas, não se podem a tradição e o moderno vencem pela patamar do buxo, do Jardim Alagado e
queixar da sua oferta cultural. Há, por homogeneidade. o Plano Superior. Todo o espaço tem um A Cozinha
exemplo três museus e até um centro de significado e foi construído tematicamente. Rua Dr. João M. Grave – Lote 153 R/Esq.
interpretação, que nos ajuda a revistar a JARDIM DO PAÇO EPISCOPAL Por exemplo, no patamar do buxo estão Castelo Branco
cidade de outros tempos. cinco lagos que representam as chagas de Especialidades: arroz de pato, feijoada de
Para além do Museu do Canteiro, do Relativamente perto do castelo fica o Cristo e é também aqui que se encontra a marisco, espetadas de porco, peixe grelhado
Museu das Artes e Ofícios e outro no Paço antigo Paço Episcopal e o seu belíssimo célebre Escadaria dos Reis, onde os reis Telf: 272 323 677 / 969 995 255
Episcopal, do qual falarei mais adiante, jardim. Um espaço completamente espanhóis aparecem mais pequenos que os A Mila
não posso deixar de destacar o Museu atípico e cuja sumtuosidade demonstra na portugueses. Noutras zonas encontramos Rua do Campo de Futebol, Casal da Fraga
Cargaleiro, ilustre filho da terra que por perfeição a importância que a cidade teve referências aos Signos do Zodíaco, às São Vicente da Beira
aqui expõe as suas maravilhosas obras outrora. Trata-se de um dos mais originais Quatro Estações do Ano, ao Fogo e à Especialidades: cabrito assado no forno, leitão
e expressões como pintura, cerâmica, exemplares da arte Barroca em Portugal e Caça. assado no forno à casa, bacalhau à casa
escultura, azulejaria e tapeçaria do artista Já no Museu Francisco Tavares Proença Telf: 272 487 189 / 966 610 759
português. Fica na rua dos Cavaleiros, Júnior, com um espólio rico em peças Encosta da Muralha
transformada numa lindíssima praça, a arqueológicas, podemos encontrar as Urb. Encosta do Castelo, Lote 19 r/c
fazer jus ao Museu, e bem no coração da típicas tapeçarias albicastrenses, com as Especialidades: Peixe fresco, bacalhau,
Zona Histórica da cidade, nas imediações suas colchas de linho bordadas com fio de cabrito, maranhos, enchidos e doces
da Praça de Camões, popularmente seda natural em cores vivas, conhecidas conventuais.
conhecida como Praça Velha. como bordado de Castelo Branco. Se a Tel.: 272 322 703
É nesta “velha praça” com os seus carteira o permitir, adquira um destes belos As Violetas
“arcaicos edifícios” que se esconde o exemplares do artesanato português. Rua Tomás Mendes da Silva Pinto, Lote 3 R/C
Arco do Bispo. É um maravilhoso ex-libris E num final de passeio pela capital Dto
arquitetónico, uma casa de meados do Beirã, descobrem-se ainda testemunhos Especialidades: açorda de bacalhau c/
séc. XIII, primeira residência temporária couve, papão de peixe, tartiflette, bife de vitela
dos bispos da Guarda nesta cidade, que “às violetas”
tem nas suas fundações um arco que faz Telf: 272 347 907
de túnel entre os vários edifícios da Praça.
Dizem ter sido a Porta do Pelame, uma ONDE FICAR
das portas de defesa da cidade, sendo
do outro lado visível a Porta Monumental, Tryp Colina do Castelo Hotel HHHH - Desde
que servia de acesso à residência do 57€ quarto duplo/noite
Bispo. Império do Rei HHH - Desde 42€ quarto
Mas de testemunhos de defesa nesta duplo/noite
cidade há o castelo, edificado num ponto Herdade da Urgueira (Vale de Pousadas) –
mais elevado que, tal como em tantas Desde 55€ quarto duplo/noite
outras cidades de fronteira, permitia
vislumbrar todo o território em volta, para de uma comunidade judaica que em
Castelo Branco se refugiou nos tempos
em que estes eram forçados à conversão
ou expulsos do seu país. Estão inclusive
criados roteiros que percorrem as ruas do
casco medieval reconstituindo a possível
delimitação da velha judiaria. Em portadas
de casas da Rua d’Ega, da Rua Nova
e da Rua da Misericórdia podemos
encontrar vestígios dos sefarditas que aí
viveram e perceber a importância que
Castelo Branco também tem na História da
Humanidade. >

AS “DOCAS” DE CASTELO BRANCO Especialidades:
Pratos de bacalhau exclusivos
A vida noturna de Lisboa é sobejamente conhecida na zona das docas. Mas Castelo Branco não lhe Peixe fresco (de Mar) recebido da lota 3 vezes por semana
fica atrás na “movida”. A cidade respira um ar muito jovial e por ser facilmente percorrida a pé, é Pratos regionais (Cabrito, maranhos e enchidos)
comum encontrar os albicastrenses a desfrutar das opções de entretenimento que se foram erguendo. Garrafeira selecionada (mais de 250 referencias)
É o caso das “Docas Secas”, como é popularmente conhecida a praça junto do município que oferece Doces conventuais
tanto um espaço de descontração como de animação. Todos os caminhos de Castelo Branco vêm aqui Queijos da região
dar, e todos os seus habitantes chegam aqui para desfrutar dos vários cafés, restaurantes e bares que Fácil acesso (atrás do hospital, mt perto do Castelo)
estão abertos todos os dias, de manhã à noite. Com esplanada
A oferta é vasta, e o espaço que pela manhã serve o pequeno-almoço pode muito bem transformar-se Urbanização Encosta do Castelo, Lote 19 R/C | 6000-776 CASTELO BRANCO
à noite num bar com música. De verão ou inverno, este é o ponto de encontro de todos os que querem GPS: 39º49’28.5 “N7º29’57.2”W | Telefone: 272 322 703 / 969 674 150
aproveitar as horas para além do trabalho e é geralmente o início de serões bem passados entre [email protected] | www.encostadamuralha.com
amigos, rumo a uma sessão cinematográfica no Cine-Teatro ou a um “pé de dança” numa das muitas
discotecas que Castelo Branco mantém para sua exclusiva animação. 13

fevereiro de 2016

> curtas (SÓVIDOAO- AEMAESSYTJEERTDÃO) COMO IR

45€D E S D E Dada a proximidade entre Roterdão
P/PESSOA Amesterdão (distam cerca de 70 km), são
preferíveis voos para a capital holandesa e
Roterdão 69€D E S D E seguir de comboio para Roterdão. Existem
voos diretos e mais companhias a operar esta
P/ NOITE | QUARTO DUPLO rota, incluisve a TAP.

BAARLSOETTXIOTAENNRDHDEOARTM4EHL ONDE FICAR

MARAVILHOSA CIDADE PORTUÁRIA Inntel Hotels Rotterdam Centre HHHH -
Desde 131€/duplo noite
Os bombardeamentos alemães à cidade estratégica de Roterdão deixaram o seu centro numa autêntica Leuvehaven 80
Holiday Inn Express Rotterdam HHH
terra de ninguém. Da outrora bela cidade portuária da Holanda restavam resíduos dos seus imponentes - Desde 99/ duplo noite
Weena, 121 - Central Station
edifícios, alguns ainda do tempo de Erasmo. Hoje, a elegante Roterdão é uma metrópole mutante, para
ONDE COMER
que o seu coração não volte a ser tão friamente atingido.
O Mercado Municipal é local obrigatório
Texto: Sara Cunha Ferreira para um almoço ou lanche. Há um sem
número de iguarias por onde escolher, desde
Roterdão é uma cidade comunicante, como fundo às famosas selfies. e navios que dão um charme encantador a a mais holandesa à “universal”.
com as suas pontes que ligam os As imediações da Câmara são em si um estes “bairros”. Parkheuvel
rasgões do rio Maas. Não é uma destino muito próprio. A rua Meent, por E como de mar se fala, o Museu Marítimo Heuvellaan, 21
cidade de canais, como Amesterdão, exemplo, que ladeia o edifício da Câmara, de Rotterdam é de visita obrigatória. Fica Para uma experiência gastronómica e visual
mas também deve à água a sua é muito conhecida pelos seus cafés e em Leuvehaven e é um verdadeiro mundo de ímpar. Restaurante internacional galardoado
existência, não fosse durante séculos o mais restaurantes, e a Beurstraverse, conhecida objectos marítimos e experiências interativas, com duas estrelas Michelin.
importante porto do mundo. por Koopgoot e que passa por baixo da como visitar um navio de 1868. Citroen
Depois da devastação da Segunda Guerra Coolsingel, ou a rua Lijnbaan, do lado oposto Outro navio que se pode visitar é o SS Prinsendam, 130
Mundial, em que Roterdão foi tomada à Câmara, acessível pelo eléctrico (paragem Rotterdam (em Katendrechtse Hoofd), Cozinha mediterrânica num ambiente
de assalto pelas tropas alemãs, o centro com o nome da rua), são um dos pontos atracado num dos cais da cidade para o rio descontraído.
da cidade viu-se obrigado a renascer obrigatórios para os amantes das compras, já Maas. É o maior navio de passageiros já Eau Lounge
literalmente das cinzas, mantendo apenas que aqui se encontram as grandes cadeias da construído em solo holandês, da companhia Boompjes, 750
um par de edifícios emblemáticos que moda e marcas famosas. de cruzeiros Holland America Line. Além de Restaurante com vista para a ponte Erasmus.
testemunham a história deste país. Uma das provas da modernidade de poder visitar este belo navio de 1959, pode Gastronomia de fusão.
Um deles é a St. Laurenskerk, ou Igreja de Roterdão, e da sua constante mudança, são ainda passar uma noite e desfrutar do por do
São Lourenço, o único edifício medieval que os gigantes arranha-céus que vão surgindo sol a bordo (visitas das 10h às 17 horas). O QUE COMPRAR
restou, exemplo da arquitetura do século XV, no horizonte da cidade. No “bairro” Mas o tema mar não se esgota em Roterdão,
após os bombardeamentos de 1940. Kop van Zuid está o edifício mais alto da naturalmente. Em Westelijk Handelsterrein Uma vez na Holanda, não há como não
Não deverá ser este o ponto de partida Holanda, o Maastoren, mas por todas as podemos conhecer um antigo complexo comprar umas tamancas, tulipas e outros
para mergulhar por Roterdão, mas a visita artérias de Roterdão esta paisagem é uma de armazéns portuários, agora restaurados souvenirs. A Plaza Rotterdam ou a Prins
a esta igreja é incontornável não pela sua constante, até porque foi aqui que nasceu o para dar lugar a lojas, galerias, restaurantes, Alexander são alguns dos locais com lojas de
espetacularidade, já que há outras de maior primeiro arranha-céus em todo o mundo – a bares e discotecas. lembranças.
imponência, mas pelo simbolismo que Casa Branca (Witte Huis). É uma cidade fantástica, com um casamento
carrega para os holandeses. Porém, arquitetonicamente existe um entre os cais portuários e seus antepassados O QUE COMER
A minha primeira impressão da cidade é conjunto fascinante e totalmente diferente com a modernidade dos arranha-céus e
a moderníssima estação ferroviária, depois em Overblaak: as Casas em Cubo. São um arquitetura futurista. Apesar de ser a segunda Bitterballen, snack de carne em forma de
de apanhar o comboio desde Amesterdão. ícone da cidade, um conjunto de casas em cidade mais importante da Holanda, nada almôndegas para mergulhar em mostarda.
Apesar de Roterdão ter aeroporto (The cubo, erigidas em 1984, que formam uma fica a dever a Amesterdão. Pelo contrário, Hutspot, é o prato nacional holandês. Carne
Hague), não existem ligações directas a árvore. Apenas uma casa não está ocupada, Roterdão é tão ou mais bela que a capital cozida com puré de legumes à base de
partir de qualquer das cidades portuguesas para poder ser visitada, numa experiência holandesa, na sua constante invocação ao cenoura, feijão branco, batata e cebola.
e, tendo em conta a excelente oferta de nada menos que surreal, pela sua inclinação mar, às balsas e grandes navios que contam
transportes públicos na Holanda, é preferível a 45 graus. histórias de marinheiros. > MERCADO MUNICIPAL
voar até à capital e daí apanhar um DE ROTERDÃO
comboio. CONTAR O PASSADO DICA
Descendo a rua da estação dos comboios No Zoo de Roterdão (Diergaarde Blijdorp) O mercado coberto de Roterdão é a
em direcção a Weena, avenida larga Passando de ponte em ponte, recordamos não deixe de visitar o Oceanium, um mais recente atracão da cidade. Com o
ladeada por edifícios modernos, caminho incessantemente a essência portuária túnel de 22 metros no fundo do mar, onde tamanho de um campo de futebol, além
para chegar a Coolsingel, onde se encontra da cidade. É o caso de Delfshaven, em é possível ver muitos animais marinhos do edifício ser lindíssimo, no seu interior
o edifício da Câmara de Roterdão, o outro Veerhaven, depois de atravessar a ponte e costeiros, como tubarões, tartarugas, não faltam chamarizes visuais, com tudo
que faz par com a Igreja de São Lourenço Erasmusbrug e a fantástica paisagem que lontras marinhas, papagaios-do-mar e o que se pode esperar de um mercado
na resistência às tropas alemãs. É um dos nos oferece. Há o recortar tradicional pinguins-rei. municipal. Por aqui há uma centena de
edifícios mais fotografados de Roterdão, até holandês das casas, e os veleiros, barcos vendedores de peixe, 15 lojas de comida
e oito restaurantes. Da comida à bebida,
14 passando por flores e plantas, verdadeiras
iguarias dignas do chef mais gourmet, às
sanduíches para almoços apressados, este
espaço é o local ideal para se sentir o
pulsar dos holandeses, para experimentar
as variadas delicatessens e comprar
inclusive uns sabores exclusivos.
O mercado fica na área de Blaak,
acessível por qualquer meio de transporte
(Rotterdam Blaak), e está aberto ao público
das 9h às 20 horas.

fevereiro de 2016

1345€D E S D E > lá fora
QUARTO DUPLO
Guia de Viagem
2LRONESMOGAIIIPTNMOETEUCSLALIDORP|ACUA3KUIN+SAIOTT|R1OII|TEN1EMONSIOSSTAAIETLLEYY
Localização: A 560 Km do arquipélago de Cabo
VD|3OCEMROGIARUESULCFLIDOUETAEJIIIAILÇVTLNMOÕOIIASCCEE|GBVASNLOEILDTUSNAO|IUISST|:RE7(A|3GATNSENUAOCMRXTIOTOAETMESOIS) Verde, o Senegal confina com o Oceano Atlântico
AGÊNCAIABDREEVUIAGENS: a oeste, a Mauritânia a norte e leste, o Mali a leste
e ainda a Guiné e Guiné-Bissau a sul.
Moeda: Franco CFA Ocidental (1€ equivale a
655,96 F CFA)
Língua oficial: Francês
Fuso horário: mesma hora de Portugal Continental
Clima: Tropical (há variantes consoante as zonas)
Dakar: + de 30ºC de junho a outubro; 24 a 27ºC
nos restantes meses
Chuvas raras no verão
Saúde: Vacina contra a febre amarela obrigatória;
ingerir apenas água engarrafada

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Não é necessário visto de entrada
Passaporte: validade mínima de 60 dias
São aceites cartões de crédito em hotéis
É possível levantar dinheiro em caixas automáticas
mas nem todos os bancos aceitam cartões de
crédito para levantamentos
Taxa turística hoteleira de 600 F CFA (às vezes já
incluído na diária)
É costume deixar gorjeta nos restaurantes

Senegal É um dos países mais visitados da
África Ocidental, destino dileto
UMA EXPERIÊNCIA PARA A VIDA dos franceses e belgas que
enchem as praias da Petit Côte
Com as suas cores e os seus cheiros tão característicos, África tem o condão de nos conquistar e o a norte de Dakar e com quem
compartem a língua e alguns sabores
Senegal, a “Porta de África” é exemplo disso. A pouco mais de três horas e meia de voo, aterrar em da gastronomia. Senegal é o país da
“Teranga” – uma palavra sem tradução
Dakar, a capital senegalesa, é entrar noutro mundo. Num mundo completamente diferente em usos e literal mas que significa qualquer coisa
como acolhimento, calor humano, bondade
costumes, em tradições, na paisagem, na fauna e na flora. Diferente nas pessoas que, no entanto, em e gentileza, alegria e tolerância. E essa
é uma realidade quando se contacta de
comum com os portugueses têm a alegria e a tolerância. Texto: Fernanda Ramos perto com as pessoas, aparentemente
fechadas numa primeira abordagem, mas
fevereiro de 2016 logo depois sorridentes e comunicativas.
País rico de cultura e artes, de artesanato
e tradições, é-o também em paisagens
diversificadas que vão das praias à
cosmopolita Dakar e passam por inúmeros
parques naturais, santuários da vida animal
que a UNESCO elevou a património
mundial. Como património mundial é
também a ilha de Gorée ou Goreia, a
escassos minutos da capital.
>Aterre-se em Dakar, ponto de partida para
outras andanças, quase sempre rumo às
praias de Sally Portudal, mas o Senegal
tem muito mais para ver e desfrutar. O
nosso conselho é que fique um pouco
mais por Dakar, dois dias pelo menos,
para melhor conhecer a cidade e os seus
atrativos, deambular pelos mercados e
visitar alguns bairros e locais mais típicos e
dar um pulinho a Gorée.
15

> lá fora

<Em Dakar, cidade bordejada por uma colares, pulseiras ou até flores, porque também há sacos e bonecas de pano, há regras: discutir o preço até à exaustão e
apenas chegámos e ainda não trocámos malas, pulseiras…e o mercado de não esperar moedas de troco. “Trocos” são
avenida larga à beira-mar, a Corniche dinheiro… A falta de moeda local tem Cobobane, o mais típico e tradicional, o raridade mas há sempre a possibilidade de
des Almadies e ladeada por mangueiras resolução, o câmbio pode ser feito ali: mais puramente africano, perto da antiga trazer mais uma pulseira ou um colar.
a pedirem água, há prédios altos e aceito euros, dizem-nos. Claro que sim, gare ferroviária e do porto. Mercados não Em Dakar vivem duas cidades, uma mais
hotéis modernos, avenidas largas e mas a operação quase nunca é vantajosa faltam, souvenirs há em cada esquina. Mas europeia, rica e “ordenada”, outra mais
condomínios de luxo, restaurantes também para o turista que paga em euros e recebe
de luxo, bares e até casinos, mas tirando o troco em francos senegaleses. E aí é fevereiro de 2016
esta vertente mais europeia, a capital que o câmbio não corresponde: 1€ vale
senegalesa é bem africana. Basta observar 656 francos, sabemos nós, mas ali podem
a azáfama que enche ruas e ruelas, ser 620 ou 600, depende de quem faz o
as cores fortes das vestes que cobrem câmbio e da simpatia que conseguirmos
mulheres e homens, sentir os cheiros conquistar. Há ainda o problema do
também fortes que chegam até nós, que arredondamento, para cima, por falta de
vêm de especiarias, peixes e frutas dos trocos. Isto para dizer que os 656 Francos
mercados. Atente-se também na algazarra serão 650. Conta certa.
que se ouve a cada canto, no som dos
tambores em tom festivo, nos edifícios que CIDADE DE MERCADOS
ainda ostentam traços coloniais.
Sentimos África logo à saída do aeroporto, Voltemos às ruas de Dakar, à África que
quando repetimos mil vezes que não se mostra ao turista nos muitos mercados
queremos que nos levem as malas – nós ao ar livre onde se vende de tudo, de
fazemos isso –, que não precisamos de sabão em barra a sapatos, de móveis a
transporte, que não compramos isto, alimentos, de lingerie a doces mais ou
aquilo ou aqueloutro, sejam estatuetas, menos gordurosos, passando por mil e
uma quinquilharias e pelos Guccis, os
DICA Pierre Cardin, os Dolce e Gabana a preço
São quase 250 Km e 4 horas por estrada de feira e inevitavelmente contrafeitos.
(pela N2 é o percurso mais rápido) mas Imperdível é a visita ao mercado de
há voos e a viagem compensa. Se for Sandaga, imenso e caótico, repleto de
possível vá até Saint Louis, antiga capital colorido, totalmente ao ar livre, ladeando
senegalesa que parece ainda parada no ruas e ocupando-as. Um local onde em
tempo. À beira do rio Senegal, mantém termos de meio de transporte tudo vale,
traços da época colonial e é, desde embora o mais típico seja o "transport
2000, Património Mundial da UNESCO. en comum", furgonetas de passageiros,
A imponente Ponte Faidherbe desenhada algumas profusamente decoradas, onde
por Gustav Eiffel e o jazz, são atrativos sempre cabe mais um, ou mais 10… à
suplementares. pendura, na traseira – leia-se, no exterior.
Há também o Marché Kermel agora num
16 belo edifício junto ao porto da cidade, um
mercado a saber a terra e a mar (produtos
hortícolas, peixe e marisco) e o Marché
Tilène, na Medina, a parte mais antiga
da cidade onde as ruas são estreitas,
cruzadas por carroças e em cada canto se
improvisa uma venda.
Há a cidade do artesanato Soumbédioune,
onde os ex-libris são as máscaras e as
estátuas em madeira de ébano, mas

vibrante e colorida, incomparavelmente mais HINO À NATUREZA
pobre. A poluição sonora (há buzinas a
tocar a cada momento) e o trânsito caótico O Senegal é também terra de várias reservas naturais, ou não utilizar o seu próprio veículo (alugado, claro) terá que desembolsar
fazem parte de ambas. Aparentemente os estivéssemos nós em África. Bem perto de Saly, a pouco mais de mais 15€, mais 7€ pelo guia obrigatório e um pouco mais de 60€
condutores senegaleses apenas conhecem 15 Km (N1 no sentido Mbour e Casamance), pode visitar-se a se for em todo-o-terreno da reserva.
a regra da “sua” prioridade, os outros Reserva Natural de Bandia, santuário de vida selvagem. É certo Perto de Dakar, a escassos 6Km está a Reserva do Parque Hann
que esperem. O peão atravessa as ruas que será difícil encontrar por ali os “Big7” mas poderá deleitar-se que inclui reserva natural e jardim zoológico.
literalmente por entre os carros. Também a observar girafas, rinocerontes, búfalos, antílopes, zebras e muito Fica bem longe, a cerca de 650 Km de Dakar, para o interior, mas
o fizemos, e constatámos que os carros, mais, tudo enquadrado em 3.500ha de uma natureza feita de não podíamos deixar de sugerir uma visita ao Parque Nacional
afinal, até param - a poucos centímetros dos baobás gigantes, arbustos espinhosos e lianas que tudo envolvem Niokolo-Koba, considerado o melhor do Senegal. Classificado
peões e raramente nas passadeiras que ali de forma caprichosa. Património Mundial pela UNESCO, o Parque tem 900.000
são meramente decorativas. Mas param. Visitar este santuário de vida animal custa 10.000 Fcfa, cerca de hectares e situa-se nas margens do rio Gâmbia. À partida de Dakar
Além da urbe e das praias, Dakar é 15€ por adulto, as crianças dos 3 aos 12 anos pagam metade. Se podem comprar-se pacotes de dois dias.
cultura. Visitas obrigatórias são a Grande
fevereiro de 2016 Mesquita, a pouco mais de 1Km do
mercado de Tilène, a Catedral da Memória
Africana no Boulevard de la République,
nas proximidades do Palácio Presidencial,
a Câmara Municipal e a Assembleia
Municipal na Praça do Soweto. A visitar
também são as muitas galerias de arte, com
destaque para a que é dedicada a pinturas
de areia. E há o que é impossível não ver,
o gigantesco Monumento da Renascença
Africana, inaugurado em 2010. No cimo
de uma escadaria imensa, a estátua tem 49
metros (é maior que o Cristo Redentor ou a
Estátua da Liberdade) e representa os 50
anos da independência do Senegal.
Também a não perder, a antiga Gare
Ferroviária de inícios do séc. XX, nas
proximidades do porto de onde partem os
barcos que ligam a Gorée. Também ali
perto os que gostam de arriscar podem
fazê-lo no Casino du Port.

MEMÓRIAS DO PASSADO

Fica a menos de 3 Km de Dakar, mas por

>mar, e é do porto que saem vários tipos de

barcos que a espaços de menos de uma
hora levam os turistas numa travessia que
não dura mais de 20 minutos e que nos
transporta ao passado, ao recolhimento
e quase silêncio de uma pequena ilha de
28ha dona e senhora de uma História feita
de feridas e lágrimas.
Mas há uma emoção e um fascínio que

17

> lá foraprendem os visitantes a Gorée, ilha que
pela sua situação geográfica, ao longo de
quase quatro séculos serviu de entreposto se confunde com Portugal e a verdade COMO IR confeção. E não podemos esquecer as muitas
negreiro, ponto de chegada e partida dos é que nos idos do séc. XV a zona foi frutas tropicais, ali bem sumarentas.
escravos africanos que cruzariam mares frequentada pelos marinheiros portugueses. TAP: voos diretos de Lisboa a Dakar
com destino às Américas. Hoje tudo é bem diferente e este trecho Duração da viagem: aproximadamente 3,5 ONDE COMER
Ocupada por portugueses que ali da Petite Côte senegalesa é preenchido horas
por empreendimentos turísticos, oferta já De Dakar a Gorée Dakar
<estabeleceram feitoria em 1444, vasta, para todos os gostos e bolsas. Os • Vários tipos de embarcações a partir do Le Ngor – Corniche des Almadies, em cima
operadores portugueses têm pacotes para porto da cidade da praia
holandeses, franceses e ingleses, a ilha Saly a preços razoáveis, mas no Senegal • Entre 15 a 20 min. de trajeto Perto do centro da cidade.
entra em declínio a partir da abolição as coisas não são baratas. Por ali fala-se • Bilhetes de ida e volta comprados no local: Decoração africana
da escravatura em 1848, mas sobretudo francês (além de dialetos locais como o 5.000 F (adulto), 2.500 F (criança) Cozinha: Grelhados, Africana, Frutos do mar
desde a criação de Dakar, cerca de uma crioulo) e paga-se “à francesa”, que o Serve bebidas alcoólicas
década depois. Mesmo assim só em 1929 mesmo é dizer que ao pagar um café ou ONDE DORMIR Preço: 20-30€
Gorée é anexada à capital. uma cerveja até pensamos que estamos em La Fourchette - 4 Rue Parent (Marche Kermel)
Ali é de passado que nos falam as pedras, Paris… Ibis Dakar, HHH Restaurante pequeno, acolhedor e romântico
as fachadas dos edifícios, as ruas íngremes Em Saly os aldeamentos permitem que se A 8 minutos da Place de la Independence Cozinha: Francesa, Mexicana, Asiática, Fusão
e estreitinhas, onde o trânsito automóvel é faça de tudo um pouco: pesca desportiva, |Centro de Dakar |vista para o mar Desde: Fecha sábado ao jantar e domingo
proibido, orladas de casario que lembra o vela, surf e windsurf, esqui aquático, golfe, 111€ | Quarto duplo | Sem pequeno almoço Preço: 30-40€
estilo colonial. Património Mundial desde ténis, equitação, safaris ao interior, e dali Novotel Dakar, HHHH La Cabane du Pêcheur - Plage de Ngor | BP 8
1978, por Gorée, ilha com 900 m de partem barcos para pesca grossa em A 5 minutos da Place de la Independence 679, em cima da praia
comprimento e 300 de largura, calcula- passeios de dia inteiro que ultrapassam os |Centro de Dakar |vista para o mar Desde: Decoração tradicional
se que tenham passado 20 milhões de 500 euros (se trouxer peixe no regresso 207€ | Quarto duplo |Pequeno almoço Cozinha: frutos do mar
escravos em direção às Américas, dos paga mais). Dizem os especialistas que incluído Sábados e domingos apenas almoço
quais seis milhões nunca lá chegariam. A vale o dinheiro, que vale até a viagem ao Radisson Blu Hotel, Dakar Sea Plaza, HHHHH Preço: 30-45€
“Maison des esclaves” (Casa dos escravos) Senegal já que ao largo de Saly já foram Route de la Corniche Ouest, Fann Corniche Le pointe des Almadies - Route des Almadies |
é de visita obrigatória. Construída pelos batidos recordes mundiais de pesca em A 20m da praia Pointe des Almadies
franceses no século XVIII, o piso térreo tinha alto mar para espécies como os merlins, as Desde: 282€| Quarto duplo | Sem pequeno Aberto todos os dias das 11h00 às 24h00
“jaulas” para os escravos, enquanto no barracudas e os espadartes. almoço Recomendado para famílias com crianças
andar superior, hoje museu, os “senhores” A praia é um dos atrativos de Saly. O mar Lamantine Beach, Resort & Spa, HHHHH Tem piscina
faziam negócio. Particularmente tocante é é de um verde profundo mas transparente, Saly Portudal Cozinha: Libanesa, Vietnamita, Francesa,
a Porta do Não-Regresso, no piso térreo, as águas mornas e porque o nível de sal Desde: 213€ | Quarto duplo | Meia Pensão Mediterrânea, Europeia
uma janela para o cais onde acostavam os enorme, quase permitindo a flutuação, Les Flamboyants, HHH Preço: 15-40€
navios negreiros – quem neles embarcava qual salinas. Não se esperem areais Saly Portudal
não regressava e através dessa janela, imensos em largura, porque o mar vai Desde: 79€ | Quarto duplo | Meia pensão Ilha de Gorée
a fuga (se oportunidade houvesse) era, ganhando espaço à terra e tem que ser Chevalier de Boufflers - Debarcadere de Gorée
inevitavelmente, para a morte. “parado” por enormes blocos de cimento O QUE COMER Na praia. Decoração simples
A visitar também o Fort D’Estrées, que o impedem de galgar para terrenos Cozinha: Peixes, frutos do mar
onde um museu relata a história do dos empreendimentos, mas as areias são Rica em cores e paladares, a gastronomia Tem vinhos europeus
Senegal e Gorée desde o neolítico à douradas e o por do sol ganha tonalidades senegalesa nasce de uma série de influências Preço: variável
independência, o Castel que resultou de fantásticas. culinárias. Ali se misturam sabores franceses,
várias fortificações erguidas na ilha, e a Outro aviso: há locais com rochas, pelo africanos, libaneses e até asiáticos. Nos O QUE COMPRAR
Igreja dos Portugueses, do séc XV, primeiro que o mais avisado é entrar na água com hotéis e restaurantes de qualidade, as cartas
monumento ali erigido. Acima de tudo a sapatinhos de borracha próprios para são variadas e propõem uma mistura de Os artigos mais populares são estatuetas em
ilha, onde reinam hoje as buganvílias, caminhar em recifes. Com estas cautelas, pratos tradicionais e cozinha de autor. Peixes madeira e máscaras de ébano, peças em
merece o passeio. Por ali o tempo corre bons mergulhos e bom descanso em areias e carnes grelhadas, a par de mariscos vários, couro e pele e telas decorativas Bogolan.
muito devagar, a paisagem convida ao finas e fofas à beira de um mar esmeralda, são o prato forte em regiões como Dakar, Tecidos de algodão, mantas e joias em ouro e
repouso e ao relax e, porque não, a desfrutando do calor, das cores, dos em Saint Louis, no norte e em Casamance, prata, são também opção. Mas seja o que for
um mergulho nas águas cálidas que a cheiros e das sensações de África. > no sul. que quiser comprar, é comum ter que regatear,
rodeiam. Thiebbu Jeen (arroz com peixe) é o prato mais embora as lojas já funcionem muito com
tradicional, aliás grande parte dos pratos preços fixos.
PARAÍSO DA COSTA ATLÂNTICA senegaleses levam arroz ou cereais na sua
fevereiro de 2016
A pouco mais de 20 km de Dakar, em
direção a Norte, pela Route Rufisque-
Niaga – Lac Rose,“mora” uma surpresa:
o “Lac Rose” ou Lago Rosa, ou ainda
Lac Retba, verdadeiro nome. O local
tornou-se famoso por ter sido, durante
anos, o ponto final do percurso do Rally
Paris-Dakar. Paraíso de flamingos, o lago
tem dimensões impressionantes (5 Km
de comprimento) e mais parece um mar
de águas paradas. O que espanta é o
tom róseo que as suas águas ganham
quando beijadas pelo sol. Não é milagre,
a cor deve-se a uma bactéria e à alta
concentração de sal das águas. Mesmo
assim é um fenómeno apenas visível na
estação seca, quando as águas baixam.
Neste local, a extração do sal é faina para
homens e mulheres e um atrativo mais para
os olhos dos turistas.
Mas é para sul que se deve seguir quando
se pretende chegar às praias de Saly
Portudal, reduto turístico por natureza.
São cerca de 70 Km através da A1
e N1 até chegar à joia da coroa do
turismo senegalês. Saly Portudal é o maior
complexo turístico da África ocidental, um
tesouro escondido entre Dakar e o delta de
Sine Saloum.
O nome desta estância balnear quase

18

> gastronomia

RESTAURANTE ORIGIN Restaurante Origin chegaram-nos combinados, para além de
Cais de Oficinas, Armazém gunkan, temakis, niguiris, makimonos, tempura
Festim gustativo 115, Rocha Conde de e rolos. Comi de tudo, repeti e não fosse a
Óbidos vergonha (e a carteira!), teria redobrado o
Lisboa pedido até saber como reproduzir em casa.
Tel.: 912057002 Na bebida não houve tempo para escolhas.
Perguntaram-me apenas a preferência pela
Terças, quartas e domingos: qualidade do gin. Chegou-me um generoso
12h – 24h Bulldog cítrico que também viria a ser repetido.
Quintas, sextas e sábados: Na imagem inicial de um conceito que
12h – 4h pretende ir atrás da moda, fiquei certa de que
a escolha de um Gin Bar num restaurante de
Foi um dos espaços mais badalados de Lisboa. Faz parte do meu roteiro Preço médio p/pessoa: 50€ sushi faz todo o sentido. São prazeres que não
de memórias boémias dos finais dos anos 90 que resistiu até junho passado, Não fumadores (tem se atrapalham, antes se complementam, num
quando calou de vez os sons das suas jam sessions na noite da capital. esplanada) hino à frescura de sabores, para além de não
Era o Speakeasy. Hoje é morada para uma feliz trilogia de sushi, gin e rio Tejo Tem estacionamento precisar de me deslocar a mais lado nenhum
que nos remete para as origens da cidade. Apresente-se o restaurante Origin. para um bom copo.
Por fim, para um final verdadeiramente feliz,
OArmazém 115 no cais da é completamente desprovida de qualquer Texto: Sara Cunha Ferreira teria de chegar uma sobremesa que não
Rocha Conde de Óbidos, a exagero e pode até dizer-se que é de uma desiludisse. Aromaki de chocolate e menta com
meio caminho entre Alcântara simplicidade fantástica, onde comandam mesas mediterrânica (mantendo o forte no peixe) e 34 gelado de nata e coulis de frutos vermelhos
e o Cais do Sodré, ainda austeras de madeira e cadeiras “de cada variedades de gin, entre cítricos, florais, secos, foi a escolha, embora tenha sido avisada que
pisca o olho às memórias nação”. A luz chega das janelas e lâmpadas frutados e herbais, de especiarias ou madeira, demoraria dez minutos a chegar à mesa, por
do Speakeasy. Mantém toda a sua estrutura suspensas de intensidade regulável, das quais mas também sake, vinhos, sangria, espumantes ser confecionada na hora. Acedi e em boa
encantadora de tijolo vermelho, com janelas quase não nos apercebemos. e champanhes, cervejas e refrigerantes. altura o fiz. Um delicado cruzamento entre a
em madeira e portas duplas, agora sem o toldo O ambiente é uma verdadeira viagem às Ao entrar, do lado esquerdo, o sushiman fina massa japonesa, num rolo de crepe que
e plantas de adorno, à entrada. A receber- origens da cidade, numa Lisboa virada para trabalha e nós temos o privilégio de explode entre a frescura da menta, o calor do
nos está o ainda “projeto” de esplanada que o rio e que dele retira tudo o que necessita. acompanhar todo o processo. chocolate, o doce do gelado e a acidez do
em março deverá ocupar toda a frente do Faz-nos pensar os tempos em que os barcos coulis.
restaurante até à água. por aqui atracavam com as suas mercadorias, EU VERSUS SUSHI O tempo correu entre a boa conversa e melhor
Já o interior é um verdadeiro exercício de imaginando a azáfama por entre estas oficinas. comida, temperada pelo gin. As luzes foram
localização de espaços. Já não há quadros Com base neste conceito nasceu há um mês o Visitei o Origin a convite, convencida pelo adormecendo e uma Lisboa de arrebatar
nas paredes, o enorme lustre desaparece e o Origin, restaurante que combina a gastronomia regresso ao passado e pelo facto de servirem esperava do outro lado da porta, com os
palco deu lugar a um Gin Corner. A decoração japonesa com apontamentos da cozinha pratos mediterrânicos - não sou apreciadora mastros dos veleiros a cortarem o horizonte e
de sushi e o gin passa-me ao lado. À partida o reflexo da lua nas águas do silencioso Tejo.
ORIGIN A BORDO gostei da ideia de haver alternativas e pareceu- Para “esquecer”, apenas os preços. Mas já se
me uma verdadeira opção democrática sabe, o sushi, tal como os bons prazeres da
Como se um restaurante de excelência não fosse suficiente, Rui Santoro, proprietário e criador para jantares de convívio. O certo é que ao vida não têm preço. >
do Origin, quer elevar ao expoente máximo a experiência de mar que Lisboa nos proporciona. ver os pratos que cirandavam pelas mesas
Por tal, o conceito não se resume à tradicional restauração, saindo mesmo das quatro paredes convenceu-me a abdicar da segura cozinha EMENTA
mediterrânica para entrar no jogo de quem me
do restaurante para subir a acompanhava. Pela sua característica democrática, entre
bordo de um veleiro Origin Resultado: 2h30 de puro deleite, da cozinha japonesa e mediterrânica, a carta
ou seu. responsabilidade de Otávio Melo, antigo do Origin é muito vasta. Seguem como
Ou seja, com o Origin Sushi sushiman do Altis Belém Hotel. À mesa exemplos os combinados de sushi, sempre
Boat tem a oportunidade de uma boa aposta entre amigos.
ver Lisboa do lado do rio,
descontrair ao sabor do vento Combinado Sashimi
e ainda desfrutar das iguarias Origin (30 peças) – 37,50€
do restaurante. Se o veleiro é
seu, também há resposta, já Combinados (Sushi e Sashimi)
que o Origin faz entregas na Vegetariano (16 peças) – 16€
Doca do Espanhol, Alcântara Combinado (18 peças) – 19,50€
e Bélem. Combinado (35 peças) – 37€
Encomendas: 912 819 712 Especial do Chef (45 peças) – 52€
Horário de entregas: 12h – 22h
Sobremesa
fevereiro de 2016 Aromaki de chocolate e menta com gelado
de nata e coulis de frutos vermelhos –
5,50€

19

> ficar

Hotel Santa Margarida

CHARME ACOLHEDOR ENTRE O XISTO E O PINHAL

Em Oleiros, no distrito de Castelo de Branco, em meio de uma paisagem dominada por pinheiros e terras

que são de xisto e argila, há um hotel que surpreende pela qualidade das instalações e serviço, o Hotel

Santa Margarida que ao design contemporâneo alia a influência do que de mais tradicional existe na

região e das aldeias de xisto que por ali proliferam. Um hotel surpreendente, aconchegante e charmoso

à espera de ser descoberto.

Texto: Fernanda Ramos

Em plena vila de Oleiros, povoado encostas sempre encimadas pela torre da Ao Hotel Santa Margarida cheguei ao início oferece-se em espaços amplos, o hall abre-
que resiste desde os tempos igreja… de uma noite de inverno. O termómetro se, em frente e para a esquerda, desafogado
medievos, com raízes que se Faço por isso uma declaração de rondava os 4ºC e à medida que a noite mas aconchegante. Um conforto que vem de
perdem no tempo, ergue-se o Hotel interesses: ainda sem ter entrado no hotel ia adentrando, o mercúrio descia. Mas uma das lareiras, que logo divisei e senti, do
Santa Margarida. Implantado já estava meia apaixonada pelo cenário portas adentro, duas crepitantes lareiras mobiliário, do cuidado posto na decoração
num dos locais mais emblemáticos da que o envolve, pelo inesperado de uma emprestavam ao hotel o aconchego das e, sobretudo, das cores quentes, feitas de
vila, paredes-meias com a ribeira que construção moderna e cúbica, ali em meio casas de aldeia. Cativaram-me as lareiras, tons vermelhos, esverdeados e terra.
leva também o nome de Oleiros e de que de terras “duras”, de xisto e argila, onde o como me cativou todo o hotel. Saltam à vista enormes jarrões vermelho-
ocupou um pedaço da margem esquerda, o gelo nos visita desde o cair da noite. Transpostas as portas de vidro, o hotel escuro, o mesmo tom que vemos em alguns
hotel surpreende, desde logo pela sua traça sofás, nas paredes que sobem ao primeiro
arquitetónica moderna, de paredes direitas andar, em carpetes decoradas a branco,
onde o branco se junta ao avermelhado do refletindo no seu desenho as árvores
barro e ambos se aliam ao xisto que aqui e despidas que aparecem também pintadas
ali adorna as paredes. na parede fronteira do bar. Há esculturas,
Com pouco mais de três anos de peças que retratam a vida rural em tempos
existência, o Hotel Santa Margarida ostenta idos (um antigo tear, um alambique, bancos
orgulhosamente as suas quatro estrelas e a de madeira), com o hall a transformar-se em
elas faz jus: nas instalações, na decoração, galeria de arte.
no acolhimento e serviço e, claro, na mesa,
ou não estivéssemos nós em terras beirãs. DICA
Para quem vai de Lisboa, chegados a
Oleiros o centro histórico fica à esquerda, Na região do Pinhal Interior Sul, o Hotel
com o hotel a despontar do lado oposto, Santa Margarida pode ser ponto de partida
transposta uma pequena ponte sobre a para vários passeios. Sugerimos que vá
ribeira que empresta um frescor primaveril a pé até ao centro da vila e não deixe de
em dias que o sol desponta, mesmo que visitar a igreja, de belo altar. Não perca
seja inverno. Confesso que isso me agrada, também uma visita à igreja do Estreito,
a proximidade da água, o barulho ténue freguesia vizinha, de arquitetura e interiores
do seu correr, o poder ver no horizonte modernos. Outro local de visita obrigatória,
povoados que parecem encavalitar-se em a praia fluvial de Açude Pinto, de grande
beleza mesmo no inverno.
20
fevereiro de 2016

O que salta à vista é também a pedra ou as sopas que por ali ganham um sabor
que traz à memória as aldeias de xisto diferente, mais autêntico, e aquecem o corpo
tão comuns naquela região. Há uma e a alma nas noites mais frias.
colada à receção, outra a acompanhar Para terminar a refeição, para ajudar até
todo o restaurante que ali se segue ao bar, à digestão de tamanhas iguarias em doses
separado por uma parede de onde, de um generosas, nada como um medronho –
lado e do outro, sai o calor das tais lareiras, não, não falo do fruto, falo mesmo é da
uma delas a parecer “encavalitada” sobre aguardente de medronho que muitos não
um pequeno degrau de xisto e argila. sabem mas é característica desta região. O
Em terra de floresta, não faltam as madeiras, medronho “queima” pelo seu elevado teor
nos móveis, no chão, a exercerem função de alcoólico, como o povo diz “aquece até
biombo separador de espaços. E às linhas os ossos”, por isso, se não está habituado
quadrangulares dos sofás contrapõem-se os a bebidas fortes opte por um licor – de
pontos de luz, candeeiros estilizados em que medronho ou de castanha, por exemplo.
as linhas retas e curvas se combinam. Aprecie um ou outro de forma lenta, que
Sala de estar e bar são locais aprazíveis por ali o tempo não foge, confortavelmente
para se descansar de um passeio pelas sentado no Bar Raízes ou na sala de estar
cercanias, verdadeiros refúgios de bem- que leva o mesmo nome, ambos junto ao
estar. Como o são também os quartos, restaurante Callum. Se for inverno deleite-se
que ali são 23, incluindo quatro suites, com o aconchegante calorzinho que vai
todos luminosos, de design e mobiliário saindo da lareira, ou não fosse esta uma
contemporâneo e, sobretudo, com dimensões zona rural. >
inesperadas. Somando ao espaço de dormir
uma ampla zona de estar, secretária e
varanda, em todos eles ressalta a elegância
da decoração, o conforto e aconchego
que proporcionam. Há mesmo requintes a
merecerem ser sublinhados: a ardósia em
que nas casas de banho descansam os
amenities (pode usá-los sem medo que são
de boa qualidade), a cómoda prateada,
encimada por um espelho também em cor
prata, que se encontra nas suites, onde há
também paredes revestidas a xisto e lareiras
orladas a tijolo.
Do primeiro andar, piso de quartos, vê-se a
receção, e entre um e outro piso “cai” um
enorme candeeiro, mais uma peça de arte e
design a juntar a tantas outras que recheiam
o hotel.
A atmosfera tranquila e relaxante do interior
prolonga-se no exterior, na zona das piscinas
que parecem abraçadas pelas margens da
ribeira, nos espaços ajardinados onde não
falta um parque infantil, uma horta biológica
e a cafetaria Torna, com um terraço que se
abre sobre o riacho.
É também ali que está o forno de lenha
onde aos domingos é confecionado o
célebre cabrito estonado, iguaria máxima
da região.

ONDE O CABRITO É REI E O FICHA TÉCNICA
MEDRONHO PEDE MEÇAS
Hotel Santa Margarida, 4H
Num hotel que aposta nas artes VINHO CALLUM: DOS CELTAS PARA OLEIROS Oleiros
gastronómicas como forma de diferenciação, 19 quartos | 4 suites (uma ideal para famílias
misturando, de forma sábia, a modernidade Callum, já o disse, é o nome do restaurante do Hotel Santa Margarida. Pode parecer estranho, mas de até 5 pessoas)
da apresentação dos pratos com o Callum é também nome de vinho. Um vinho genuíno da zona de Oleiros, feito a partir da casta que Equipamentos: minibar, ar condicionado, TV,
melhor das iguarias regionais, há um sem leva o mesmo nome e que provém dos tempos em que aquelas terras foram ocupadas pelos celtas. O secador de cabelo, secretária, zona de estar,
número de sabores que se misturam e há nome assenta como uma luva quando pensamos na sua tradução: Callum significa “pele dura, crosta”, cofre e estores elétricos
paladares a que não se resiste. Por ali, o que fica bem em terras que são de xisto. Ao longo dos tempos perdidos no próprio tempo, o vinho Restaurante Callum (cozinha regional)
o foco é a cozinha regional, assente nos Callum a tudo resistiu, fosse a pragas ou doenças, talvez por ser “duro”, talvez por encontrar ali, Bar Raízes
produtos que a terra dá e em pratos que nas margens da ribeira de Oleiros e na freguesia de Mosteiros onde continua a ser cultivado, o meio Cafetaria Torna
se tornaram emblemáticos da região – e ambiente que lhe é mais propício. Piscinas exteriores para adultos e crianças
mais emblemático da região que o cabrito Ligeiro e de fraco grau alcoólico, muitas vezes comparado ao vinho verde, é usado quase só de forma Jardins
estonado, não há. doméstica, embora o seu processo de comercialização esteja já em curso. Horta biológica
O cabrito estonado é de Oleiros e o Mas se o quiser degustar, é bem possível que o consiga fazer no Hotel Santa Margarida, onde os Parque infantil
restaurante Callum, do Hotel Santa produtos regionais são reis e senhores. E não se espante também se ali por Oleiros, alguém lhe der a Forno a lenha
Margarida, faz-lhe as honras a cada provar a geleia de Callum, que existe e é saborosa.
domingo, com a iguaria a ser confecionada COMO CHEGAR
em forno de lenha, ali mesmo nos jardins do
hotel, onde o cliente pode presenciar todo Do Porto: A1 direção Coimbra; A13 para
o processo da sua feitura, ou até mesmo Miranda do Corvo (saída IC8 Castelo
participar nela. Branco); IC8 direção Sertã/Oleiros; N238
Se o cabrito estonado é rei no Callum, os direcção Oleiros.
maranhos, outra das iguarias típicas da De Lisboa: A1 para Norte; A23 direção
região, bem como os enchidos ou os queijos, Abrantes/Vila de Rei; N2 para Sertã; N238
não lhe ficam atrás. direção Oleiros.
Mas há outras especialidades de fazer De Coimbra: A13 direção Mirando do Corvo;
crescer água na boca, como o pato Saída IC8 Castelo Branco; Saída Sertã/
confitado, que tive o prazer de experimentar, Oleiros; N238 direção Oleiros
fevereiro de 2016 GPS: 39.915707 / -7.910946

21

> experiência Praça da Constitución, em cujos pórticos se
vendia um pouco de tudo há dois séculos
atrás - até à ribeira do Berbés, o Mercado
de A Pedra ou a Praça da Pescadería –
onde pode provar as famosas ostras – (ver
dica), o centro histórico popularmente
conhecido por “Casco Vello” merece mais do
que um passeio.

CELEBRAÇÃO MAIS EMBLEMÁTICA

Vigo Programe uma escapada a Vigo no último
fim de semana de março, para poder
AQUI TÃO PERTO celebrar a festa mais emblemática de Vigo
no Bairro Histórico: “A Reconquista”.
É a maior cidade da Galiza, mas com distâncias curtas para aproveitar cada dia. Acolhedora, flexível, O centro histórico da cidade revive o
manejável, Vigo é uma cidade a visitar, até pela proximidade que tem a Portugal, principalmente com o século XIX e transforma-se num enorme
norte do país. A cidade fica aninhada nas límpidas águas da ria e é famosa pelo seu porto, que abraça mercado ao ar livre, na qual, em cada
completamente a cidade, uma vista espetacular principalmente quando estão atracados navios de cruzeiros. esquina encontramos “franceses a lutar
contras vigueses”. Pessoas mascaradas de
Lembro-me bem que há uns anos atrás desfrutar do sol no verão. Aproveite para Texto: Maria Morgado soldados, pescadores e camponeses, as
as pessoas iam a Vigo, mas não tinham ver o incrível por do sol sobre a ria. Caso ruas enfeitadas ao estilo da época, uma
tempo para apreciar os encantos que a prefira, pode regressar ao centro para ver final do século XIX, o Teatro Caixanova. verdadeira viagem ao passado. O momento
cidade oferece. O objectivo era fazer o crepúsculo no miradouro da Oliveira, no Vigo respira a partir do seu centro histórico, culminante é o episódio na rua Gamboa, no
compras nos armazéns El Corte Inglés, Paseo de Alfonso. a sua carismática zona antiga: uma pequena qual se simula o derrube da porta da vila.
uma vez que Portugal ainda não estava na No primeiro dia conheceu a metade oeste aldeia no meio de uma cidade industrial Os mercadores locais vendem deliciosos
rota desta grande marca espanhola. Hoje, da cidade e as suas praias, no segundo e barulhenta. O processo de reabilitação manjares, desde navalheiras e mexilhões
será diferente. E se ia à cidade e ficava dia rume a leste. De manhã, poderá iniciar ainda a decorrer permitiu devolver a empanadas, churrasco, acompanhados
fechado o dia inteiro, convidamo-lo agora a um percurso pelo passeio de As Avenidas gradualmente a vida a este belíssimo bairro de vinhos da terra e licores tradicionais.
desfrutar toda a beleza natural, paisagística perto do porto desportivo, pela zona do de vielas e ruas que serpenteiam até ao mar. Esta grande festa de Vigo continua até
e histórica de Vigo, mesmo que seja numa primeiro “ensanche” da cidade, onde há Hoje, novos negócios e estabelecimentos altas horas da noite, num ambiente de rua
escapada de fim de semana. uma imensidão de exemplos da arquitetura estão a abrir em ruas como Palma, Oliva ou inigualável.
O dia pode começar com um agradável senhorial de Vigo. De igual modo, no a rua Real, que faz a ligação de O Berbés A 28 de março de 1809, um levantamento
passeio pelo centro da cidade que o leva parque da Alameda e ao longo da rua com a “Colegiata”, como popularmente é popular conseguiu expulsar os franceses
desde a rua comercial do Príncipe até Rosalía de Castro encontra excelentes conhecida a Concatedral de Vigo, a Igreja e fez com que Vigo fosse a primeira
ao centro histórico, num percurso pela estabelecimentos para fazer uma pausa de Santa Maria. localidade da Europa a conseguir expulsar
arquitetura e pela história que acaba na gastronómica. Desde a impressionante e sempre animada o exército de Napoleão de uma praça
baixa da cidade. Aqui, até por volta do Uma boa visita seria a subida à ermida do conquistada. Teve a sua recompensa: um
meio-dia, encontra desde tradicionais topo do monte de A Guia para contemplar OSTRAS: PÉROLA GASTRONÓMICA ano depois, Fernando VII outorgou a Vigo o
ostreiras até numerosos restaurantes onde toda a ria de Vigo, desde o fundo da As ostras são a pérola gastronómica título de cidade “fiel, leal e corajosa”.
pode provar a gastronomia local. enseada de San Simón e da ponte de de Vigo. Cultivam-se em Arcade desde Pode ser uma ocasião única para
Durante a tarde, uma boa opção para Rande até às Ilhas Cíes. Se vier no verão ou os tempos dos romanos. Se há uma programar uma escapada a Vigo na
conhecer Vigo em dois dias de forma na Semana Santa, poderá inclusivamente experiência gastronómica a não perder primavera. Este ano celebra-se a fim de
descontraída é o autocarro turístico, para viajar de barco até às Cíes, partindo na cidade de Vigo é uma paragem semana de 2 e 3 de abril. >
contemplar a cidade enquanto se aproxima da Estação Marítima da Ria. Se quiser obrigatória na rua das ostras. A rua
da praia de Samil, um lugar agradável se aventurar fora da agitação urbana, a Pescadería é um dos pontos de maior COMO IR
para passear no inverno bem como para verdadeira preciosidade de Vigo fica a interesse turístico da Vigo urbana, pois
22 apenas 14 km da costa. O arquipélago oferece um espetáculo único: em plena De avião: A TAP vai passar a voar de Lisboa
das Ilhas Cíes é um dos segredos mais rua, as ostreiras abrem as míticas ostras da a partir de 1 de julho. Campanha especial
bem guardados da Europa; uma reserva ria de Vigo e preparam incansavelmente desde 55€ euros por percurso ou 99€ para
natural que oferece trilhos espetaculares, pratos e mais pratos desta deliciosa ida e volta. Do Porto, a TAP tem serviço de
praias excelentes e a oportunidade de iguaria. A tradição é simples: os moluscos transporte terrestre diário desde o Aeroporto
observar pássaros exóticos. São apenas três compram-se diretamente às ostreiras Sá Carneiro, mas só pode ser feito junto com
pequenas ilhas para conhecer. e degustam-se ao natural, com um a compra do bilhete aéreo até a cidade do
bocadinho de limão e um bom alvarinho. Porto.
O CORAÇÃO DE VIGO De carro: Pela A1, siga depois pela A3 em
direção a Valença. Em Espanha pegue a A55
No entanto, para além do porto, Vigo é o lar em direção a Vigo.
de inúmeros monumentos e museus, incluindo De comboio: O comboio internacional Celta
o Museu Marítimo da Galiza, o Museu de permite-lhe ir e vir no mesmo dia a Vigo,
Arte Contemporânea e o centro cultural do com partidas diárias de Porto Campanhã –
23,60€.

ONDE FICAR

Hotel Coia de Vigo HHHH
Sanxenxo, 1 | Preço: 62 €/noite
Hotel Sercotel Tres Luces HHH
Cuba, 19 | Preço: 44€/noite

ONDE COMER

Meson O Porton - Rua Pescadería, 1A
Mariscos no geral e ostras em particular – 25€
com direito a vinho
Casa Millos – Rua Santander,18
Restaurante típico com cozinha galega
Asador Peinador – Av.Peinador,23
Grelhados

Autocarro turístico
4 percursos diários
Preço: 7,50€ adultos e 4€ crianças de
3-14 anos. Com o cartão turístico VigoCard
desconto de 50%.

fevereiro de 2016

> experiência

Porto
CIDADE MEDIEVAL E REAL

Muita gente já terá passado pelo menos uma vez pela cidade do Porto, mas muito poucos terão tido a
oportunidade de conhecer o Porto que lhe vamos apresentar hoje. Um Porto escondido, medieval, um Porto
real, a cidade Invicta cantada por Carlos Tê e Rui Veloso, na conhecida música “Porto Sentido”.

Com as várias pontes que encerra uma riqueza monumental e Texto: Maria Morgado participação e o grande envolvimento da
existem hoje na cidade e paisagística. passando pelos seus lugares mais famosos, Invicta nas lutas liberais (1832-1833),
que tornam mais fácil chegar É orgulhosa. Por ter dado nome a Portugal, aos seus lugares mais secretos. sensibilizou particularmente o monarca.
ao Porto para quem vem por ser Invicta, Nobre e Leal. E por A grande empatia e gratidão que sentia
do sul do país, hoje vamos milhares de outras razões. Por isso não INVICTA NAS LUTAS LIBERAIS pelo Porto, leva-o, logo após a vitória
convidá-lo a atravessar a cidade de deixe de descobrir estas marcas que o liberal, a honrar a cidade com a sua
Gaia e subir à Serra do Pilar para aí, tempo não apagou, deambular pelo Porto A bravura das suas gentes é um facto a visita. É também na Igreja da Lapa que,
sim, ter o primeiro contacto visual com medieval e entendê-lo na sua essência, destacar. Um episódio histórico marcante em 1835, por vontade testamental, o seu
este Porto medieval e real, este Porto mas também um Porto com raízes romanas para História de Portugal e que está coração foi depositado, e cujo testemunho
escondido. A vista é deslumbrante. Uma e árabes, a força do povo e a conquista injustamente esquecido é que, entre julho pode ser visto num dos relevos que
paisagem soberba sobre o Porto. Não portuguesa, de como a cidade se adaptou de 1832 e agosto de 1833, o Porto ladeiam a estátua de D. Pedro IV, na Praça
há local melhor para começar o percurso aos tempos modernos, mas também um esteve cercado e foi diariamente atacado. dos Aliados, em frente ao Palácio das
pela história e o património da Invicta. Porto escondido, a cidade das lendas e A partir de dada altura, houve fome, a Cardosas, hoje hotel de luxo.
Faça-se acompanhar, se possível, de um dos mitos religiosos. peste alastrou. O Porto sacrificou-se pela A designação do Porto como cidade
historiador – há visitas organizadas – e Caminha nas ruas cheias de história - um defesa da liberdade. É graças a esta Invicta nasce da resistência que a cidade
desvende a pé os seus encantos. Fí-lo caminho que te leva desde a ocupação resistência que o liberalismo triunfa e o demonstrou nesta altura. Por isso lhe foi
com o arqueólogo e historiador Joel Cleto romana ao Porto dos séculos XII e XIII, absolutismo cai de vez no nosso país. atribuída a mais alta condecoração do
e, em dia e meio fiquei rendida a uma explorando a cidade entre muralhas Pedro IV ficou na memória dos portuenses país, a Ordem de Torre e Espada, e a
cidade que sempre pensei que conhecia. até ao século XVIII com a sua expansão como símbolo de liberdade, patriotismo associação do dragão ao Porto também
O “coração do Porto, o seu centro histórico demográfica. Da avenida principal, e força de vontade que, desde sempre, tem a sua origem neste episódio. Foi este o
é fundamental para percebermos a moveu a cidade e os seus habitantes. A último sinal de reconhecimento do monarca
identidade das suas gentes. pelo esforço dos portuenses, ao serviço do
A cidade do Porto desenvolve-se sobre país.
as colinas que dominam o estuário do rio A cidade apresenta uma fisionomia
Douro e formam uma paisagem urbana marcada pelo casario simples virado
construída numa história já milenar em sobre a Ribeira e apinhado ao longo das
que a diversidade da arquitetura civil e colinas, onde ressaltam as torres graníticas
religiosa testemunha o percurso de um das igrejas.
centro histórico que remonta às épocas Tudo começou no morro da Sé, ou morro
romana, medieval, renascentista, barroca da Pena Ventosa, rodeado por muralhas,
e neoclássica, numa feliz articulação de
arruamentos e casario, mas tendo sempre >que foram, em 1330 extravasadas em
o rio como referência, criando hoje um
centro histórico de valor panorâmico único, todas as direções com o desenvolvimento
reforçado na profusão de monumentos da cidade. Em meados do século XIV,
como a Sé Patriarcal, a Igreja e a Torres torna-se premente construir uma nova
dos Clérigos, a Igreja de Santa Clara ou o muralha de modo a proteger a cidade
edifício da Bolsa. em pleno crescimento de todas as
Classificado como Património Mundial arremetidas inimigas. Foi então D. Afonso
desde 1996, o centro histórico do Porto IV o verdadeiro autor do amuralhar da
fevereiro de 2016 cidade. No entanto, o rei não viu acabar
a sua obra. Esta terminou em 1370 já

23

> experiência

<no reinado de D. Fernando, por isso de D. Pedro Pitões (também denominada FRANCESINHA: PETISCO DE CULTO
Torre da Cidade).
ainda hoje é conhecida como a marulha Alguns vestígios da muralha primitiva, Em abril de 2011, a AOL Travel,
Fernandina, aquela que é mais visível que correspondem ao sistema defensivo o megasite americano de viagens
nos tempos modernos e que desce até construído durante a alta idade média e turismo, considerou-a entre
à Ribeira, ostentando ainda algumas e reforçado no século XII, podem ser as 10 melhores sanduíches do
portas da cidade. Este imponente lanço percetíveis nos elementos construídos e mundo.
da muralha corre ao longo das Escadas no traçado das ruas, particularmente na No início de 2015, o site
do Caminho Novo e prolonga-se, entre o Calçada de Vandoma e ao longo da Rua britânico The Culture Trip, elegeu
casario, pela Rua Francisco Rocha Soares. de D. Hugo. a francesinha como um dos
Aí ainda se vê um dos cubelos, entre os A ambiência de todo o conjunto que se petiscos imperdíveis da Europa.
telhados. ergue ao longo da colina, nesta área A sanduíche de carnes inventada
Ligada à memória do Infante e dos envolvente da Sé, é de cariz popular, com no Porto, com as suas camadas
Descobrimentos, os antigos bairros situados mercados tradicionais e constante ocupação de queijo derretido, bife, salsicha
no interior da muralha medieval do século das ruas que são assumidas como espaço fresca e outros enchidos. “É uma
XIV, apresentam, no emaranhado das ruas, coletivo e de relação social. Pelas Escadas refeição pesada de proporções
uma morfologia urbana de cariz medieval das Verdades pode fazer-se o percurso de épicas, servida com uma
e abrigam os principais monumentos e ligação com a parte ribeirinha. generosa pilha de batatas fritas,
espaços que marcaram a fisionomia da Na Rua da Alfândega, a Casa do Infante mergulhadas num molho de
cidade nos séculos XIV e XV e que foram ou Alfândega Velha, merece uma visita marca registada”, escrevem.
cenário de importantes acontecimentos da atenta. A Rua Nova, que hoje tem o nome A sua criação tem raízes populares e muitas histórias rodam à volta deste petisco famoso.
época, que vêm desaguar na Ribeira para, de Rua Infante D. Henrique, em memória do Com frequência e reunindo algum consenso, atribui-se a sua criação a Daniel David Silva,
entre bares e restaurantes ouvirmos falar de príncipe navegador, foi aberta por iniciativa minhoto de Terras de Bouro, que após estar emigrado, trás as influências do croque-monsieur,
outras histórias que nos levam à burguesa do rei D. João I. Na envolvente da Praça do confecionando-o por volta de 1953 na Regaleira, restaurante da rua do Bonjardim no Porto, que
Foz, que foi local de veraneio das gentes Infante, a Igreja de S. Francisco recorda-nos ainda hoje serve a iguaria, publicitando-se como local de origem da mesma.
do Porto em tempos mais idos, mas que as ligações da cidade à dinastia de Avis. O nome “Francesinha”, reza a história, deve-se ao facto de Daniel David Silva afirmar que "A
conserva ainda hoje exemplos de épocas mulher mais picante que conheço é a francesa". A partir daqui muitas estórias se contam.
áureas.
fevereiro de 2016
A COLINA DA MONUMENTALIDADE

A colina da Sé destaca-se pela antiguidade
do conjunto e pela monumentalidade da
grande catedral, onde podemos admirar a
traça arquitetónica do século XII, visível no
interior e na fachada (renovada depois no
século XVIII) e no núcleo gótico do claustro
com uma elegante arcaria tripla e a capela
de S. João Batista que guarda o túmulo
do cavaleiro de malta, João Gordo. No
antigo adro, hoje terreiro da Sé, destacam-
se o paço episcopal, grande complexo
arquitetónico construído em 1737 sobre a
primitiva residência do século XIII, e a torre

24

Notável exemplar da arquitetura gótica CIDADE DAS 6 PONTES principais obras deste arquiteto, a Estação
mendicante, fazia parte do grande convento de S. Bento (1900) com magníficos painéis
franciscano. Ponte da Arrábida, Ponte Luis I, Ponte Infante D. Henrique, Ponte Maria Pia, Ponte São João e, por de azulejos da autoria de Jorge Colaço,
São ainda significativos, neste templo, fim, a Ponte do Freixo. Porto é a cidade das seis pontes. A melhor forma de as conhecer é através de que ilustram a história dos transportes,
os testemunhos do período manuelino um cruzeiro no Douro, onde podemos envolver-nos pelas suas histórias e pelas paisagens memoráveis aspetos etnográficos e acontecimentos
e renascentista. Dispersos estão alguns que elas oferecem. Distintas uma das outras, cada uma com sua história e com sua beleza especial. célebres da história portuguesa, e o Teatro
vestígios da cerca medieval e das respetivas Arquiteturas diferentes, como se cada uma tivesse a sua própria personalidade. de S. João (1911). É dessa altura o traçado
portas, nomeadamente a conhecida Porta Ponte Luís I – A construção inicia-se em 1881 e a inauguração acontece a 31 de Outubro de 1886, da Avenida dos Aliados, tendo no extremo
da Cidade, construção quadrangular projeto da responsabilidade de Teófilo Seyrig, sócio de Gustave Eiffel. Esta ponte é um símbolo da norte o edifício da Câmara (construído entre
com dois pisos, que pode ver-se na Rua cidade do Porto. Totalmente construída em ferro, transmite confiança e grandiosidade. Uma verdadeira 1920 e 1957).
de S. Sebastião e o troço que contorna o peça de filigrana em ferro. É constituída por dois tabuleiros metálicos. Assim, falar do Porto é começar sem nunca
convento de Santa Clara. São exemplos Ponte Maria Pia – Edificada 1876 e 1877 pela empresa Eiffel Constructions Métalliques, foi a primeira conseguir terminar de relatar todos os seus
desta filiação a Casa do Cabido e as ponte ferroviária a unir as duas margens do rio Douro. Por volta de 1877, antes de iniciar a principal feitos, tradições, costumes, belezas..., mas
Igrejas - dos Grilos, de S. João Novo, S. obra pela qual ficaria na História (a Torre Eiffel em Paris), Gustave Eiffel apostou na inovação da sempre de mãos dadas com o seu rio. >
Bento da Vitória e dos Carmelitas. época, desenvolvendo algo distinto das construções em ferro.
A época setecentista é extremamente rica Ponte da Arrábida – Tinha à data da construção o maior arco do mundo em betão armado. Foi ONDE COMER
do ponto de vista artístico, tendo entrado projetada e construída em 1963 pelo engenheiro civil e professor universitário, Edgar Cardoso. É a
em Portugal mestres de nomeada, entre os ponte mais próxima do Oceano Atlântico. Restaurante Comme Ça
quais é de destacar Nicolau Nasoni. A Ponte de São João – Construída em 1991, esta ponte foi projetada (à semelhança da Ponte da Rua José Falcão, 199 – Tel: 222 033 098
cidade tem na Igreja e Torre dos Clérigos, Arrábida) por Edgar Cardoso. Atualmente, o seu tabuleiro superior serve a rede de comboios que No centro do Porto. Encerra aos domingos.
um expoente da arquitetura deste mestre e ligam o norte ao sul do país. Aconselho naco de vitela e polvo. Preço: O
um autêntico cartão de visita. Ponte do Freixo – A ponte mais a montante do rio, na cidade do Porto. Intitula-se de “ponte da prato ronda os 12€, para duas pessoas
No terceiro quartel do século XVIII, com os periferia”, foi construída pelo Prof. António Reis e pelo engenheiro Daniel de Sousa, e inaugurada em Restaurante Downing Street - Rua dos
Almadas, verifica-se um novo modelo de Setembro de 1995, o seu tabuleiro superior foi aproveitado para ligações rodoviárias. Canastreiros, 40. Tel: 22006418.
expansão urbana, de tipo radial. É aberta Ponte do Infante – Batizada em honra do portuense Infante D. Henrique, é a ponte mais recente. Localizado no Centro Histórico, tem uma
uma longa artéria - a rua do Almada -, e Terminada em 2003, é a mais elegante no seu estilo. decoração rústica e ambiente informal.
outros novos eixos - as ruas da Cedofeita e A sua ementa é baseada na cozinha
de Santa Catarina -, que se articulam com tradicional portuguesa. Um dos restaurantes
outras secundárias. mais típicos da zona ribeirinha do Porto,
Após a revolução liberal o Porto vive um com uma magnífica vista sobre o rio Douro.
período de expansão urbana, que extravasa Preço: ronda os 15€
a área histórica. São desta altura grandes
construções como o Palácio da Bolsa, em ONDE FICAR
estilo neoclássico, e que inclui um salão
de belo recorte artístico e gosto revivalista Hotel Eurostars Heroismo HHHH
neo-árabe, o Mercado Ferreira Borges, Rua do Heroísmo, 235/237. Reserva:
exemplar da arquitetura do ferro; notáveis +351)707500224.
pontes, também em ferro, para passagem Alojamento perfeito para descobrir a cidade
do rio Douro. do Porto, pois está localizado a apenas
No início do século XX verifica-se uma 50 mts da estação de metro de Heroísmo.
tendência pelas linhas arquitetónicas ao Desde 85€ quarto/noite com pequeno-
gosto francês. Tal facto deve-se em larga -almoço.
parte a Marques da Silva, sendo duas das
fevereiro de 2016 25

> grandes dicas por FERNANDA RAMOS

ALDEIA DE TREBILHADOURO “A BODA NA ALDEIA”
CASA DAS AVÓS, MOTRINOS
Vale de Cambra
Reguengos de Monsaraz
Hoje convidamos os nossos leitores a visitar uma das “Aldeias de Portugal”. A nossa sugestão
é a aldeia de Trebilhadouro, em Vale de Cambra e a ideia surgiu-nos porque o projeto “A Boda na Aldeia” é uma exposição de bonecas produzidas na Casa das Avós (antiga
turístico “Casas de Campo na aldeia de Trebilhadouro” acaba de ser premiado pelo Instituto escola primária de Motrinos, localidade do concelho de Reguengos de Monsaraz) por um
da Habitação e da Reabilitação Urbana na categoria Reabilitação do Conjunto Urbano. grupo de cerca de 15 senhoras com idades entre os 55 e os 80 anos de idade. Na Casa
Ainda em 2011 o lugar estava desabitado e numa situação de quase ruína e hoje abre-se das Avós, durante dois anos foram criadas bonecas que retratam os cinco momentos do
aos olhos dos visitantes como uma aldeia serrana (fica a 625 metros de altitude) onde é casamento tradicional durante a primeira metade do século XX.
possível entrever tradições e costumes de tempos perdidos no tempo, contactar com uma Nesta exposição, o visitante ao entrar depara-se com um cortejo de bonecas vestidas a rigor,
paisagem agrícola e florestal, salpicada de casas rurais feitas de pedra granítica e sinuosos arranjos florais e ambientes de alegria. Os noivos estão dispostos em espaços separados,
caminhos também em pedra. até que a cerimónia religiosa, no altar, os une para sempre. Ao “sim” segue-se o copo de
Na aldeia abundam eiras e canastros onde em tempos se desfolhava o milho, se matavam água em que os noivos se preparam para partir o bolo e o jantar em que aguardam que
porcos e se viviam as vindimas num espírito comunitário que também está presente no tanque lhes sirvam uma canja de galinha em tigelas de barro. O quarto nupcial é o momento final
público onde se lavavam roupas e na fonte onde no passado se enchiam os cântaros de da exposição, não sem que antes os noivos tenham sido fotografados num jardim de cores
água. vibrantes para perpetuar o momento.
Numa das encostas da Serra de Freita, com vista para o mar e a ria de Aveiro, a aldeia tem A exposição pode ser visitada às terças e quintas-feiras das 10h00 às 17h30 e aos
hoje uma trintena de quartos divididos por várias casas (de T1 a T4) inseridas num projeto de domingos das 14h30 às 18h00.
turismo rural: a da Rosalina, da Matilde, do Custódio e do Paço de Mato. Ficar por ali uma
noite tem preços a partir dos 60€ para aluguer de um T1 para duas pessoas, com pequeno- NEVE
almoço.
Ali bem perto estão as gravuras rupestres do Trebilhadouro e que lhe permitem ser arqueólogo na Serra da Estrela
por um dia – este é, aliás, um dos programas propostos por uma entidade de animação
turística, a Associação Rasgo. Mas pode apenas passear pelas ruas e deliciar-se depois com Agora que já nevou – e bastante – na Serra da Estrela, é tempo de pegar nos esquis, na
a gastronomia típica da região. prancha de snowboard, nos casacos quentes, gorros, luvas, óculos (pelo menos de sol) e
tudo o mais que se adeqúe ao frio e à neve, e rumar ao ponto mais alto de Portugal para
COMO CHEGAR: ali passar uns dias envolto na alva paisagem. Se não for daqueles que gostam de esquiar
também não há problema, sempre pode dar um passeio na neve, aventurar-se de mota ou
Do Porto fazer como os mais pequenos, apenas divertir-se.
Siga pela A1 e A32 em direção Aveiro na Rua 13 de julho Na Serra da Estrela, os alojamentos da Turistrela (hotéis Carqueijais e Serra da Estrela e ainda
Siga pela N227, N224 e EM550 em direção ao centro de Vale de Cambra os Chalés da Montanha) disponibilizam, até abril, pacotes especiais que juntam o alojamento
Em Vale de Cambra, siga as indicações para Rôge (EM 550) a um dia de forfait grátis (utilização de pistas e meios mecânicos).
Em Rôge seguir as indicações da Aldeia de Trebilhadouro Os preços são desde 79€ em duplo por noite para o Hotel dos Carqueijas, 89€ no Hotel
Tempo aproximado de viagem: 45 minutos Serra da Estrela e 116€ para os chalés familiares, neste ultimo caso sem pequeno-almoço.
Para qualquer um dos alojamentos está em vigor a promoção “Fique 3 Pague 2” ou “Fique 5
De Lisboa pague 3”, que é válida de domingo a quinta-feira, até ao próximo mês de abril, exceto no
Siga pela A1 em direção ao Porto até à saída 17 caso de programas especiais ou em períodos de férias escolares.
Siga na rampa em direção a Vale de Cambra para a N224
Em Vale de Cambra, siga as indicações para Rôge (EM 550) fevereiro de 2016
Em Rôge seguir as indicações da Aldeia de Trebilhadouro
Tempo aproximado de viagem: 2h30

26

COMO PREVENIR A FEBRE > conselhos ao viajante
DE DENGUE

A febre de Dengue é uma infeção por vírus tropical transmitida por mosquitos e que ocorre em várias partes do
mundo. Apesar de ser considerada uma doença simples, o desconforto que provoca e as consequências por
não ser tratada podem resultar em complicações mais graves.

Texto: Sara Cunha Ferreira

Aculpa é da fêmea. Da fêmea preferência em ambientes arejados para
do mosquito Aedes aegypti, evitar a inalação do produto;
responsável pela transmissão - Não usar repelentes em crianças de idade
por picada do vírus da Dengue. inferior a 2 meses;
Conhecido por povoar países - Nas crianças a aplicação de repelentes
quentes e húmidos, de temperaturas deve ser sempre feita por adultos;
tropicais, nos últimos anos têm-se assistido - Ter em atenção as orientações das
a uma multiplicação destes mosquitos um Autoridades de Saúde da região
pouco por todo o mundo, tendo havido ou país. >
inclusive em 2012 um surto no Arquipélago
da Madeira, mesmo aqui ao lado,
portanto. APOSTE NUMA CONSULTA
Os sintomas geralmente aparecem entre APÓS A VIAGEM
cinco e oito dias após a picada infeciosa
com um início súbito de febre e dor de Como já foi explicado, os sintomas da
cabeça severa, dor atrás dos olhos, dores febre de Dengue tendem a aparecer entre
musculares e articulares, náuseas, vómitos, cinco a oitos dias após a picada, o que
glândulas inchadas ou prurido.Os sintomas pode significar que já está em casa, longe
podem persistir por cerca de sete a dez da contaminação. Por isso, se no regresso
dias no total, embora às vezes por muito ficar doente e achar que pode ter infeção
mais tempo. por Dengue, deve consultar o médico
A febre de Dengue é normalmente uma assistente ou um serviço de saúde local.
doença simples, que requer tratamento Pode também ligar para a Linha Saúde 24
apenas sintomático. No entanto, uma (808 24 24 24) para aconselhamento ou
infeção subsequente a par do vírus pode esclarecimento.
resultar em complicações graves que Por outro lado, o Instituto de Higiene
requerem tratamento especializado. e Medicina Tropical disponibiliza a
O desenvolvimento de uma vacina é, de manter as portas e janelas fechadas, o ar antes da viagem, consulte o seu serviço de Consulta de Medicina Tropical que não
facto, uma prioridade mas como tal ainda condicionado ligado e deve utilizar-se uma saúde. abrange apenas o período que antecede
não aconteceu, a prevenção continua a rede mosquiteira para dormir. a viagem, mas também o pós-viagem,
ser o melhor remédio. Como estas espécies Tais precauções devem ser rotina para COMO FUGIR À “MOSQUITA” dado que a Organização Mundial de
de mosquito estão mais ativas ao longo do todos os viajantes que procurem destinos Saúde recomenda a realização de exame
dia, as medidas de proteção devem ser tropicais, mesmo que não estejam - Use roupas frescas, largas, de preferência médico após o regresso de uma viagem
reforçadas neste período, embora durante a identificados pela Organização Mundial de cores claras e que cubram a maior internacional a:
noite não seja de descartar a sua atuação. de Saúde como países com risco de área do corpo possível; - Portadores de doença crónica (doença
Assim sendo, e porque o vírus não se Dengue, pois estas medidas evitam
transmite de pessoa para pessoa, a também uma grande variedade de outras - Optar por unidades hoteleiras com ar cardiovascular, diabetes mellitus, doença
prevenção da doença passa pela adoção doenças transmitidas por insetos. Siga condicionado no quarto ou protegidos respiratória crónica);
de medidas que evitem a picada de estas precauções do Instituto de Higiene por redes mosquiteiras; - Viajantes com manifestações clínicas
mosquitos, como a aplicação de repelente e Medicina Tropical com atenção e não nas semanas seguintes ao regresso,
e o uso de roupa apropriada, de cores terá de cancelar as suas férias merecidas - Aplicar repelente de insetos nas áreas do particularmente em caso de febre,
claras e que cubra uma grande área do e de sonho. E como não se trata de uma corpo expostas; diarreia persistente, vómitos, iterícia,
alterações do foro génito-urinário,
- Ler e cumprir escrupulosamente as doenças dermatológicas;
instruções do fabricante do repelente; - Quem considerar que esteve exposto a
uma doença infeciosa durante a viagem;
- Aplicar os repelentes em aerossol de - Quem esteve mais de três meses num país
em desenvolvimento.

corpo. NAFo_ianvloijearmnoe_n2t3o5xd6e0vpeorot.pptdafr-se 1por 20/1/16lista13e:x2a4ustiva, recomendo também que,

Está SEGURO www.erv.pt

C

YM que leva tudo?

CM

Neste Inverno, Não se esqueça

MY

CY do seu seguro de viagem

CMY Calcule e contrate com o especialista
K

fevereiro de 2016 27

> agenda EVENTOS E ESPETÁCULOS 2 a 6 de março PREÇOS:
Individual Público - €5
Até 28 fevereiro Estudantes/ Cartão jovem - €2,5
Seniores (+65 anos) - €2,5
MÊS DAS MIGAS Entre os 11 e os 14 anos - €2,5
Até aos 10 anos: Grátis
MORA
A autarquia de Mora volta a apostar num BTL – Feira Internacional
mês inteiramente dedicado às Migas,
com vários restaurantes do concelho a de Turismo de Lisboa
disponibilizar nos seus cardápios as de
pão, batata, espargos ou coentros. Todas 366 DIAS DE FÉRIAS
elas uma referência incontornável da
gastronomia alentejana. A Feira Internacional de Turismo de Lisboa, mais conhecida por BTL, é mesmo um ponto de encontro e
ponto de partida. São três dias de feira aberta ao público com muita animação, boa gastronomia e muitas
17 fevereiro ofertas para que neste ano bissexto se faça uma verdadeira volta ao mundo.

DAWN OF MIDI E OZO OTurismo é a indústria da Paz e o Japão. Confirmados estão também destinos Texto: Sara Cunha Ferreira
viajar é conhecimento. Ambas como Marrocos, Moçambique, Tunísia, Cabo
BRAGA começam dentro de portas, Verde, Índia, Malásia, Tailândia, China, colocam por dentro de tudo o que se tem e
Às 22 horas, os norte-americanos Dawn of com a BTL a abrir o apetite Indonésia, Cuba, República Dominicana, faz de mais moderno em prol do turismo.
Midi juntam-se aos portugueses OZO em aos viajantes com as suas Panamá, Andaluzia e os tradicionais destinos Por entre os corredores dos pavilhões, cafés
concerto no GNRation. Um espetáculo de propostas tentadoras e exclusivas para férias brasileiros. e conversas informais, o público é convidado
jazz sem swing nem improvisação aberta, em todos os pontos cardeais. a descobrir as propostas de cada país, de
diretamente de Brooklyn para o palco Desde Portugal aos quatro cantos do mundo, TRÊS PAVILHÕES PARA VIAJAR cada organismo nacional e internacional
bracarense, com preço de 5€ para a plateia. a feira de turismo por excelência no nosso de promoção turística, de cada operador
país vai já na sua 28ª edição, para espalhar Por entre os seus pavilhões na FIL – Feira ou agência de viagens. Aqui esclarecem-
22 de fevereiro sorrisos e alegrias por todos com as suas Internacional de Lisboa, podemos encontrar se dúvidas, expõem-se novas propostas,
ofertas, entre os dias 4 e 6 de março, já se no Pavilhão 1 os destinos nacionais, entre conhecem-se novos destinos e soluções, numa
FANTASPORTO sabendo que os dois primeiros dias são para eles o Algarve como convidado, e os destinos oportunidade única de comparar propostas
os profissionais. internacionais no Pavilhão 3. Já o Pavilhão 2 e comprar a preços altamente competitivos.
PORTO Depois de em 2014 os Açores terem sido o está reservado para o alojamento, operadores Tudo isto num ambiente espetacular de festa,
O mais emblemático festival do cinema destino nacional convidado e o Alentejo em turísticos e agentes de viagens, animação cor e alegria, onde a música e a gastronomia
fantástico volta à cidade do Porto de 2015, este ano chega a vez do Algarve, a turística e cultural, transportes e equipamentos marcam presença assídua.
região turística nacional mais importante e e serviços, e até o Talkfest, uma novidade que
22 de fevereiro que em 2014 registou cerca de 16,4 milhões alia a feira aos festivais de música. Todos eles EVENTOS PARALELOS
a 6 de março. de dormidas. setores transversais a esta indústria e que nos
Concorrem entre Assim sendo, é natural que nesta edição da Para além de toda a oferta em férias, na
si filmes e curtas- BTL este importante destino seja valorizado e Pavilhão 1 – Destinos Nacionais BTL inclui-se ainda um vasto programa de
metragens de todo promovido junto dos mais de 72 mil visitantes Pavilhão 2 – Área alojamento, distribuição, atividades paralelas, desde música, provas e
o mundo, reunindo que esta Feira recebeu em 2015. Durante os animação turística, transporte. degustações até a conferências e workshops
inclusive estrelas dias da feira, o Algarve irá estar em destaque Pavilhão 3 – Destinos Internacionais destinados a todo o tipo de público. Este ano,
de Hollywood na para apresentar aos visitantes a sua vasta Horários e pela primeira vez, o espaço BTL recebe
passadeira vermelha da fama do Teatro oferta turística, desde os tradicionais sol e Os primeiros dias são exclusivos a a Feira de Empregabilidade, uma bolsa de
Municipal Rivoli. mar, golfe e turismo residencial passando profissionais, mas a partir das 18 horas de emprego dedicada ao setor do turismo, onde
pelos que estão em expansão como a sexta-feira, diz 4 de março, o público é poderá anunciar ou responder a uma oferta
24 e 27 de março gastronomia e vinhos, touring, turismo de convidado a embarcar na viagem BTL. de emprego.
saúde, de negócios, de natureza e náutico. 4 março - 18:00 às 23:00 E como sempre, também elas um chamariz
VIDIGUEIRA BRANCO – FEIRA Já a nível internacional, a edição deste ano 5 março - 12:00 às 23:00 incontornável, haverá tascas e tasquinhas
DO VINHO E DO CANTE da BTL conta ultrapassar os 36 destinos 6 março - 12:00 às 20:00 e um novo conceito de restauração. As
internacionais presentes em 2015, até porque propostas gastronómicas chegam de norte a
VIDIGUEIRA terá de regresso o Egito e como país estreante sul do país, com o que de mais emblemático
Trata-se da segunda edição deste festival existem em cada região, numa verdadeira
que pretende promover os vinhos da viagem para todos os sentidos. >
sub-região vitivinícola de Vidigueira,
o azeite, o cante alentejano e a fevereiro de 2016
gastronomia tradicional. Do programa
irá fazer parte exposição e venda de
produtos agroalimentares, ateliês de
pão, showcooking, provas de vinho e
espetáculos musicais e de animação.

26 a 28 de fevereiro

15ª EDIÇÃO DA FEIRA
DO QUEIJO DO ALENTEJO

SERPA
Tem lugar no Parque de Feiras e
Exposições de Serpa e apresenta mais de

105 expositores,
metade dos quais
dedicados ao
queijo. Juntam-
se outras áreas
como artesanato,
produtos regionais,
tasquinhas com
gastronomia típica e outras atividades
ligadas ao mundo rural.

25 de fevereiro

BACH X 2- SOLISTAS DA
METROPOLITANA

LISBOA
A Imprensa Nacional -Casa da Moeda
recebe este espetáculo de entrada livre
onde Bach estará com presença dupla.
São as sonoridades de Johann Sebastian
Bach e Carl Philipp Emanuel Bach
interpretados pelos solistas Nuno Inácio,
na flauta, e Marcos Magalhães, no cravo.

28

Até dezembro EVENTOS E ESPETÁCULOS

Todo o ano 9 de fevereiro

SAN SEBASTIÁN É CAPITAL MARDI GRAS
EUROPEIA DA CULTURA 2016
NOVA ORLEÃES, ESTADOS UNIDOS
Chegou a vez desta pequena cidade costeira basca mostrar às suas congéneres europeias e resto É a verdadeira folia pelas ruas de Nova
Orleães, principalmente no bairro francês.
do mundo a sua cultura. Uma cidade aberta para o mar e protegida por montanhas agora eleita Os conhecidos colares de contas vão
parar aos pescoços
Capital da Cultura 2016. Uma excelente oportunidade para a conhecer como cidade e como centro das raparigas
solteiras oferecidos
cultural de toda a Europa. pelos pretendentes.
Nesta festa reinam
Texto: Sara Cunha Ferreira os colares, as
máscaras e o
S an Sebastián é um postal de durante todo o ano, a corrente situação possa imaginar. deboche.
praias e montanhas da região dos diversos conflitos que ocorreram Há iniciativas que decorrem todo o
basca de Espanha. Capital durante o turbulento século XX na ano e outras pontuais, que acontecem 6 de fevereiro
administrativa das três províncias Europa será investigada, a riqueza da exclusivamente a cada mês ou que são
que compõem a Comunidade diversidade cultural do velho continente de curta duração. É o caso do evento BATALHA DAS LARANJAS
Autónoma Basca (País Basco), a nordeste será retratada, e as diferentes culturas “Labore”, que termina a 18 de março e
da Península Ibérica, está a escassos 30 minoritárias que têm sabido conviver com cuja dimensão é muito interessante por se IVREA, ITALY
minutos da fronteira com França. o mar serão aproximadas, para assim a tratar de sete projetos artísticos divididos É uma verdadeira batalha de laranjas
Este ano toma a batuta cultural da cidade transcender fronteiras e interligar- por sete museus da cidade: Museu de que acontece por esta altura na cidade
Europa, com centenas de agentes se em pleno com a Europa. San Telmo, Aquarium, Museu Diocesano, de Ivrea, no norte de Itália. As origens do
e espaços culturais da cidade a Já em funcionamento está o posto de Museu Marítimo, Museu da Ciência, festival remontam ao século XII e contam
participarem ativamente na preparação informação para todos os que visitem San Museu de la Real e Museu Cementos várias estórias, sendo a mais “aceite”
de um programa rico e variado, e em Sebastián durante este ano. Fica no piso Rezola. > aquela em que a cidade conseguiu vencer
que o espetáculo inaugural, em meados térreo do Espacio 2016 e será o local um tirano, com as laranjas como símbolo
de janeiro, contou com mais de setenta privilegiado para receber informações CIDADE IMPERDÍVEL dos testículos do vencido.
eventos planeados. em quatro idiomas – basco, espanhol,
Durante o curso de 2016, San Sebastián inglês e francês –, sobre o projeto Cidade Mesmo que a roupagem durante este ano 6 e 7 fevereiro
será mais que uma cidade para se olhar; Europeia da Cultura, mas também o seja ligeiramente diferente, há sítios em
é uma cidade que foi projetada para calendário de atividades previstas para os San Sebastián eternamente imperdíveis e CHOCOA FESTIVAL
explorar a história, cultura, linguística e a próximos meses. imutáveis. A cidade divide-se em três áreas
complexidade social da Europa com as principais, cada uma com sua própria AMESTERDÃO, HOLANDA
diferenças e semelhanças que detém o CULTURA E ATRAÇÕES personalidade. A zona velha e romântica, Os verdadeiros amantes do chocolate
velho continente. a tranquila Praia de Ondarreta, onde se têm aqui o pináculo da sua existência.
O programa reflete as áreas de A cidade de San Sebastián será situa a famosa escultura “Pente de Vento”, Por dois dias, Amesterdão irá ensinar o
desenvolvimento que a cidade deseja literalmente conquistada pela cultura. criação de um artista local que se tornou processo chocolateiro, desde a semente
aumentar sob a forma de cinco cais que Todos os seus mais emblemáticos edifícios o símbolo da cidade, as ondas trovejantes até à tablete, irá mostrar todos os sabores,
irão enriquecer os “faróis” que dão o deixam de ser maioritariamente pontos da Praia de Zurriola, pontilhada de cores e feitios desta delícia e reunir todos
tema para San Sebastián como Capital de referência turística para dar lugar a surfistas, e a famosa Praia da Concha, no os fabricantes num programa que inclui,
Europeia da Cultura: Paz, Vida e Vozes, exposições, teatro, aulas de gastronomia, centro, onde pode apanhar o “velhinho” naturalmente, provas.
tudo regido pelo balancear das Ondas. workshops de restauro, concertos de funicular para o Monte Igueldo e
Através das jornadas que irão ter lugar música, leituras e tudo o mais que se deslumbrar-se com a fabulosa panorâmica Até 12 de fevereiro
sobre a cidade, a baía, o porto e farol.
FESTIVAL DE MÚSICA DAS
fevereiro de 2016 CANÁRIAS

LAS PALMAS - GRAN CANARIA
Já na sua 32ª edição, o Festival de Música
das Canárias convidou artistas como o
tenor Juan Diego Flórez ou a prestigiada
Orquestra Filarmónica de Londres. O
evento musical do arquipélago espanhol
tem lugar no Auditorio Alfredo Kraus.

13 de fevereiro a 2 de março

FÊTE DU CITRON - FESTA DO
LIMÃO

MENTON, FRANÇA
Este evento de renome internacional
tem este ano como tema as “20 mil
Léguas Submarinas”. Menton, cidade da
riviera francesa,
transforma-se num
autêntico espetáculo
expositivo de obras
com os famosos
limões da região,
num evento cuja
mascote se chama,
apropriadamente, John Lemon.

Todo o ano

CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA
– POLÓNIA

WROCLAW
A par da cidade basca de San
Sebastian, na Polónia é Wrocław que
também foi nomeada este ano Capital
Europeia da Cultura. Situada no oeste da
Polónia, o tema desta capital passa por
“Despertares”, de onde surgiu também o
mote para o ano cultural que se segue, em
homenagem à cultura local.

29

> na montra 595€D E S D E 446€D E S D E 281€D E S D E 719€D E S D E

P/PESSOA4|NQOUIATTERSO DUPLO P/PESSOA | 3 NOITES APPAM/ERPSOETTSNAÚSDOTMIAEOE|GN43 POTNEOORSISBSTOEEGASASHM P/PESSDOUAPL| CAABINE

HOTELRGAWOLADBEI N4HTULIP APACRATRAAMBEENLATO3HS LA SÓ ALOJAMENTO INTCEARMIOARROBTEELLA

EMALMOEJAIAMPEENNTSOÃO E PEAQLUOEJNAOM-EANLTMOOÇO 24 A 27 DE MARÇO 8 DIAS/7 NOITES
PAART2I3DDAEDMEALRISÇBOOA PAA2R3TEID3A0SDDEEMLAISRBÇOOA
ATGOÊNPCAIATDLEÂVNIATGIECNOS: INCLUI:
PATSRSAANGSEIFNMECRASLÉUERESIA:EG,TUARXOAS, DTERAGPNUASIASFSE,IATRNAGSCX,EAAMLSSUSAEIIÉS:STREEÊGNAU,CRIOA
AGÊBNCEISATDREAVVIAEGLENS: AGÊNCAIABDREEVUIAGENS: EPTEANXSAÃSOPCOORMTUPÁLERTIAAS
R2E4SDEERVMAASRAÇTOÉ:

AGÊNQC'VIAIADEGVEIMAG!ENS:

MARRAQUEXE PÁSCOA EM TENERIFE NEVE NA SERRA NEVADA CRUZEIRO MEDITERRÂNEO
CIDADE VERMELHA OCIDENTAL
Este fantástico destino de férias, Desfrute de uns dias de lazer na neve,
Marraquexe, a mágica cidade vermelha abençoado com muito sol, dá as boas- em Serra Nevada! Está garantido sol Excelente oportunidade para fazer um
devido à cor da sua arquitetura, conhecida vindas a milhões de visitantes todos os em abundância, muita neve, pistas bem cruzeiro de 7 noites a bordo do MSC
também como a “pérola do sul”, ou a anos, que procuram descanso, aventura, preparadas e para todos os níveis, Preziosa, partindo de Barcelona, para
“porta do sul” é um mundo de sons, cores umas férias agradáveis e um clima alojamentos de qualidade e um aprés-ski visitar Marselha, Génova, Civitavecchia
e sabores. A sua beleza única transmite fantástico! único. É uma das estâncias de neve mais (Roma), Palermo e La Valleta, regressando
um sentido de exotismo enorme aos seus Desde a paisagem vulcânica lunar do procuradas pelos portugueses, por ser muito depois à cidade catalã.
visitantes. Parque Nacional Teide (o pico mais alto próxima de Portugal. O Mediterrâneo Ocidental é uma das
A Medina é a zona histórica da cidade, de Espanha) até aos fantásticos resorts no A estância está dividida em 6 zonas: zonas com mais história e berço de culturas
e insere-se numa fortificação milenar. sul da ilha, Tenerife está dotada de bonitas Veleta, Laguna de las Yeguas, Borreguiles, ancestrais, para visitar e relaxar.
Formada por um labirinto de ruelas estreitas, costas, montanhas e fantásticas praias de Loma Dílar, Parador e Río. Oferece um total Autênticas ilhas flutuantes com todas as
a melhor forma de a explorar é a pé. Pela areia dourada e possui dois Patrimónios de 118 - (31Km com neve artificial), sendo comodidades e luxos de modo a ter umas
singularidade e caraterísticas únicas a Mundiais (a cidade de San Cristóbal de oito pretas, 52 vermelhas, 40 azuis e 18 férias simplesmente inesquecíveis e no
Medina de Marraquexe está classificada la Laguna e o Parque Nacional do Teide) verdes. Conta também com um Snowpark máximo conforto ao longo da viagem
como Património da Humanidade pela e 42 áreas naturais protegidas. Tudo isto e uma Pista de Slalom, 5,80 km de pistas entre os diferentes portos de paragem.
UNESCO, assim como outros tantos está à espera de ser descoberto. de esqui de fundo. Meios mecânicos: 2 Umas férias em navio de cruzeiro são
monumentos da cidade. tele-cabinas, 5 tele-esquis, 15 Telecadeiras, uma oportunidade única de conhecer
4 esteiras. vários países e várias cidades portuárias
fantásticas numa única viagem.

6D3ES5D€E
P/pessoa | Quarto
duplo

“12 meses, 12 pratos” nos restaurantes Vila Galé Eu Fico…no Hotel oficial do Rock in Rio

Os restaurantes dos hotéis Vila Galé acabam de lançar uma nova iniciativa Este ano comemore os 30 anos do Rock in Rio com uma experiência Vip no hotel
gastronómica intitulada "12 Meses, 12 Pratos", com o objetivo de levar à oficial dos artistas do Rock in Rio em Lisboa. Esta oferta Vip Dom Pedro inclui
prova a riquíssima gastronomia regional portuguesa que habitualmente uma noite em Lisboa no hotel Dom Pedro Palace, em quarto tower com pequeno-
está apenas disponível nas regiões onde as suas unidades se encontram. -almoço buffet, acesso ao Spa do hotel (com piscina coberta, jacuzzi, sauna e
Em fevereiro vão brilhar os Secretos de porco, em março, a Alheira banho turco, fitness center e massagens), bilhete de um dia com acesso à tenda
frita com grelos e em abril, a Açorda alentejana. Em maio é a vez das Vip no Rock in Rio, transfer vip para o Rock in Rio e acesso ao lounge Dom Pedro
Pataniscas de bacalhau com arroz de feijão, em junho, Sopas de cação, na Cidade do Rock.Os bilhetes serão entregues na receção do hotel.
em julho, Bacalhau à Brás, enquanto em agosto pode-se provar o Arroz de O Rock in Rio Lisboa já está aí à porta. É nos dias 19, 20, 26, 27 e 28 de maio,
polvo à Algarvia. no Parque da Bela Vista. A sétima edição do Rock in Rio em Lisboa celebra os 30
O Choco frito é o rei em setembro, o Cozido de grão com vagens à anos do evento, dentro e fora do recinto.
Alentejana, em outubro, a Feijoada de chocos à Algarvia, em novembro,
passando pela ilha da madeira, com o Bife de atum Madeirense, em fevereiro de 2016
dezembro.

30

ÍNDIA IRÃO 1.362€DCEUSBDAE SÃO TOMÉ

995€D E S D E 2D.1E 9S D0E€ P/P8ESDSIOAAS| Q/ U7ANROTOITDEUSPLO 1D.1E 3S D4E€
SOLPAPSHRAIRT1VNI0EODOONHARSSAA+AIDSBBMEEACRLANOIIAS4ARBHOAAL 4H
P/ P8ESDSIOAAS|/Q7UANROTOITDEUSPLO P/P9ESDSOIAAS| /Q8UANROTIOTDEUSPLO INTCCRTVOELÊARMUQSARÍUNANPDAEODSODITQFIE,NETREUVREOCRVOEOSEINLNOACSEUOOGOVME-IIEIMATS:AHMLEETMAMGSUVUAEOADMDRÇNOOROAID, P/CPE8ESLDPSUESMIOCBAEIAASSIA|LA/QPLNU7EUATNANRASODTÃNEOOIATMDEU4ESLPHLO

CIRCUITO MEIA PENSÃO HOTÉIS DSUEP5EERI4OERSTRELAS (CONSSUDOOLEPTNEVEHRIOAAAGSDNEEOUNDRSA:O)GENTE PAA2RV6TODIODESAMTSAADRPEÇ1O9
PAAVRTOTÉOID3L1AUDSFEDTMEHLAAINRSÇSBAOOA VODOEPSAMTRUATRRIKDÇIOASSHAFAJIUXIRNALHSIONES
ACOHESQFASJUNLAÁMAOANBRPRPTAEATERAIDONSSANROE,HEICGRGASEFO,A,ULRTNEMRRUURXOROÂIATCAQ.:NANEFUTSTSAAFIONCDREOOETREOS
ICNÚOVETLSANOMMTEEOORIGOMVMC6RUSAºAUOIERDDNNDPIODIAICÇCREAIDPEÃLEA)LEELITO+U,INAONVHJIIMASNSICO:AÃNCLPETGOUTALNÉEAURÍ(TIDM2SRAÍOºDOEO, . NOMOVILTOISSOTOENHIRCMTPUOAAAEMRTDNISQSEÉEEISEUSINEFNVSTEEMETCIAENNRAOULEOT1EGSS6URRSSEPEA,-RAIMAAGN:ESDNLU.EFTAMHGIEESAIOOUSÇSE,LRÇÕM,OOESS (CONSSUODOLELTPTVEEIRROAAÓGSDEEPOUNIRSCA): GOENTE
AGÊNQC’VIAIDAEGVEIMAG!ENS: (CONSUDOLETPVEEYIROAOAGSUDEEOUNRSA:)GENTE

Viagens de sonho

Havana, Índia, Irão e São Tomé são A partir de dia 22 de fevereiro, o maravilhas de Jama Masyid, o túmulo março, 23 de abril, 14 de maio e 4 de
propostas transversais para quem procura operador turístico Sonhando vai ter uma de Gandhi, o templo Sikh Qutab Minar, junho. São nove noites de alojamento
viajar fora do nosso pico do verão. A operação anual para Cuba com a Iberia, Jaipur, o palácio/museu Albert Hall Forte em hotéis de 5 e 4 estrelas superior,
eterna Cuba, que nos apaixona a cada à partida de Lisboa, via Madrid, tendo Amber, a dar um passeio de elefante, e contempla visitas a Teerão, Kashan,
olhar, é uma proposta incontornável, com como porta de entrada a capital cubana. visitar Fatehpur Sikri, o orfanato de Abyaneh, Isfahan, Yazd, Persépolis e
a sua capital, Havana, por três noites, e Os pacotes, de sete noites, já disponíveis Madre Teresa de Calcutá, o túmulo de Shiraz.
as praias de Varadero, por quatro noites, no site da Sonhando, englobam também Itmad-ud-Daula, o Taj Mahal e, por fim, o Por fim, a nossa sugestão para São Tomé
a figurarem entre os destinos favoritos dos outros destinos cubanos combinados Forte Vermelho de Agra. diz respeito a lua de mel, no hotel Club
portugueses. Por aqui há história, cultura, com Havana, como Cayo Coco, Cayo Para o Reino da Pérsia, a proposta do Santana. Afinal estamos no mês do amor
boa gente e um clima de sonho, a fazer Guillermo, Cayo Largo e Guardalavaca. operador YOU diz respeito a partidas de e não há data melhor para presentear
esquecer a invernia que nestes dias por A mágica Índia da agência de viagens Lisboa ou Porto via Istambul para Teerão a sua cara-metade com uma lua de mel
aqui passa. Q’Viagem! leva-nos a conhecer as e Shiraz, na Turkish Airlines, a 12 de edílica, inspirada no mês do amor. >

O primeiro jornal de viagens Faça LIKE, vai ver que vale a pena!
português também está Participe nos PASSATEMPOS:
no Facebook: - Viagens para a Europa e outros destinos
- Fins de semana em hotéis de Portugal
Participe nas nossas SURPRESAS:
- Visitas a navios de cruzeiro
- Bilhetes para espetáculos e museus
- Sunsets e jantares convívio

www.facebook.com/ 31
jornalDestinos

fevereiro de 2016

Não perca o cupão de entrada
GRÁTIS na próxima edição

VÁ COM O
À

Visitenoo npoasv3siCloh6ãs2toa3nd


Click to View FlipBook Version
Previous Book
欣欣 2016 创刊号
Next Book
35